Beto na Selecção? Porque não?

Beto acaba de efectuar três jogos consecutivos a grande nível pelo FC Porto, defendendo (quase) tudo o que havia para defender e garantindo segurança ao quarteto defensivo à sua frente, chegando mesmo a salvar a equipa dos erros desses mesmos defesas. Tanto nos jogos da Taça contra o Rio Ave, no passado Domingo frente ao Vitória de Guimarães ou ontem frente ao Setúbal, Beto esteve em grande nível e quase fazia esquecer Helton.

Ainda na passada terça-feira, no Trio de Ataque, Rui Moreira exaltava as virtudes de Beto ao mesmo tempo que, como de costume, criticava Eduardo e Quim, não com muita veemência mas com a suficiente para se notar que Beto começa a ser uma aposta que recebe apoios ao nível dos que teve no final da época passada e que foram lentamente desaparecendo com a boa forma de Helton.

Beto arranca atrás de Eduardo, o Ricardo de Queiroz, e Quim, que tem feito uma boa temporada. A seguir seguir-se-ia Rui Patrício que pela sua juventude terá lugar quase garantido para a posição de terceiro guardião das redes lusas. O nosso guarda-redes terá então de lutar contra 3 colegas de qualidade bem mais variável que constante, ao nível do que tem encontrado na equipa do FC Porto. A questão prende-se com a vontade de Queiroz, não com a vontade dos adeptos do FC Porto, como é claro, mas que bonito seria ver Beto a envergar as cores da nossa Selecção na África do Sul, juntamente com Bruno Alves, Raul Meireles e Rolando…

Deixar uma resposta