Ouve lá ó Mister – Spartak Moscovo

André, futuro duplo-eliminador de russos!

Nem te vou sequer falar em campeonato. Presumo que tenhas distribuído uma rodada de Guronsan pela malta (depois de tomares um, também, porque aposto que apanhaste semelhante farda na noite de Domingo para Segunda que até te tiveram de arrancar do chão de um qualquer bar com uma pá…pá!) e que agora esteja tudo mais direitinho da cabeça, recuperado física e mentalmente e pronto para a próxima barreira. Siga? Siga.

Mais russos. Os CSKAs foram tramados para botar fora e tudo me leva a crer que os Spartaks também vão ser. Digo-te sinceramente que não conheço estes tão bem como conhecia os primeiros. Não sou um olheiro como tu já foste ou como o Daniel Sousa, mas do que vi dos gajos do exército, foram vencidos porque fomos superiores e acima de tudo fomos calmos e impusemos o nosso jogo quando foi mais preciso. Tanto a segunda parte em Moscovo como a primeira no Porto foram vencidas pela forma decidida como puseste a equipa em campo. E não me interessa que do outro lado esteja um Ibson ou um Iniesta, um Alex ou um Pato, um McGeady ou um Overmars (deixa-me fazer uma ou outra referência mais antiga, de vez em quando dá-me para a nostalgia, homem!), se colocarmos em campo a capacidade de rotação da bola, de troca de posições no meio-campo, de ruptura pelas alas e se pelo amor de Deus obrigares o Falcao a acertar na baliza para evitar um falhanço como aquele da Luz…estamos prontos para passar às meias-finais.

Vou estar lá e estou à espera que ao meu lado estejam perto de 50 mil fulanos e fulanas e fulaninhos e fulaninhas que estão de certeza ansiosos que cheguem as oito e cinco da noite. ????, ???????!

Sou quem sabes,
Jorge

4 comentários

  1. Bom dia,

    Esta equipa russa, treinada por Valery Karpin, ex jogador do Celta de Vigo que esteve no jogo dos 7-0 ao Benfica e marcou, é uma equipa de futebol curto, fruto dos muitos sul-americanos no plantel.
    Para chegar aos quartos-de-final o Spartak, que foi repescado da Liga dos Campeões, eliminou o Basileia nos 16avos (venceu 3-2 na Suiça e empatou 1-1 em Moscovo) e o Ajax nos oitavos-de-final (ganhou 1-0 na Holanda e ganhou 3-0 em Moscovo).
    Na Liga dos Campeões o Spartak fez 9 pontos, fruto de 3 vitórias, uma fora por 1-0 diante do Marselha, uma outra em casa por 3-0 diante do Zilina e outra fora diante deste mesmo adversário por 2-1.

    Perderam os outros 3 jogos, um fora por 3-0 diante do Marselha, outro fora por 4-1 diante do Chelsea e finalmente em casa novamente diante do Chelsea por 2-0. Os apurados do grupo foram o Chelsea e Marselha.

    É uma equipa que conta no seu plantel com vários jogadores brasileiros, entre os quais o nosso bem conhecido Ibson. Conta com o perigoso goleador brasileiro Wellinton que na época passada foi o melhor marcador da liga russa com 20 golos, o que contudo não impediu o 4º. lugar no campeonato.
    A jovem estrela da equipa é Jano Ananidze, médio ofensivo de 19 anos, está a causar sensação na Rússia, UEFA Europa League e selecção georgiana.
    Com 1,70m de altura e apenas 60kg, pode ser de estatura reduzida, mas Ananidze já causou sensação na primeira divisão russa. No ano passado, o jovem tornou-se no mais novo marcador na história da Liga russa e, aos 18 anos, este entusiasmante médio já tem experiência em jogos de selecções, UEFA Champions League e UEFA Europa League.

    É uma equipa menos forte que o CSKA, e que está ao nosso alcance.
    Somos favoritos nesta eliminatória.

    Espera-se muito apoio no Dragão para dar-mos um passo decisivo rumo às semi-finais.

    Abraço

    Paulo

    http://pronunciadodragao.blogspot.com

Deixar uma resposta