Os não-blogs


Desde Maio de 2009 que por aqui ando. Não sou propriamente o decano dos blogs portistas, muito longe disso, mas o tempo que já passei a escrever (quase 1200 posts no curriculum começam a dar alguma bagagem) já me permitiu perceber algumas coisas sobre a forma como se deve encarar a criação e desenvolvimento de um blog. Se a primeira é feita de impulso, de vontade rápida, do instinto imediato de fazer a diferença, de contribuir com um pedaço de nós para uma discussão, para que possamos ter um espaço para libertar a nossa própria pena, encher a ponta de tinta (não sejam porcos, vá lá) e escrever o que nos vai na cabeça sem ter de esperar pela moderação de um comentário noutro blog ou de arrancar uma guerrícula num qualquer fórum de comentário alheio. A segunda…é outra conversa.

Gosto de me manter atento ao desenvolvimento da blogosfera portista. Não sou um particular fã de Facebook ou Twitter, admito, e uso-os primordialmente porque são excelentes meios para transmitir a palavra e espalhar o nome do blog para que seja cada vez mais visível. Que diabo, seria parvo se não o fizesse e hipócrita se não o admitisse. Mas é por isso que trabalho exclusivamente no blog, escrevendo e pesquisando para textos a serem aqui publicados. Disclaimer aparte, continuemos. Tenho reparado que há uma quantidade de blogs que aparecem na nossa pequena/grande comunidade e ao passo que vários se mantém activos, energéticos e dinâmicos, há outros que rapidamente perdem a força com que arrancaram a demanda. É verdade que isto dá algum trabalho e depende um pouco da forma como encaram o que querem fazer com o vosso próprio esforço. Se optarem por um blog orientado para cobertura noticiosa, precisam de estar permanentemente atentos a vários canais de informação sobre o nosso clube, entre televisão, rádio, sites nacionais e internacionais. Escolhendo uma via mais adaptada à crónica, não precisam de manter qualquer tipo de periodicidade e podem apostar na análise pausada e pensada sobre qualquer evento que queiram comentar.

Mas têm de se manter activos. É muito giro abrir um blog cheio de pompa e escrever dois posts cheios de garra, criar gráficos para pós-jogo, estabelecer contactos…para depois deixar tudo cair por terra como um penso rápido que se usou enquanto o sangue gotejava. Se chegarem à conclusão que não vão conseguir manter um ritmo de publicação razoável, seja por que motivo fôr (e todos os motivos são bons, mesmo os maus), pelo menos avisem o povo. Se calhar não é o vosso caso, mas vejo a criação de um certo laço de empatia com alguém que escreve como algo de muito interessante e quando uma das partes desaparece sem sequer deixar dinheiro para o táxi, a outra parte sente-se traída.

Por isso pensem bem antes de abrir um blog. A recompensa é simpática e para quem gosta de escrever é um excelente escape e uma boa maneira de comunicar com a comunidade. Mas só funciona se o mantiverem vivo.

18 comentários

  1. Olá Jorge,

    De entre a Bluegosfera tenho três sites/blogs de referência, aqui o Porta19, o DragãoAtento do Vila Pouca e o Portal dos Dragões (Fórum – Tertúlia virtual sobre o FC Porto) do qual não sou membro registado mas acompanho regularmente.

    Sou visitante diário destes espaços e posso dizer que em relação ao teu Tasco aprecio-o pelo sentido crítico, pelo humor e pela diversidade dos teus posts.

    Moro na margem sul, no Montijo, onde até não há muitos portistas e encontrei na bluegosfera as opiniões dos portistas que em certas alturas me acalmam os nervos enquanto noutras me despertam o lado guerreiro, lutador incessante e perfeccionista que é imagem de marca do Nosso Grande Clube.

    Só te posso agradecer, a ti e a todos os que se dedicam a esta muy nobre causa, por todo o esforço que fazem.

    Um abraço, continuação de Festas Felizes e um 2012 repleto de títulos, no Futebol e nas restantes modalidades.
    Fernando Mestre

    1. Só agora reparei que escrevi DragãoAtento e não DragãoDoente (como desejava).

      As minhas desculpas aos responsáveis dos referidos espaços e novamente o meu obrigado a eles e a todos os que se esforçam pelo nosso clube.

      Abraço desPortista…

  2. Antes de mais, boas festas.
    Quanto aos blogues, ‘George’, mais importante talvez do que postar com regularidade, seria fazê-lo com regularidade e alguma qualidade… sei que não gosta de o dizer, mas há por aí umas coisinhas que, ‘à propos’, não lembram nem ao menino jesus… Para que fique claro, não me estou a referir a blogues com cujas opiniões nem sempre me identifico – gosto do contraditório – e desde que as opiniões sejam ou bem escritas, ou bem estruturadas, é super interessante.
    Falava de blogues que só vão buscar notícias não confirmadas a tudo o que mexe e postam essas notícias como sendo notícias sobre o porto. E, não lhes adicionam nem um comentário. – Terrível! Para quê, querer inimigos?
    Quanto ao ‘porta’, continue que vai bem. Ésempre um regalo vir a este cantinho azul.
    abraço

    PS: (Fora de contexto: para quando uma comparação entre messi e ronaldo com base nos onze elementos necessários a um bom futebolista segundo “a cultured left foot?” – feet,balance,fun, endurance,graft,toughness,guts,madness,aura,luck,vision … talvez nenhum deles seja um grande…)

      1. é, o Hulk seria com certeza um grande, um definidor, se tivesse quick feet, sem dúvida alguma…

        – vi o chelsea-fullham e pergunto-me: que raio de diferenças tão abissais há entre os dois campeonatos, o nosso e o deles? nada! só marketing.

  3. Caro Jorge,
    Talvez seja demasiada presunção minha, mas pela parte que me toca, the shoe fits.
    Duly noted!
    Como despachava um dos meus, que começam a ser inúmeros, chefes: “Visto. Com muito apreço”.
    Logo que me seja possível, conto dizer qualquer coisa sobre esta assunto.
    Um Excelente Ano de 2012
    Alex F.

  4. Somos novos neste mundo da Blogosfera e tentamos acrescentar qualidade, procuramos não meter por meter.

    Temos as nossas referencias que já seguíamos, este espaço obviamente, o Dragão até a morte e a reflexão Portista, agora ainda mais damos valor por constatar que não é fácil alimentar a “coisa”, especialmente com qualidade.

    Duarte Gomes não nos engana, apresentamos factos porque somos Porto

    http://tribunaportista.blogspot.com/2011/12/segui-em-frente-um-abalroamento.html

  5. um rápido disclaimer porque me disseram que este post podia estar a ser mal interpretaado: não foi nem é meu objectivo o auto-elogio ou qualquer tentativa de acusar os outros bloggers de mau “portismo” ou de alheamento dos assuntos do nosso clube! nem tão pouco pretendo atirar fezes às caras daqueles que por menos disponibilidade não continuaram com o projecto a que deram início. foi só uma forma de tentar motivar gente que tem alma e gosto pelo FC Porto a escrever o que gosta da maneira que lhes fôr mais adequada. cada qual sabe de si e se alguém se sentiu ofendido ou lesado, fica o meu pedido de desculpas :)

  6. Meu Caro,

    De facto o seu escrito está munido de toda a verdade.
    Tive um blog, não sei se se recorda, o Carrega Porto, durante quase 2 anos. Enquanto o mesmo se encontrou “aberto” foi um espaço bastante vivo, notícias e posts diários, muita interactividade, dedicação e portismo. No dia em que me senti menos disponível e entusiasmado para alimentar o meu blog decidi encerra-lo.
    Não fazia sentido arrastar o blog, vê-lo morrer lentamente, defraudar os ainda alguns leitores que tinha.
    Talvez os tenha defraudado pela atitude mas seria mais nobre “morrer de pé” do que deixar que o matassem pela falta de qualidade e dedicação.
    Estive os últimos dois anos sem fazer um sequer comentário na blogosfera portista; era-me difícil, escrevia, mas na hora de os publicar, apagava!
    Fácil é criar um blog, o que se segue não é para todos e felicito-o por isso.

    Abraço

    1. recordo-me do Carrega Porto e tive pena de o ver a terminar. concordo contigo quando dizes que é mais nobre fazer como as árvores e morrer de pé e saúdo a tua força de espírito. mas volta à comunidade, homem, és um blogger com todo o mérito! once a blogger, always a blogger! :)

      um abraço,
      Jorge

    1. Caro anónimo, claro que não foi por um jogo. Foi o culminar de vários jogos. Comentei sobre este, porque finalmente acho que nos desprezamos muito a nós próprios. Faça um bom marketing, anuncie com imagens de jogadores em slide na tv, ofereça uma cervejola à saída a cada espectador da equipe que ganhe, e veja se um BeiraMar -Leiria não será um jogo cheio de espectadores e entusiasmo.
      O entusiasmo também se faz de fora para dentro. Em Portugal é que têm de ser os jogadores a puxar pelo público. – Noves fora a nossa magnífica claque, que não se cansa de ser o 12º –

  7. Jorge,

    Abri o meu blog em 07 de 2010, o site em questão tentava ser um “aglotinar” das noticias publicadas sobre o universo azul e branco. Isto porque quase todos os dias “devorava” todas as noticias sobre o nosso clube que saiam da CS. E achei que podia ser uma boa ideia ter um site/blog onde os adeptos do nosso grande clube pudessem ler o que se escreve sobre o FCP. Foi essa a ideia e passado ano e meio e independentemente das dificuldades quer de tempo que por “forças ocultas” que me bloquearam a pagina do FB que ja contava com 5000 amigos, continuo.

    um abraço

    http://fcportonoticias-dodragao.blogspot.com/

    PS – Nas estatisticas grande parte dos visitantes do meu blog vem direccionados do teu Porta19 … Obrigado

Deixar uma resposta