Ouve lá ó Mister – Peñarol

Vítor, novo líder dos Campeões!

Pá, em primeiro lugar devo-te um pedido de desculpas. Não foi correcto da minha parte abdicar da análise ao jogo em Vila do Conde, mas tenho uma boa desculpa! Estive longe de casa num local semi-paradisíaco, com a desvantagem de ter a mesma captação de rede que uma traineira no fundo da fossa das Marianas. Ou seja, quase nenhuma. Para além disso, SportTV é para o galheiro, por isso só ontem de madrugada é que vi o jogo e por isso parecia-me fora de tempo estar a comentar o passado quando o presente está já aqui à mão. Prometo que não volta a acontecer, ok? Ah, e vai-te habituando a esta treta do Ouve lá ó Mister porque se ainda não me conheces, vais passar a conhecer. Se vieres aqui ao tasco, claro está.

Então vem aí o primeiro jogo em casa, não é verdade, Shôr Vítor? É sempre um impacto do caraças, não é, entrar no Dragão e ver aquele povo todo nas bancadas, tudo em amena cavaqueira sobre os gajos novos, como é que correram as férias, ah e tal a puta da crise é que nunca mais nos pomos de pé, e aquele imposto é que foi, estapor do Passos Coelho ainda é pior que o Sócras…porque o pessoal gosta muito é de divagar e parece que perde o raciocínio depois das férias, não percebi ainda muito bem porquê mas aposto que tem a ver com o decréscimo acentuado do rácio cerveja/hora e da subida desenfreada da percentagem de área do corpo coberta por roupa. Mas depois de porem a converseta em dia, lá voltamos nós à bola.

Já todos sabemos que não vamos ver praí metade do plantel que vais ter para moldar com as tuas mãos de oleiro mestre, como nacos de barro mole que transformarás em vistosas jarras para flores campestres. Menos o Moutinho, que pelo tamanho dava para um copo de shot no Machado e pouco mais, mas aposto que o Maicon era menino para ser um daqueles vasos gregos que um gajo gosta de dar chutos nas lojas dos chineses e que nenhum reclama porque nem ouve já que aquilo agora é tão grande que faz lembrar a história do puto que se perdeu no supermerc…pronto, lá vou eu. Avisa-me quando isto acontecer, pá, nem sempre é fácil um gajo controlar. Oh jovem, mais um fino que isto está a ficar seco. Obrigados. De volta ao plantel. Todos os guapos da Copa America mais a canalhada do Mundial de sub-20 vai estar longe da Invicta e ninguém se importe, desde que voltem e fiquem. Mas tu, pá, tens de te ir trabalhando com o que há, não é? E até esse povo todo chegar e estar em condições para jogar, bem te lixas e tens de sacar o português mais natural que está dentro de ti e desenrascar uma equipa decente. Helton, Sapunaru, Otamendi, Rolando, Fucile, Fernando, Moutinho, Belluschi, Varela, Hulk, Kleber…diz lá que não faz um onze capaz de ganhar a muito boa equipa por aí fora? Faz sim senhor. Se somares Falcao, Palito, Guarín e James…tens problemas dos bons!

Mas no jogo de hoje…inventa à vontade, homem. Mantém-te fiel aos teus princípios, faz o que te apetecer e aproveita estes jogos para dares larga à imaginação e ao estudo táctico que concerteza já fizeste dos teus homens e põe-nos em campo como quiseres. Só te aviso de uma pequena coisinha: a malta vai estar à espera que a equipa já esteja a carburar ao nível do ano passado, porque a grande maioria do povo tem memória curta e não se lembra que no ano passado o jogo de apresentação foi fraquinho, fraquinho e se não fosse o James a marcar um golo sem saber muito bem como, a malta tinha ficado chateada logo no arranque. Já sei que não te interessas por isso, eu também não, mas muita gente a falar para o mesmo lado não quer saber de dois ou três maluquinhos que falam para o outro, mesmo que tenham razão. E depois quem se chateia és tu e eu, por arrasto. Num quero disso, num quero mesmo.

Vai em frente, pá, porque hoje é um dia de festa e o resultado é o que menos interessa. E se olhares na direcção da minha cadeira, podes ver que vou estar lá a aplaudir.

Sou quem sabes,
Jorge

2 comentários

  1. Vamos a eles! Que role a bola… Estou confiante nesta época, temos tudo para renovar o título e fazer boa figura na Champions, inshala :)

Deixar uma resposta