E agora sai este…

(foto retirada d’A Bola)
Mais que o Kléber ou o Farías ou o novo potencial reforço David Addy (ver aqui a notícia), preocupa-me mais a saída de Fernando Gomes da SAD por alegadamente discordar da política de gestão da mesma. Numa altura de grande crispação na opinião pública e um sentimento em geral anti-portista que está a reaparecer na sociedade, o facto de não conseguirmos apresentar uma frente unida mostra que há algo de errado dentro de portas. E isso aborrece-me mais que avançados gananciosos ou guarda-redes frangueiros.

3 comentários

  1. Ó Jorge, desculpa lá postar aqui num artigo que "n'um tem nada a ber", mas tinha de ser em qq lado. Mas tinha que mandar 2 ou 3 notas soltas (eh, pá! ficou-me o vício das notas soltas!).

    1. E então lembras-te da associação que fiz com a bebida do animal vermelho com cornos? Viste aquele apontamento de Fiesta Española? É que, chamando os BOIS pelos nomes, o Javi Garcia para touro só lhe faltaram mesmo os cornos naquele coice que deu e que nem penalti, nem expulsão, nem castigo, nem, pelos vistos, sumaríssimo, e que podia ter virado o jogo todo ao contrário. Como dizia num email que recebi, o Benfica podia viver sem ajudas dos árbitros? Poder, podia, mas não era a mesma coisa…

    2. Na semana do jogo contra a pobreza eis que o caso EPUL vem a público (não por via do Público mas do JN). Mas, por acaso, tão depressa vem a público como logo a seguir é abafado… Serão acasos? Não acredito em acasos, mas que os há… há! Como pergunta da semana para o programa do Venerável Rui Santos, sugiro a seguinte: 65M€ quantas câmaras (e não estou a falar de edilidades, mas só mesmo por acaso…) dariam para comprar? Já agora, recordo-me que na bandeira que está desfraldada na CML existem 2 corvos. Será que na bandeira da EPUL existirão… 2 abutres? 3? 4? Mais? (isto já não é pergunta, é um teste americano!)

    3. Pegando na ligação às câmaras, passemos para as outras, as que deram tanto que falar mas que, por mais um acaso, não têm som! Estas imagens, para mim, são elucidativas! Quanto ao Sapunaru não ligo, porque já foi de requitó para a terra dele (bem que podia levar uns quantos mendigos patrícios dele, ainda ontem os vi à porta da igreja). Mas o Hulk? Pelo menos 3 anos! A acusação mais visível que lhe podemos fazer é que… espera pelo David Luiz para lhe dar um abraço! Eh, pá, depois de perder 1-0 com as aves de rapina (este epíteto apropria-se-lhes particularmente esta época) vai dar um abraço ao gajo? Esse murcão (o Hulk, claro!)? Isto é que é o espírito "à Porto"? 3 anos e era pouco!

  2. Ora nao querendo ser polémico, diz o Poncio ontem a noite que o Kleber nao ficou, porque este gajo nao concordou com a politica do clube…e por isso foi mandado embora !
    Pois eu acho que foi mais o contrario, este gajo saiu porque nao o deixaram contratar o Kleber pelo $$ que ele queria.
    De qualquer das maneiras, existe neste momento uma instabilidade organizacional que é reflectiva na desportiva. Algo que nao estamos habituados.

Deixar uma resposta