Ouve lá ó Mister – Braga

André, lutador contra guerreiros!

Não sei se tens lido os jornais. Se conseguires passar à frente da hipocrisia americana no apoio à insurreição egípcia e velhotas em putrefacção, podes sempre apelar ao teu sentido estético e olhar para aquilo que rotulei nos últimos tempos como “as bestas”.

Todos os dias te tentam minar o trabalho, homem. Qualquer dos jornais daquele gado lá de baixo, seja a Bola ou o Record ou até aquele papel bem absorvente e útil em campismo para apanhar trampa de cão, o Correio da Manhã, qualquer um deles está todos os dias a ver se te lixa. Ele é “o Hulk é gay”, ou “Falcao anda a tomar supositórios de ópio”, e temo que um dia destes surja um “Villas-Boas já violou ovelhas e não lhes telefonou no dia seguinte”. Já falta pouco, mark my words!!!

Mas o que interessa é ganhar hoje. Seja com a mão, como disseste, seja em fora-de-jogo, com ressalto no árbitro, de qualquer maneira o que interessa é que o resultado seja uma vitória dos visitantes. Vai ser difícil, como todos os jogos que disputamos naquela cidade, mas é para ganhar. E jogues com o Walter ou com o Hulk no meio, tenhas confiança no Fucile ou ponhas o Sereno a armar-se em em O’Shea a tapar o flanco ao parvalhão do Alan, o que conta é a vitória. Não podemos perder pontos, André, porque a mourada está cheia de vontade e garra e papo e está tudo a espumar para que percamos aqueles centímetros de vantagem que temos para nos calcarem, para minimizar a vantagem que temos para que eles, os grandes, os fortes, os gordos, os dinâmicos, os vivos, os diletantes da bola, para que essa corja de venenosos possam vibrar mais uma vez com as derrotas dos outros muito mais do que costumam fazer com as vitórias dos próprios.

Ouve-me, homem. Ganha. E cala-os não com as tuas palavras, mas com os actos da tua equipa. E assim, acredita, podes responder com a força do clube que defendes. Com alma. Com vida. Connosco atrás da equipa. Como sempre.

Sou quem sabes,
Jorge

5 comentários

  1. Bom dia Jorge,

    Hoje temos um jogo muito importante, se calhar o mais importante desta segunda volta, pois se o vencermos daremos um passo determinante, embora não decisivo, rumo ao título.

    Espera-se um jogo díficil, pois o Braga tem uma excelente equipa, apesar de este ano estar menos sólido defensivamente.

    Devemos explorar as laterais defensivas do Braga e para tal optar por um esquema táctico que encoste Hulk à linha.

    Temos de ser agressivos no meio campo e pressionantes. Não podemos cair no adormecimento que tem acontecido nos últimos jogos.

    Acredito que iremos vencer, porque somos melhores, temos é de lutar para tal.

    Abraço e bom fim de semana

    Paulo

    http://pronunciadodragao.blogspot.com/

Deixar uma resposta