Votação: Principal sector a reforçar em 2010/2011?

A temporada não foi extraordinária, longe disso, e os adeptos questionam-se da validade do plantel que está agora à disposição de André Villas-Boas. O início da temporada ainda está a pouco menos de um mês de distância mas as novidades não tardarão a surgir em termos de contratações e dispensas. Daí a pergunta: que sector deveremos reforçar para 2010/2011? As respostas (que por serem múltiplas deram origem a alguma loucura no painel de votação…culpem o Blogger, não a mim) foram:
  • Baliza: 16%
  • Defesa: 20%
  • Meio-campo: 37%
  • Ataque: 27%
Parece-me adequado. O centro do terreno foi o que mais falhou em toda a temporada e é necessário um reforço mais em qualidade que em quantidade. Castro será o primeiro (espero), mas deverão ainda ingressar mais alguns jogadores, para elevar o nome do clube ao ponto mais alto de novo!

Próxima votação: Opinião sobre o novo layout do Porta19?

2 comentários

  1. O blog está mais melhor bom mas eu se fosse a ti ponha umas letras ligeiramente maiores nos posts.

    Quanto à votação, realmente o meio campo foi onde houve mais falhas esta época que passou mas a defesa também esteve muito perdulária, por comparação com as épocas mais normais do FC Porto. Talvez tenha sido por culpa dos meninos que querem melhorar as condições de vida e que por tal não estariam tão concentrados, de tão preocupados com a crise que eles devem andar, ou pelas saídas de Lucho (meio campista) e Lisandro (todo terreno).
    Agora é esperar para ver o que VB vai pedir e o que PC vai dar.
    Espero que as preces do André Oliveira sejam ouvidas e que o ultimo post que ele fez no blog dele se torne realidade, mesmo que se não forem todos os que lá estão que sejam pelo menos 2 deles(prescindia do Anderson por questões óbvias; caro se fosse comprado, seria valorizar um jogador de outra equipa se fosse emprestado; e no lugar dele temos o Hulk) se tornem realidade. Mas sem loucuras. Sem loucuras que o tempo é de realismo e pé no chão que dentro de 2 ou 3 anos clubes com dividas (a outros clubes ou a jogadores e ex-jogadores ou aos sistemas fiscais e de estado do país de onde são) não poderão participar em provas europeias. É algo que se fala há uns tempos e que parece que vai mesmo avançar em breve, segundo li algures há uns dias atrás.
    Se isso for para vigorar vai ser lindo vai. Há para aí um clube que vai provocar umas cheias valentes quando lhe for aplicada esta regra.

  2. concordo, desde há anos que penso o mesmo. o orçamento é alto demais para as competições nacionais e incapaz de lidar com as internacionais, por isso há que começar a construir com talento barato. a questão é onde os encontrar…

    quanto ao blog, obrigado pela sugestão :)

Deixar uma resposta