Baías e Baronis – Época 2008/09 – Mariano González


MARIANO GONZÁLEZ

Ah, o nosso ódio de estimação convertido em ídolo manufacturado para as massas! Mais uma época atípica, só que desta vez pelos melhores motivos. Depois de um início fraco (mais um), acaba por crescer em moral e produtividade, depois de conseguir alguns jogos seguidos a marcar e a assistir para golo. É de facto estranho que com a sua inegável capacidade de luta e empenho durante os jogos não se traduzam em contributo para o encontro, já que a maior parte das vezes que tem a bola acaba por adiantar demais o esférico, ou chuta para as bancadas, ou lembra-se e passa a bola para um espaço vazio onde ninguém conseguiria chegar. Este rapaz devia ser um caso de estudo, sinceramente. Com todos os problemas de confiança que supostamente tem, se os conseguir ultrapassar até pode ser um jogador decente. Até lá será sempre um mal-amado por culpa própria. Já teve uma segunda oportunidade que poucos tem e tentou não a desperdiçar. Conseguiu. Um dos maiores críticos cá em casa (eu) apoia Mariano para a próxima época. E espero não me arrepender do que digo. Quanto mais não seja dá para um gajo se rir.
VEREDICTO: BAÍA

Deixar uma resposta