Um texto roubado a outro tasco

Ia escrever um post com uma parcial desculpabilização de Vitor Pereira. Outros tiveram a mesma ideia e já o fizeram. Canalhas.

Concordo com os pontos todos e nada tenho de válido a acrescentar. Leiam aqui, no Café das Antas.

15 comentários

  1. Li o post do café das antas e até concordo com algumas das razões, mas uma razão não é, nem pode ser desculpa. O que ele se esqueceu é que temos o maior orçamento da história do clube e nem aos 8ºs da CL fomos, o que ele se esqueceu é que com o José Couceiro também lutamos para o campeonato até à ultima jornada, o que ele se esqueceu é que foi VP a escolher os jogadores, se não foi que o diga e livra-se das criticas, o que ele se esqueceu é que o jogo com AAC já foi há uns meses e que a atitude da equipa nesse jogo já foi repetida umas quantas vezes com resultados bastante negativos, o que ele se esqueceu é que é o VP que faz as equipas e substituições e o que ele se esqueceu é que o F.C.PORTO não é o Santa Clara e não pode vir com aquele discurso mole que nem assume as culpas, nem culpa os jogadores( no fim do jogo no Chipre vir dizer que hoje fomos Porto depois daquela miséria, nunca mais me vou esquecer)ou mesmo a SAD, alguém tem de assumir as responsabilidades, o Porto não é como os governos da República que todos fazem merda e depois ninguém é culpado, nem ninguém paga pelos erros, o PORTO é o PORTO, se assim continuarmos entramos na mourarização rapidamente, ou seja fazemos um jogo bom e depois 3 ou 4 mais ou menos ou mesmo maus, mas depois lá vem um bom e malta anima-se depois voltamos aos maus, nos mouros é assim à anos, NÓS SOMOS PORTO POR ISSO MUITO MELHORES E MUITO MAIS EXIGENTES E ESTE ANO É UMA MISÉRIA COMPLETA, VAMOS VER SE GANHAMOS O CAMPEONATO…

  2. Jorge,

    Ontem disse que não podemos ganhar sempre, hoje digo que não podemos estar sempre de acordo.

    Na minha opinião, o Vítor Pereira é um tipo que percebe de futebol – acho que isso (quase) ninguém o nega, mas é um fraco, fraquíssimo, terrível… líder. Ler a parte sobre o Guarín – principalmente – mais os outros exemplos a que ele se refere, que no ano passado jogaram muito e neste nada jogaram….como é que se pode atribuir a culpa SÓ aos jogadores?

    Birras e vontade de ir para outras paragens vai sempre existir, o artista que tem a braçadeira de Treinador é que tem que os motivar e explicar o que é que andam aqui a fazer!

    Não há Falcao, nem vai haver mais…
    O Janko é melhor que o Kleber? Não sei…sei é que o Kleber é daqueles que tem uma cabeça de jogador de segunda divisão, mas tem pézinhos para fazer BEM melhor! Mais uma vez…que seja o treinador a motiva-lo, ensina-lo, “qualquer-merda”-lo que seja necessário!

    Nem 8, nem 80:
    A culpa é só dos jogadores? Não.
    É só do treinador? Não.
    Mas se temos a capacidade de culpar os jogadores quando fazem borrada, porque não culpar o Vitor Pereira quando faz o mesmo?? Só porque é Portista e humilde? É isto que não entendo…

    E ouvir as conferências de imprensa do homem é um sofrimento terrível…o paleio é sempre o mesmo e nota-se que o tipo tá nervoso, sem saber o que dizer…enfim.

    Tenho receio que o homem lá fique mais um ano e que prove a meio da época que foi um erro lá ter ficado.

      1. nota do moderador: aprovei este comentário para terem uma noção das dezenas de gente deste tipo que por cá aparece e cujos comentários não são, obviamente, publicados. só para verem o que um gajo atura :)

        abraço,
        Jorge

      2. Anónimo, és capaz de traduzir o que escreveste para “Portuguese”, please?

        50% de erros numa frase, é obra, pá.

        (Obrigado por partilhares tão fina literatura, Jorge).

        Normalmente, não comento, mas venho sempre aqui ler com (muito) prazer. Força.

    1. 1º Essa de que o Guatín jogou muito é uma opinião quase consensual, mas para mim puro engano. Sempre que no ano passado o Guarín marcou golos decisivos foi porque resolveu romper o estabelecido… Saiu do seu lugar descurando a sua zona e desequilibrando a equipe para ir insistir em lances em que acreditava. Ok, correu bem. Talvez o Libras lhe desse liberdade para tal… mas, como se viu este ano logo na Supertaça europeia, parece que tanta confiança lhe subiu à cabeça.
      2º quais foram as exatas palavras do Libras? que um ano igual ao ano passado não se repetiria. Como? Pois. Todos estavam à espera de um novo Mou, num ano a taça da 2ª divisão, no ano seguinte a taça da 1ª… Mas o homem lá sabia. E foi-se embora. Ao que parece porque tinha um contrato em que se houvesse duas derrotas ele era despedido com justa causa.
      3º veja aqui ( espero que o Jorge não se importe por endereçar para outro blogue) a parte do treino e da mentalização: https://docs.google.com/file/d/0B_O3EE6jptc3WExYLXVLOXNTUFNGRE5lMUdaNnJldw/edit

      nem tudo o que não se vê, não existe,
      nem tudo o que reluziu foi ouro…

      1. Jorge, em primeiro lugar deixa-me dar-te os parabéns por teres que ler comentários como o desse “Anónimo”. Realmente não é tarefa fácil.

        Quanto ao que diz o Reinemargot, sabemos que esta discussão será sempre subjectiva…sobre quem é melhor ou pior, quem serve e quem não serve para treinar o Porto. A única coisa que não é subjectiva, até porque nunca o disse, é que o Libras ia ser um novo Mourinho. Aliás, sempre achei esse tipo de comparações ridículas… é como dizer que o Iturbe é o novo Messi…wtf?

        Cada um tem as suas virtudes e defeitos. Com o Libras perspectivava uma época de sucesso, com confiança e principalmente com a noção de que cada um sabia o seu papel – a sua função. Com o Vitor Pereira, muito sinceramente, não. Mesmo com grande vontade de acreditar que este tipo ia continuar o bom trabalho…..não. Não acredito.

        Esse artigo do dia-a-dia do VP prova o quê? Que é profissional? Mas por acaso não é normal os treinadores fazerem isso? Então a frase “é dos primeiros a entrar e dos ultimos a sair”…sempre há quem entre primeiro e saia depois…enfim…encher chouriços.

        Eu (pelo menos) nunca quis comparar épocas…não faz sentido…o que sei é que este com um plantel estupidamente caro (os jogadores não devem ser todos flops), não fez nada de especial….e desresponsabilizá-lo só porque sim…acho que é apenas boa camaradagem.

        Quanto ao Guarín sou suspeito…acho o tipo um extraordinario jogador. Com cabeça fraca…mas pronto…é a minha opinião, como seguramente há quem ache o tipo um tosco.

        Bora lá ganhar o que resta, masé!

  3. Como alguém que não é portista, deixe-me vos dizer que além de outras variáveis, de que não vale a pena falar, a sorte do Porto é ter um bom plantel e Hulk. O vosso jogo consiste em passar a boa a Hulk e ele que resolva… É demasiado básico para o nível a que o Porto compete.

    De resto, com o orçamento que têm, e com o plantel que têm (apenas perderam o Falcão…), estar nesta fase fora de todas as competições, excepto o campeonato, e este, sem certezas de ser ganho, só pode ser considerado um fracasso.

    Conclusão: podem manter o VP por muitos e bons anos!

    cumps

    1. Para quem, na melhor das hipóteses, pode repetir a façanha do ano passado estás cheio de peito.

      Conclusão: Para quem não sabe o que é uma final de uma competição europeia oficial há 22 anos, um título oficial há 50 ou o que é um tetra campeonato nacional (já para não falar de um penta) qualquer Taça eusébio é traformada na mais-maior-melhor conquista para desviar a atenção da maralha para mais um bicampeonato do GRANDE FC Porto.

      1. Pedro, não deves ter lido bem o que escrevi. Apenas dei a minha opinião sobre a prestação de VP este ano, no meu entender, Em lado nenhum comecei sequer a comparar com o meu clube. Por isso, não percebi bem o seu comentário… Ou acha que só por ser benfiquista, qualquer comentário meu tem de ser provocador?

        Leia melhor, vá lá, e depois podemos conversar sobre o tema em causa.

        cumps

        1. Tal como no apelo às armas ou no apelo ao boicote dos jogos fora de casa ou, ainda, no desejo de ver o Presidente Pinto da Costa festejar o título junto a Pôncio Monteiro e a Predoto primeiro atiram a pedra e depois escondem a mão e juram inocência.
          Não é evidente, na conclusão, que a continuação de Vítor Pereira implica um permanente fracasso do FC Porto que beneficia o Benfica? Mas, a aonde está o Benfica? Será que é o FC Porto que precisa que a sociedade Paixão, Capela & Costa dê uma ajuda?

  4. O VP não vale nada, bom é aquele do Braga, que até levou a equipa à final da taça da liga…espera parece que o Braga foi eliminado em Barcelos, e até parece que não foi violentamente roubado como o VP em Barcelos…Então o melhor será trazer o Domingos que certamente é bem melhor do que o VP, então a equipa que ele treinou não ia à frente do Porto? Espera parece que não, parece que só começou a ganhar quando ele saiu…realmente o VP não vale nada, ir à frente do campeonato só com um ponto de avanço, com uma equipa que até Dezembro não tinha ponta-de-lança nem defesa direito…

Deixar uma resposta