Inde e dainde

Admito que fiquei um pouco surpreendido por ver a notícia mas louvo a solidariedade. São assuntos extra-clube, extra-fanatismos, extra-tudo. É simplesmente humano e não custa nada. Ainda na passada segunda-feira doei sangue e o processo é exactamente o mesmo. Custa menos que apanhar com um remate de longe do Belluschi nas costas.

E os outros Gustavos que andam por aí fora e infelizmente sofrem da mesma doença, também vão agradecer.

Deixar uma resposta