Ouve lá ó Mister – Paris Saint-Germain


Amigo Vítor,

Sabes, pá, não estou feliz. Não estou, que queres? Tenho uma vida porreira, bem-disposta, sorrio por dentro e por fora e a carteira deixa-me razoavelmente satisfeito. Tenho um bocadinho de pança a mais mas nada que me preocupe por aí fora. Mas não estou feliz. Com a idade fui percebendo um bocadinho disto e um bocadinho daquilo, sei o que faço no trabalho e safo-me bem em casa. Até sei cozinhar em condições, vê lá tu. Mas não estou feliz. Falta-me algo. Falta-me ver o meu clube a jogar bem, pá. Espera, não é isso. Falta-me ver o meu clube a jogar bem de uma forma consistente. Sim, é mais isso. Não será propriamente uma declaração do “pursuit of happiness”, mas por agora chega para fazer passar a ideia.

E hoje podias ajudar a fazer de mim um gajo mais feliz. Era só ganhares a esta cambada de gajos sobre-pagos, sobre-valorizados e sobretudo famosos. Gosto muito de ganhar a famosos, sabes, é daquelas coisas que só conseguimos na Europa, este estatuto de “underdogs”, em que todos olham para nós de cima para baixo, como se fôssemos uns pobres troikados que não temos postura nem poder para mandar o Ray Charles trautear o Carmina Burana. É uma vergonha, é o que é. E estes novo-ricos que hoje vão pôr as patas no Dragão são mais um exemplo disso, porque gastaram mais dinheiro que o nosso estado poupou no fecho das maternidades ou lá que raio medida é que tomou para safar 150 milhões de euros do orçamento. E o ideal para acalmar a malta era mesmo dar cabo deles logo à partida. Com cabecinha, com calma, com inteligência. Mas desfazê-los.

Apostaria no Atsu e no James, com o Jackson ao meio. Já reparei que repetiste a convocatória mas se fosse a ti avançava com o Fernando a titular para aguentar bem o meio-campo e rezar que o Lucho esteja em dia bom e o João em condições para fugir aos onze Mangalas que do outro lado vão tentar acertar em tudo que mexe. E se tiveres de pedir a algum para sacrificar um amarelo só para que o Ibrahimovic saia do Dragão com uma perna mais curta, vou olhar para o outro lado e pensar que foi intervenção divina. Ninguém, mas ninguém te levava a mal.

Venham eles. Somos mais fortes. Vamos mostrar isso em campo.

Sou quem sabes,
Jorge

5 comentários

  1. Bom dia,

    Hoje temos um jogo para ganhar no Dragão.

    O adversário tem dinheiro, jogadores de calibre, mas nós somos o FC Porto. Bicampeões Europeus, Bicampeões do Mundo, uma das melhores equipas da Europa.

    Jogámos em casa e temos por obrigação vencer.

    Se jogarmos de pitões em riste venceremos.

    Força Porto

    Abraço

    Paulo

  2. Ouve Lá ó Mister

    Espero que estejas atento á nomeação que o mafioso do Platini indicou, aquele adepto dos vermelhos do Manchester ainda não esqueceu a eliminação em 2004.

    Avisa a malta para muito cuidado pois o gajo nos 3 jogos que apitou expulsou sempre um nosso jogador e já agora pede aos adeptos muito apoio e uma vaia monstuosa a esse gajo.

    boa sorte e não inventes

Deixar uma resposta