Ouve lá ó Mister – Manchester City


Amigo Vítor,

Agora as coisas piam mais fino. Como se as coisas fossem um gentil bando de rouxinóis a esvoaçar perto de um campo de malmequeres num suave dia de primavera. Até que um gajo mais chateado com as taxas do BCE se lembra de sacar da espingarda e disparar três balázios e acertar no pássaro-pai mesmo no meio dos cornos. É isso que quero que aconteça hoje, Vitor. Quero chegar ao estádio, sentar-me na minha cadeira e olhar em frente para onze tolinhos que vão fazer tudo por tudo para que os ingleses saiam daqui com o esfíncter mais aberto que o túnel da Ribeira.

Só há uma coisa que me assusta nos gajos, pá. São os onze que vão entrar mais os sete que estão no banco. O resto não me mete medo nenhum, era só o que me faltava. Mas isso sou eu, tu és um gajo superior a este tipo de cagaços e por isso sei que não me vais desiludir. E não te atrevas a reclamar que não temos equipa para isso. Já sei que nunca dirias isso em voz alta, mas livra-te sequer de pensar dessa maneira! Que me cravem um cinzel nas gengivas se não temos equipa para mandar os gajos abaixo! O Hulk não é capaz de pôr o Clichy agarrado às pernas? O James não parte os rins ao parolo do Zabaleta? O Lucho não ganha em corpo e inteligência ao finguelinhas do Silva? O Maicon não tira as bolas de cabeça do Dzeko? O Helton não vale mais que o albino do Hart? Até aquela besta do Lescott que mais parece um refugiado Klingon não vale meio Rolando manco, Vitor! O Moutinho não é tão ou mais organizado que o Nasri e tem melhor aspecto de barba grande? E o Fernando, que nem Touré tem no nome, não chega para atrofiar as gâmbeas do genro do Dieguito?

É só isso que tens de pôr na cabeça dos nossos rapazes, pá, e convence-os que o campeonato está difícil de chegar lá e por isso esta pode ser a grande oportunidade dos gajos fazerem o primeiro grande jogo do ano! Explica-lhes que os outros não nos ligam nenhuma, que nem sabem quem são os nossos, que olham para o FC Porto com aquela puta daquela altivez inglesa que mete nojo desde que o Haroldo levou com uma seta nas vistas em Hastings.

Por isso vai aos arrumos e tira para fora o conjunto de facas que o teu sogro te deu. Afia-as bem e prepara-te para o repasto. É que hoje vamos comer bifes no Dragão.

Sou quem sabes,
Jorge

 

APOSTAS PARA HOJE NA DHOZE:

8 comentários

  1. Bom dia,

    O adversário de logo dispensa apresentações, é uma equipa recheada de excelentes jogadores, luta pelo título inglês e é bem orientada. Todavia esta equipa apresenta fragilidades defensivas que podemos explorar.

    É preciso um FC Porto ao seu melhor nível.
    Um Porto ao nível do dos jogos anteriores poderá não ser suficiente para levar de vencida os ingleses. É necessária mais velocidade e agressividade, no fundo um jogo à Porto.

    Com o forte apoio dos adeptos, acredito numa vitória, que será excelente se não sofrermos golos.

    Abraço e boa semana

    Paulo

  2. Então tás convencido que por aqui vamos lá e é melhor aposta porque o campeonato está difícil? Rica fé a tua!… para quem se afirma optimista, esquecer quando já defrontámos o Clichy e o Nasri (ainda bem que o Fucile já não está, ainda deve andar às voltas…).

    E, olha, como sou avisado, talez 3 não cheguem. Há 35 anos os outros levaram 4 e depois foi o caralho para os travar lá na fria e húmida terra dos klingon onde qualquer Orc é um Adamastor.

    1. outros tempos, homem, outros tempos. e lembro-me tão bem desse jogo de Londres que até me arrepio ao pensar numa vitória por 2-1 em casa.
      quanto ao campeonato…carago, tens outra maneira de os motivar? ;)

  3. Eu acho que com o VP no comando o FCPorto arrisca-se a levar uma tareia de criar bicho. Logo este ano que tínhamos um grupo acessível na Liga dos Campeões. Quem faz a triste figura que fez contra o Apoel não pode ter grandes ambições contra o City. Que tristeza de treinador. Não me conformo com este tipo. Aquela conversa da chiclete então é de rir de nervoso. Era tão mais fácil que ele alinhasse com Hélton, Danilo, Maicon, Mangala e Palito; Fernando, Lhcho e Moutinho, James, Kléber e Hulk. Se o Kléber falhasse, metia o Hulk no meio e fazia entrar o Iturbe. Mas o VP é tão limitado no seu raciocício que não iscreveu o rapaz. Se o Iturbe estivesse no Benfica estaria agora a fazer dupla com o Rodrigo. Enfim… A felicidade não é propriedade de todos

  4. caro Jorge, caríssimas(os):

    um pedido especial (que não só) para hoje:
    que quem tiver a fortuna, a felicidade e o privilégio de poder ir ao nosso teatro de sonhos, consiga incentivar a nossa equipa do coração como ela bem merece – pelo menos durante o decurso da partida. depois do findar desta, tal já são contas de outro rosário…

    somos Porto!, car@go!
    «este é o nosso destino»: «a vencer desde 1893»!

    saudações desportivas mas sempre pentacampeãs a todos vós! ;)
    Miguel | Tomo II

Deixar uma resposta