Ouve lá ó Mister – Barcelona

Amigo Vítor,

É hoje. É hoje que aquela malta, aqueles que todo o mundo diz que é a melhor equipa de sempre, os rapazes que nós gostamos de dizer que são o FC Porto de Espanha (ou da Catalunha, que eles gostam mais da terra deles que nós da nossa), é hoje que eles caem. E vão cair com estrondo, às tuas mãos. É isso que todos acreditamos, Vítor, é em ti que depositamos a nossa fé e vamos com a confiança de campeões ao Mónaco.

Todos sabem que não é fácil, mas é possível. Raios, se no ano passado o Hércules lhes cravou três naifadas em pleno Nou Camp, também nós conseguimos ganhar. Ainda por cima jogam de azul e branco, esses heróis.

Não te peço para seres o maior. Mas tens de ser enorme. Todos têm de ser enormes. Entrar em campo com tudo o que têm, para jogar na partida mais importante da vida deles. Sim, eu sei que é sempre a próxima, mas esta é mesmo. Já imaginaste o que representaria para os jogadores e para os adeptos (e porra, não desfazendo, para ti!!!) vencer o Barcelona nesta sexta-feira à tarde? Já viste o que era ires a fazer uma agradável caminhada pela marginal de Gaia até Espinho e os putos apontarem para ti e disserem: “Olha, pai, vai ali o Vítor Pereira. Foi ele que ganhou ao Barcelona!”. O teu nome perduraria anos a fio no imaginário de tanto portista, rapaz!!!

Repito: não te peço para seres o maior. Lembra-te que até o maior, o Zé, quando foi jogar a Supertaça depois de ganhar a UEFA…apanhou na boquinha do Milan. Pumba, já foste. Mas lutou como um gigante, e é isso que todos nós esperamos. Que lutemos, como os trezentos do Gerald Butler. Tragam o caneco, ou morram a tentar.

Sou quem sabes,
Jorge

9 comentários

  1. Bom dia,

    Quem melhor que o Sr Armando Pinto, do Longara, para nos recordar o eloquente poema de Pedro Homem de Melo, que diz «Ninguém fale em perder! Ninguém recua… E a mocidade Invicta a cada abraço/ A si mais nos estreita. A Pátria é sua./ E, de hora a hora cresce o Baluarte!»

    Vamos acreditar, é difícil mas não impossível. Cabe aos nossos valorosos atletas, transcenderem-se, serem sérios e bravos e vencer.
    O Barcelona dispensa apresentações … mas nós também.
    FC Porto e Barcelona são os maiores emblemas ibéricos, que após anos de ditadura, impuseram um domínio desportivo de forma natural, por serem mais competentes e guerreiros.

    Vai ser um grande jogo para desfrutar, e esperamos nós portistas, a conquista da segunda Supertaça Europeia da nossa história.

    Abraço e todos unidos venceremos.

    Paulo

  2. Eu sinceramente nao sou da opiniao que nos devamos comparar com eles. Sempre achei o Barcelona um clube habitado por gente arrogante e teatral. Nao acredito nas coisas belas que o Guardiola diz sempre sobre os clubes que defronta, tal como nao acredito no Messi que todos dizem ser um exemplo de humildade e decencia dentro de campo. Praticam um dos melhores “futebóis” de sempre, mas ficam por aí. Nao vejo nada mais neles que eu queira ver no meu clube. Acredito, alías, que a postura que o FCP tem com os outros clubes dentro de campo, em termos de fair play, é mil vezes mais decente.

    Que venca o FC Porto; o clube que eu amo e mais admiro.

  3. Jorge,

    continuo a considerar que o melhor método era raptar a Mãe do Messi e envenenar – para adoecer- o meio-campo, Xavi, Iniesta, Fabregas, do Barça, sendo assim vamos ter de ganhar jogando contra a – por muitos considerada – melhor equipa do Mundo. Agora a sério espero que o Otamendi seja titular em detrimento do Maicom, pois o argentino é melhor de pés e de bola no chão ( estilo de jogo do Barça) do que o Maicon, que me parece ainda algo tosco de bola nos pés. Prefiro o “antigo” Fernando ao Souza, embora acredite no potencial do Souza o Polvo é melhor a tapar espaços e portanto a destruir jogo ao Barça.
    “Que a Força esteja com o FC Porto.”

  4. Vamos a eles! É difícil mas não impossível… e, apesar de todos sabermos quão difícil será, este é um jogo em que se perdermos não deslustra e se ganharmos será magnífico, sublime. E vamos ganhar!
    Abraço.

Deixar uma resposta