Assim dá gosto

Obrigado, malta alemã, para me lembrarem do prazer que é ver bom futebol sem torcer por nenhum dos clubes envolvidos.

Parabéns, jovem Josef, por mostrares que nunca se desiste mesmo quando o futuro pôs o presente em causa. E a ti, Herr Klopp, por perderes tão bem.

Parabéns também a ti, Arjen, que pareces velho há demasiados anos mas que continuas a jogar que é uma parvoíce.

E obrigado ao futebol alemão. São o único futebol em que se nota que os treinos fazem com que os jogadores evoluam, ao contrário do que cá acontece.

5 comentários

  1. foi uma final muito disputada e interessante. falta só referir que o ribery e o dante deviam ter vindo para a rua, um deles ainda na primeira parte.

  2. Concordo

    o que não dá gosto é olhar para o canto direito do ecran na agenda e ler:

    “There are currently no events to display.” :(

    Abraços

  3. eh, eh, só agora vi isto. Pois tenho essa colecção e os cromos todos. Brilhante. Sempre gostei do Heynckes, admirava-o como jogador e apreciei-o muito como treinador mesmo no Benfica.

    De outra cepa, de outra cultura, de outra estatura.

    1. tenho pena de nunca o ter visto a jogar, mas como treinador é de um nível diferente. e o Klopp, com toda a loucura das atitudes, também me parece de casta superior. estupores dos alemães, pá, não me bastava trabalhar com eles, ainda os tenho de admirar…

      abraço,
      Jorge

Deixar uma resposta