Bruno, é assim que se marcam livres!

Se estavam à espera de um vídeo do Youtube…vão ao Youtube.
Este é para ensinar como marcar livres. Ora vejam aqui este vídeo no NY Times e tentem num campo de futebol ou contra a parede fora de casa, porque se o fizerem na sala de jantar da vossa casa com a mulher ao lado e acidentalmente lhe acertarem com a bola, por muito que peçam desculpa, não funciona. Acreditem.

PS: depois de ver o jogo do Brasil e a carga de lenha que durante todo o jogo foi democraticamente distribuída pelos Costa-Marfinenses, só penso em dizer: “Ainda bem que não tivemos mais rapazes lesionados depois do primeiro jogo!”

1 comentário

Deixar uma resposta