Ouve lá ó Mister – Sporting

André, invicto!

Está a ser uma semana porreira. É estranho ver resultados em que a equipa do outro lado da nossa tem tantos golos marcados, mas sabendo que a nossa tem ainda mais, estamos tranquilos. Ainda por cima acho que ninguém se importa de sofrer dois do Portimonense com o campeonato ganho e mais dois do Spartak com a eliminatória resolvida. Para além do mais, lembra-te que em Sevilha, no grande ano de 2003, também sofremos dois golos. E sofremos mais um bocadinho por arrasto, mas o que importa é que marcamos mais que os escoceses. Se quiseres passar o Villarreal com mais uns 10-3 ninguém te censura, mas vamos com calma. Primeiro, temos uns convidados especiais para mais uma festarola.

É um clássico. É sempre um clássico. É o sexto clássico deste ano e até agora a colheita não tem sido má. Três vitórias e uma derrota contra o Benfica e um empate contra a malta de hoje. Um empate que me soube a ovos estragados, André, e a ti também porque te puseram na rua e nem precisaste de esmurrar ninguém…ou tentar esmurrar, que faz toda a diferença. É como se eu andasse a tentar acertar num gajo com um paralelo sacado da rua e em 40 arremessos falhasse todos por 2 centímetros de distância à moleirinha. Tenho lá culpa de ser torto?!

Mas enfim, de volta ao jogo.

Não quero perder isto, André. Até podemos perder com o Marítimo no último jogo, não quero saber lá de recordes, o que me interessa são taças. Isso dos recordes é tudo muito bonito mas é só uma brincadeirinha que só serve aos que não ganham nada, porque os vencedores contam-se pelos troféus. Que me adianta dizer que somos a equipa que menos golos sofre dos 36 minutos aos 41 nos jogos fora ao Domingo à noite? Uhhh, que grande recorde. O que me interessa é ganhar. E se for a equipas como o Benfica ou o Sporting, isso é que interessa! Ainda por cima eu tenho montes de amigos sportinguistas e não gostava muito de chegar à beira deles, franzir o sobrolho e admitir: “Porra, vocês este ano andam numa de nos lixar a vida!”, mas com muito mais vernáculo, como deves compreender.

Por isso dá-lhes. Dá-lhes com força. Empurra o resto da faca e fá-los acreditar que os charters que já não vão vir eram mesmo a salvação. Siga!

Sou quem sabes,
Jorge

1 comentário

  1. Bom dia,

    Hoje é dia de clássico do futebol português.

    Numa altura que o FC Porto já é campeão nacional, resta o objectivo de manter a invencibilidade no campeonato.
    Todavia não podemos esquecer que existem competições mais importantes, tais como a segunda mão da Taça de Portugal já na próxima semana, e como tal há que gerir o plantel, pois na passada quinta-feira jogamos num relvado sintético que deixa sempre mazelas musculares e também tivemos uma longa viagem.

    Independentemente de quem jogue, espera-se uma atitude aguerrida e pressionante que tem sido apanágio esta época.

    O Sporting chega ao Dragão a necessitar de pontuar e se possível ganhar, para não perder de vista o terceiro lugar. Ao FC Porto cabe confirmar o favoritismo, e lutar para vencer os Leões, que irão estar motivados para ser a primeira equipa a vencer-nos no campeonato.

    O Sporting apesar do campeonato abaixo das expectativas, foi uma das duas equipas que nos conseguiu roubar pontos com um empate em Alvalade.

    Espera-se acima de tudo um bom jogo de futebol, com respeito entre os atletas e entre os adeptos, e que claro o FC Porto saia vencedor, para fazermos história neste campeonato.

    Abraço e bom domingo,

    Paulo

    http://pronunciadodragao.blogspot.com/

Deixar uma resposta