We. Win. Everywhere.

PS: mais orgulho que todos estes troféus são os dez minutos de publicidade que a RTP enfia pela goela abaixo dos telespectadores na altura em que toda a gente quer ver as primeiras emoções cruas de uma vitória histórica de uma equipa que se soube fazer grande pelo menos por uma tarde. E a abertura do telejornal da SIC com o filho de Ronaldo. Sinto como se me tivessem urinado nos dentes e dissessem que era sumo de laranja. Priceless.

6 comentários

  1. Desculpa vir aqui comentar no teu blog, mas como costumo visitar e concordar com muito do que dizes, venho desta criticar-te e fazer um reparo, pois mais importante que a vitória da académica, do chelsea e do atlético, é a vitoria do FCP em basquetebol no pavilhão da Luz.obrigado e cumprimentos

    1. é verdade, dou-te alguma razão mas não toda…é que essa ainda não acaba com a série e as outras são mesmo as vitórias “finais” :)
      ainda assim, espero que o 2-2 se transforme em 3-2 na próxima quarta-feira!!!

      abraço,
      Jorge

  2. Jorge, esqueceste dos iniciados hoje de manhã que venceram os sl becas por 1 x 0 e os sub-17 foram campeões nacionais, com a presença do NGP no Olival.

    Realmente, foi uma vergonha a RTP cortar a transmissão na hora dos festejos, mas eu sempre vejo qualquer jogo pela sportv, que transmite tudo!!!

    Abraço e lembra do que escrevi:amanhã sou chelsea, domingo sou briosa.Acertei as duas.Da próxima, mando os nºs do euromilhões:-)

  3. Boa noite Jorge,

    A malta que sai da nossa casa, leva já uma bagagem, que basta ser inteligentes, ter talento e “Ser Porto” em atitude … bem arriscam-se a vencer.

    Parabéns ao Pedro Emanuel, Bosingwa, Hilário, Raul Meireles, Paulo Ferreira e Falcao!

    Justa a tua homenagem.

    Abraço e boa noite

    Paulo

  4. A marca FC Porto não engana, e é por isso que custa o que custa a quem compra.

    Parabéns aos jogadores do Chelsea, que na comemoração do feito tão ambicionado, ( que grande chouriço ), não se esqueceram de Vilas Boas.

    Drogba,um portento de jogador, que Vilas Boas teve o azar de encontrar lesionado. No final o amuo da loira espanhola que revelou todo o seu fel, que empurrou Vilas Boas, para a saída.
    Não que me esqueça o que o menino da foz, fez à cadeira de sonho. Hoje poderia muito bem ser o FC Porto a envergar na camisola o símbolo da liga dos campeões, caso tudo se tenha mantido como estava previsto, no final da liga europa.

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.