Ouve lá ó Mister – Benfica


Amigo Vítor,

Vai com toda a certeza haver muita gente a guinchar-te aos ouvidos logo à noite em Lisboa. A cidade é grande, o estádio também, e o povo vai correr para o estádio com sede de vingança e cheios da moral vermelha que invade sempre a capital nestas alturas. E tu sabes tão bem quanto eu que é nestes cenários que tu e os teus melhor sabem viver. E tens uma nação azul-e-branca atrás de ti, sempre a puxar, a apoiar, a vibrar contigo.

Mas mentia-te se te dissesse que não estou apreensivo, Vitor. Estamos todos, é um jogo grande e antes dos jogos grandes há quase sempre uma dose enorme de sentimentos contraditórios, a roçar aquela estúpida fronteira da elação e do pânico, onde fico num clima de bipolaridade de sensações e estados de alma que só intensas doses de álcool, tabaco e companheirismo dragão servem para ajudar a passar a toleima. Faltam gajos, uns mais importantes que outros, mas faltam-te opções válidas e não julgues que não sabemos disso. E todos percebem que o jogo é difícil, o adversário é guerreiro, lutador e deves encará-lo como honrado, por muito que possamos todos pensar que não o é. É um rival, é O rival, é aquele símbolo da vil dominação da capital, representante-mor da bota que nos calca e pisa e chuta e humilha sempre que pode. E não te faças valer do passado, Vitor, não chega. É hoje que se decide tudo, é essa a mensagem que tens de passar para dentro, é hoje que esta merda começa a inclinar para o nosso lado e nunca mais passará de hoje.

E hoje, meu caro Vitor, estimado e orgulhoso treinador do meu clube, vou estar no mesmo sítio em que aqui há uns largos meses pulei da cadeira onde estava sentado e, pontapeando acidentalmente outras duas cadeiras e urrei sei lá quantos decibéis acima do permitido por lei, na altura que o Maicon marcou o golo da vitória na Luz. Vou estar rodeado de portistas, pleno de esperança que me mudes o pessimismo natural que me invade o cérebro nestas alturas e proves que esta batalha é nossa.

Lutem, é tudo que vos pedimos, a ti e aos teus rapazes. Lutem, lutem muito, rasguem as camisolas, sujem os calções, amarrem os ombros ensanguentados com um torniquete, ponham talas nos perónios fracturados, façam trinta por uma linha, das tripas coração, qualquer metáfora que sirva. Mas lutem. É tudo o que vos pedimos.

Sou quem sabes,
Jorge

9 comentários

  1. grande Jorge,os lampioes nao sao assim tao bons ,so que o porto nao esta e la muito bem,quanto ao resto,espero 60min do russo,e que saiba ter bola no pe,mas principalmente,que nao fiquem em desvantagem no marcador ,porque ai ja vai ser mais mau pior,nao ha numeros no banco para dar a volta ,e ja agora que os centrais nao metam agua otam esta a baixar,e manga ainda e manguela LOL

  2. É isso lutem que nós também vamos à guerra!

    DE MANHÃ COMEÇA O DIA
    PRA FODER OS LAMPIÕES
    PELA NOITE VAMOS CANTAR
    A VITÓRIA DOS DRAGÕES

    FORÇA PORTO ALLEZ ALLEZ ALLEZ
    FORÇA PORTO ALLEZ ALLEZ ALLEZ

    ATÉ OS COMEMOS

    Abraço

    T

  3. excelente texto Jorge….brutal mesmo… toca mesmo!!
    quero só acrescentar mais um paragrafo…

    “SE HÁ ALGO QUE NOS DISTINGUE COMO PORTISTAS,
    É QUERERMOS SEMPRE MAIS!
    E POR ISSO GANHAMOS MAIS VEZES!
    E POR ISSO SOMOS RECORDISTAS!
    E POR ISSO ACREDITAMOS ATÉ AO FIM !!!”

    Somos Porto e eu confio numa atitude guerreira, e hoje não há só Jackson, Moutinho ou Helton, hoje sao 11 mais os suplentes e AQUELES CORAJOSOS QUE VÃO ESTAR NO INFERNO A TORCER POR NÓS……….iremos sair vitoriosos, sem pessimismos malta.

  4. Que a nossa defesa seja fantastica, e que o nosso ataque esteja inspirado. A ver se saimos de la com uma vitoria, e mostremos mais uma vez o porque da luz ser o nosso salão de festas.

  5. Boas,

    Sou daqueles portistas que está com a confiança a 100% desde o inicio da epoca, aliás todos os portistas deveriam ser assim, temos de ser gratos pelos títulos que os nossos guerreiros nos têm dado ano após ano. Admito que hoje desceu para 98% porque tive a confirmaçao que o James – que é só o nosso melhor jogador – nao vai jogar, mas mesmo assim estou convicto que vamos dar banho de bola.
    Uma mentira dita muitas vezes, continua a ser uma mentira e lá por que os lampiões repetem por essa blogosfera fora que têm melhor equipa e que em condiçoes normais nos ganham nao significa que assim o seja.

    Tá no PAPO :)

    Abraço

  6. Não sei porquê, findo o jogo, fiquei com a sensação de que poderíamos ter feito mais…
    No entanto, jogo fora com o outro candidato ao título, o resultado foi aceitável! A minha única apreensão era a de que se deixassem intimidar mas depois penso: é o Porto!
    Abraço!

Deixar uma resposta