Oh inclemência…

Vi agora um post no blog PORTOGAL que me chamou a atenção e que sinto ser minha obrigação redistribuir pela nação portista.

Gostava de conhecer a Sónia Antunes que escreveu este texto. Nunca fui daqueles gajos que diz que não se bate numa mulher, até porque não sou muito alto nem particularmente forte, e há algumas marmanjonas que me espetavam três socos e me esticavam ao comprido.

No entanto, era menino para lhe atirar quatro pontapés nos ovários e uma cotovelada à Paulinho Santos, ou em alternativa pegar num fueiro e deixar romper o ar como um puto de olhos vendados a rebentar uma piñata.
Leiam aqui e indignem-se à vontade. Se alguém a conhecer, peço que seja arremessada uma bela duma cuspidela na testa.

3 comentários

  1. Caro Jorge: eu tenho que levar, sempre que passo num quiosque com as capas de jornais desportivos, que não compro, pois só os títulos metem nojo aos cães… Digo que compreendo a "inclemência", mas quer dizer, esperar que eles escrevam algo de jeito sobre o Porto é o mesmo que pedir ao Diabo para ser honesto! Não dá! Não é possível! Portanto, não ligue…vozes de burro nunca chegaram aos céus, mesmo chamando-se Sónia Antunes!

  2. Eu acho que Sonia Antunes é pseudónimo para um merda seca (podemos dizer merda aqui?) dum benfiquista ranhoso paneleiro (e paneleiro pode-se?) que nao tem coragem de assumir-se.
    Ou então é simplesmente falta de peso….que nao é pouco comum naquela raça..

  3. Filipe, não tendo e nada a ver com o comando deste blog, acho que merda e paneleiro podes dizer… agora benfiquista… não abuses, vá…

    Quanto ao texto e à Sonia?
    Uma vergonha. Só espero que acabe nos tribunais…

    Abraço

Deixar uma resposta