Leitura para um fim-de-semana tranquilo

  • A comparação entre os últimos anos de Marselha e FC Porto no Blogolo (mais uma vez obrigado, nuno!);
  • Mais uma tirada absurdamente engraçada do gigante Ray Hudson na altura do genial segundo golo de Cristiano Ronaldo ao Atlético, no Who Ate All The Pies?;
  • Para quem já está a pensar no Euro2012 na Polónia e Ucrânia, pode começar por conhecer os estádios através do Soccerlens…;
  • …e para saber quanto é que eles custaram desde o “nosso” Euro2004 até ao futuro Euro2016 em Inglaterra, basta ir ao Futebol Finance;
  • Miguel Lourenço Pereira avança com uma opinião muito própria e longe da maioria no Em Jogo, analisando as críticas à saída de Gobern (a.k.a. Gordern, termo cunhado pelo defunto Mãos ao Ar) da RTP;
  • O porquê da diferença entre o bom futebol da Bundesliga e o pouco impacto dos seus clubes no panorama do futebol europeu no The FCF;
  • Acabando de volta ao nosso campeonato, o Alex F. tenta perceber o que temos a ganhar com uma mudança na cedência dos direitos televisivos no renascido (e bem escrito) Azul ao Sul;

4 comentários

  1. Boas!

    1. Então “na” França já se sabe que o Ederzito jogará no FCP na próxima época, e cá nada?
    2. Já conhecia e, revendo, mantenho a conclusão: a Polónia tem 4 novos bonitos estádios e a Ucrânia, tirando o shaktar, tem uns novos mamarrachos que vão à recta com o estádio de alvalade.
    3. Está boa a discrição do golo do ronaldo :)
    4. Gostei dos textos sobre o caso Gordobern e a liga alemã. Gosto da liga alemã e é capaz de ter razão sobre do porquê de não ser tão mediática ou importante como eu acho que poderia/deveria ser.
    5. Não conhecia o blog Azul ao Sul. Apesar de não estar tão a sul como ele, gostei do que vi. Já está nos favoritos (qualquer dia não tenho tempo para mais nada a não ser ler blogues do nosso Porto).

    Bom FDS!

  2. no caso do Godern acho alguma graça que ao fim de 5 anos, o camera tenha filmado o gajo enquanto o “brilhantina prata” falava, e em paralelo jogavam dois candidatos ao título… – a mim cheira-me a encomenda! … – ou ele próprio queria sair, ou alguém queria que ele saísse…

    não acho além disso hipocrisia nenhuma na demissão; uma coisa é deitar veneno contra o porto todas as semanas por quantos poros se tem, outra é comemorar um golo a favor do benfas contra um clube que não é o porto! existe uma diferença muito grande…

    – o campeonato alemão contenta-se a si próprio… ou seja, eles não gostam muito de vedetas no futebol – nem de penteados, celebrações, samba, etc… – e têm assistências, publicidade e revistas suficientes para não precisarem de o circo chegar à cidade…para além disso por força de antos emigrantes, hoje os alemães já não são simplesmente alemães, são muitas nações, no futebol também…

    – quanto ao azul ao sul, muito interessante de ler…sempre… como o porta, muito bem escrito…

Deixar uma resposta