Até Pedro que O negou três vezes foi mais discreto

Going once…going twice…not going.

Nada de novo, portanto. Ser treinador do Benfica dá carta branca para dizer o que se quiser sobre quem se quiser. E nem precisa de ser verdade.

PS: As questiúnculas sobre a arbitragem de Proença não me interessam particularmente, apesar de louvar o trabalho de pesquisa feita por alguns bloggers portistas. Bem hajam. Mas este é o único post sobre o fallout do clássico que faço. Amanhã voltarei a focar as atenções no meu clube e não no dos outros. Business as usual.

12 comentários

  1. Bom dia,

    Ponto prévio: JJ é o melhor treinador do Benfica dos ultimos 20 / 25 anos. Um dos 3 melhores treinadores Portugueses do momento e há muitos bons treinadores portugueses actualmente. Um bronco? Sim senhor. Por vezes mal educado? Confere. Nada disto invalida as 2 primeiras afirmações.

    No classico, infelizmente para mim, felizmente para os adversarios, fez o pleno:
    . Fez merda no pre-match, ao menosprezar o Aimar do FCP, um grande jogador, de classe inequivoca e que nao me lembro de estar sequer envolvido em qq polemica com o Benfica, ou outra.
    . Fez merda no jogo, quando no epicentro, com o Benfica a vencer 2-1, tem o titulo na mao e ficamos sem o nosso Lucho, mete Rodrigo. Contra o Zenit, meteu Matic por Gaitan e o Benfica dilatou o resultado…
    . Fez merda no pos-jogo, ao fazer declaracoes desnecessariamente ofensivas. Bastava a expressao que utilizou no final do jogo do Zenit, respondendo a perguntas dos jornalistas: “Sabemos porque perdemos com o FCP”. Evasivo e provocador qb.

    Nao conheço as regras da liga, mas claro que as afirmações merecem um castigo. O facto de não ter saido esta semana nao quer dizer que nao venha a acontecer em breve. Sergio Conceicao foi expulso pelo arbitro no jogo do Olhanense, logo deve constar do relatorio do arbitro e o castigo sai logo. Suponho que este tipo de casos, pós-jogo, desencadeie um processo disciplinar ou coisa que o valha e só depois sairá uma pena.

    Na parte que me toca, já estou concentradissimo no que vai acontecer na capital do movel e ja sei o que estao a pensar, será que o Melgarejo vai ter diarreia a meia hora do jogo? Espero que nao. Mas o que eu gostava mesmo era que as regras permitissem acordos entre os clubes que autorizassem que ele pudesse jogar ou nao contra o clube detentor do passe. Era mais claro para todos.

    Abraço

    1. ainda não sei qual é a melhor opção, se impedir que os emprestados joguem contra os clubes-mãe ou não emprestar a clubes da mesma liga. de qualquer forma é sempre um ponto polémico. ainda assim, espero que ele jogue e marque muitos ;)

      abraço,
      Jorge

    2. Bom “opinanço” ;)

      A meu ver, apesar de não ser a solução perfeita e ser passível de ser refutada, é que os jogadores emprestados não deveriam jogar contra o clube que os emprestou ou pelo menos deveria haver a possíbilidade de se decidir se sim ou não no contracto de empréstimo. Acho que é a maneira de acabar com as especulações. É impossível não desconfiar da pequena lesão do Atsu na véspera de jogar com o FCP, ou a febre do urreta na manhã do jogo com o SLB, só para citar exemplos mais recentes.
      Impossíbilitar o empréstimo também é uma solução, mas uma má solução para todos: clubes grandes que não podem dar rotinas do campeonato português a jogadores novos, clubes pequenos que não podem receber jogadores que lhes podem enriquecer o plantel a baixo custo, e próprios jogadores.

      Saudações Portistas do Monte da Caparica

  2. Em relação a este não-castigo, como em relação aos castigos, a liga deveria sempre manter o relatório aberto para consulta, e a decisão em caso de castigo, deveria sempre aparecer com uma fundamentação jurídica.
    Acabavam-se as especulações.
    Esta de dizer que não seria castigado porque era a opinião dele, é outra muito boa; quer dizer que só são castigados os que emitem opinião de outros!!!!
    Mais brilhante do que isto não existe.
    Também não existirá punição para o Ruizinho.
    Porque ele também só disse o que lhe ia na alma…

    Infelizmente para nós, no jogo com o City, o árbitro não compreendeu que o Rolando apenas estava a pensar alto…achou que ele estivesse a repetir palavras de alguém e mando-o tomar banho mais cedo…

  3. Boas Jorge,

    Realmente estava na cara que não haveriam castigos … entre as declarações do rei dos pneus, do j. jazus ou do ruizinho dos tuneis venha o diabo e escolha. Um ataca o responsável pelos arbitros, o outro, o erudito, jj, o próprio arbitro que nem passa por ele a analise do fora de jogo mas sim pelo bandeirinha, e por ultimo as ameaças do ruizinho ao delegado da liga. Sinceramente ja vi e ouvi muito sobre futebol mas num espaço de meia hora os 3 principais responsáveis do futebol das gaivotas dizerem tantos disparates (e estou a ser simpático) sem consequências ?!?!?!? só mesmo em portugal.
    Quanto á liga / federação … mudam os palhaços mas o circo continua.
    O que achei interessante foi mesmo ver os 2 “paineleiros” de serviço que vestem de verde, R. Oliveira e Costa e o Dr. Scotsh Barroso … lançarem-se aos amigos da 2ª circular … mostrando a sua indignação contra esta vergonha.

    Um abraço

    http://fcportonoticias-dodragao.blogspot.com

Deixar uma resposta