O pacote

Na edição desta semana dos Grandes Adeptos na Antena 1 (que podem escutar aqui), Alfredo Barroso estava a falar do seu Sporting e disse qualquer coisa deste género:

“(…) O momento actual do Sporting tem de ser analisado em pacote, aliás em mais de um pacote. Há um pacote que inclui as duas derrotas incríveis (…), há um segundo pacote que inclui por um lado o presidente do Sporting e o director desportivo, Costinha (…) e o terceiro é o Paulo Sérgio.”

O jornalista, curioso pela ausência da crucificação de Maniche, questiona:
“E o Maniche?”

Responde o Barroso:
“Eu incluo o Maniche no pacote do Costinha.”

Duas coisas ocorrem-me ao ouvir esta frase:

  • Há uma notável falta de sentido de humor brejeiro naquela estação de rádio.
  • Ainda bem que estão em Lisboa. Se fosse no Porto garanto que a frase continha qualquer verbo acabado em “rabar”.
  • Alfredo Barroso foi o único sportinguista que veio a público explicitar metaforicamente o que é que Maniche fez a Costinha tendo em conta a aposta que o ex-Ministro fez no seu ex-colega no início da temporada. Propositadamente ou não.

5 comentários

  1. @ Jorge

    clap! clap! clap! clap! clap!
    [que não é o mesmo que chlap! chlap! chlap! chlap! chlap!, ok? ;)

    é (também) por este motivo – a tua escrita – que visito regularmente o Porat19!
    fantabulástico!

    saudações PENTAcampeãs!

    Tomo I

  2. Está boa, sim Sr. Mas esse Sr. devia era dedicar-se em exclusivo à medicina porque de futebol não percebe puto.

    reinododragao.blogspot.com

Deixar uma resposta