Parabéns, Mingos!

 

foto retirada de uefa.com

Como jogador nunca chegaste a uma final. Como treinador já deixaste a tua marca.

Parabéns, rapaz. Só não te aplaudo mais porque ainda temos de jogar contra ti. E perdoa-me a heresia, mas em Dublin vais ser inimigo.

4 comentários

  1. Fiz-lhe justos reconhecimentos, em momentos difíceis para ele em Braga, fui grande fã dele enquanto avançado do FC Porto.

    Mas, a frio, não me esqueço porque ainda é recordado por Choramingas e que já esteve perto de nos trair no passado. Já para não falar que este também não nasceu Dragão..por muito que isso tenha mudado ou não..entretanto.

    É inimigo em Dublin e vai ser inimigo em Alvalade, aos comandos dos calimeros de lisboa, onde vai destruir a sua carreira ou fazer muito por isso.

    Hoje sente-se no céu. Dia 18 cai à terra e daqui por um ano poderá estar no Inferno.

    São escolhas, caminhos, opções.

    Enquanto Portistas temos de ver Domingos como um inimigo e o Braga como a agremiação fundada e mantida por mouros frustrados daquela terra, que sempre foi e será, hoje grande parte das bancadas do AXA nem sabiam se festejavam se choravam…

    Abraço

    * a comunicação social é a pouca vergonha que ´tão bem conhecemos. Não “engulo” é que os meus impostos andem a pagar os facciosos da rtp e quejandos…

    NOJO!!!

      1. Se hoje é, ele o pode dizer ou não, que não o era em míudo…lá isso não era.

        E eu sempre tive um grande défice de compreensão para aqueles que mudam de clube, como quem muda de camisa, sobretudo quando o fazem entre transferências bancárias avultadas.

        Não faltam ex-jogadores e ex-capitães, considerados símbolos, que nasceram vermelhos ou verdes. Se agora se consideram azuis é lá com eles.
        Cada um interpreta e julga isso como entender.

Deixar uma resposta