Ouve lá ó Portista

Amigo adepto,

Vai ser um dia daqueles e tu sabes disso. Nem falo do sol, que nos unirá a todos com camisolas mais curtas e um sorriso na face durante a tarde. Tarde essa que pretendo passar em grande parte já nas imediações do Dragão, com um fino na mão e ocasionalmente com uma bifana na outra, a ganhar lastro para o que promete ser uma noite para a história. Mas não era disso que hoje queria transmitir, neste início de ante-câmara para o jogo de amanhã. Falo-te do fundo do calhau com quatro compartimentos que bombeia continuamente aqui dentro.

Amanhã o jogo é grande. É claro que é grande e não há nada neste mundo que me vá convencer do contrário. A malta está com o metafórico pitinho aos saltos para ver a bola, especialmente porque passou vinte e oito jornadas nesta periclitância de nunca saber se vai à frente, atrás, ao lado ou às cavalitas. Saltamos de primeiro para segundo e de volta ao poleiro, errámos muito e aproveitamos erros dos outros. Fomos grandes na Luz, fraquinhos em Alvalade, displicentes em Vila do Conde e magnânimos em Guimarães. Mas amanhã, meu caro amigo, amanhã é o tira-teimas. Não se decide nada, pois está claro, mas é o jogo por quem toda a gente espera um ano inteiro e é exactamente por esta razão que sou sempre contra os alargamentos das Ligas. Mais que um FC Porto vs Benfica para o campeonato por ano é demais. Um, só um, já esfrangalha os nervos, eleva os ânimos, aquece os corações e esvazia os pulmões. Basta um destes jogos e temos o povo eufórico, centenas de polícia na rua, claques insultadas, jogadores nervosos, treinadores exaltados e colunistas à beira de doze ataques apopléticos. E aparecer logo nesta altura é de pôr um gajo maluco.

Vou lá estar amanhã e tu também. E só gostava de pedir uma pequena coisinha, uma coisiúncula tão merdissimamente pequena que nem sequer devia estar em questão, mas estará e sei que estará. Então cá vai: mesmo que as coisas corram mal…e não tenho dúvida que as coisas podem correr mal (se já me conheces já sabes que o pessimismo vive tão intensamente em mim como uma família de piolhos numa lixeira municipal), não deixes de apoiar a equipa. Se tudo correr bem nem preciso de dizer nada, porque a euforia vai ser tal que haverá completos estranhos a abraçarem-se nas bancadas, homens a beijar mulheres, mulheres a beijar outras mulheres, raios, até homens a beijar outros homens que isto da bola já não é o que era e ainda bem. Quando tudo corre bem não há mal que nos pegue, carago! Mas…e concebo mais uma vez a hipótese de alguma coisa não alinhar com o plano divino que certamente já estará gizado com a nossa vitória em mente…se tal acontecer, não desistas. Não desistas de apoiar a tua equipa em vez de a apupares. Não abdiques do dever como portista de estar atrás da equipa e do treinador até ao último segundo, a incentivar, sem mágoas, sem ódios, sem lamúrias públicas. Por muito que aches que devia jogar X em vez de Y e “porque é que aquela besta ainda está em campo e a outra besta no banco ainda não o tirou?!”, esquece isso durante noventa minutos. Depois do jogo, ou no Domingo ou até durante o resto da semana, podes disparar e disparatar em todas as direcções desde o cimo da Torre dos Clérigos. Ganha fôlego, sobe os degraus e grita tudo o que te apetecer. Mas durante o jogo tenta controlar a impaciência ou pelo menos dirige-a para quem não é dos nossos. Insulta os outros se quiseres, porque se há jogo para picar o adversário é este, mas esquece as vendettas pessoais contra os teus jogadores, os teus treinadores, os teus. Teus. Os de azul-e-branco.

Este não é um jogo de vitória certa. É um jogo para a conquista. Perdão, para a *reconquista* do lugar que tanto queremos. Deixa o assobio em casa e aparece no Dragão. E vais ter lá mais cinquenta mil almas a pensar o mesmo. Faz isso por nós. Por todos nós.

Sou quem sabes,
Jorge

12 comentários

  1. Olá Jorge…
    Já faz muito tempo que aqui não escrevo, o gajo da porta 13 do outro estádio.
    Vou passando por aqui com muita frequência, como te disse em tempos, gosto muito do que escreves e como escreves, respeito o teu respeito…já escrever e responder é outra conversa, não tenho, confesso, capacidade para debates online, rápidos, brutos e muitas vezes desprovidos de bom senso e ofensivos…existem em todo o lado, não tenho pachorra nem aqui, nem de vermelho e branco!
    Para debater bola e SLB e FCP faço-o de SB gelada na mão, com toda a família portuense e portista, dizemos umas caralhadas e bola para a frente.

    Este teu post reflecte aquilo que é ser adepto, é um repto ao apoio,apoio ás tuas cores, não a tudo de mau que existe na bola, e eu curto isso!

    Desejo-te bom dia de bola, bom convívio, um bom jogo e que detestes o resultado final, sobre isso, não pode haver concessões pá!

    abraço, M.

    ps: sorry lá aquilo aos teus magpies…..

  2. Vão estar 50mil no Dragão e muitos mais por essa País/Mundo fora.

    Daqui do Algarve vou estar a comer onhas, cabelos, sofás, o que vier à mão mas acima de tudo quero lembrar a todos aquilo que o Jorge também o diz… as coisas podem correr mal e até tem mais % estatistica de assim acontecer, visto que o adversário joga para dois resultados e nós para um.

    O que se passou por culpa alheia, na segunda-feira, reacendeu-nos a esperança, mas tem de ser só isso e só com essa consciência podemos realmente apoiar a nossa equipa em qualquer cenário.

    Não nos podemos esquecer que temos que fazer algo unico, para ficar na frente nesta jornada… derrotar o Benfica neste campeonato… ambas as equipas estão invictas e só mesmo quebrar esse ciclo nos permite ter esperanças de ir a Paços tentar conquestar o tri, portanto é uma tarefa dificil.

    Não é uma desculpa mas uma chamada à realidade… temos que fazer a nossa parte, a nossa equipa fazer a dela mas, se mesmo assim não for sufeciente, temos que estar com a equipa até ao fim e depois disso.

    Somos Porto!

  3. Muito bem meu caro Jorge. Como já disse por aqui, o que mais me irrita no Dragão são os assobios à nossa própria equipa. Passo-me. Num jogo como o de amanhã serão absolutamente inadmissíveis assobios à nossa equipa. Aviso já que se alguém assobiar a nossa equipa onde vou estar, que é o meu lugar de sempre (Porta 11, sector 46) vai levar nas trombas. Portanto não se habilitem.
    É nestes jogos que as palavras de Bill Shankly, ganham toda uma dimensão de verdade: “Some people believe football is a matter of life and death, I am very disappointed with that attitude. I can assure you it is much, much more important than that.”

  4. @ Jorge

    meu caro,
    não teria escrito melhor.
    infelizmente estarei fisicamente longe do Dragão; mas o espírito estará lá nesse apoio que referes:
    sem assobios e de Alma com a nossa equipa do coração.

    abr@ço

    «sou quem sabes»:
    Miguel | Tomo II

  5. Meu caro Jorge, é sempre um prazer ler o que escreves. Concordo em absoluto nessa tua forma de estar e ver futebol, só tenho pena de seres por vezes tão pessimista.

    Aqui da ilha Terceira um grande abraço portista e o pressentimento que a tua crónica após o jogo vai ter muitos Baías!

    Até os comemos carago!

  6. Tenho 2 primos “franceses” que vieram de propósito ver o “match”… Espero que o FC PORTO recompense com uma vitória “limpinha, limpinha, limpinha”…
    O resto é tudo fait-divers, próprio de um jogo entre dois clubes que se amam (perdão, que se odeiam!).

  7. ganda Jorge,acho correto o classico (decidir) o titulo,mas independentemente do resultado minha opiniao sobre o treinador nao mudara, conforme na epoca passada nao tirei nenhuma alegria,a nao ser o facto que os lampioes nao o ganharam,mais uma vez ciente que nao e o porto que o ganha mas sim os lampioes que o perdem por inesperiencia total de saber estar em varias competicoes,sobre o que escreves dos adeptos a mim da me igual,Eu ainda sou do tempo que so os (grunhos) gente digna, faziam parte das claques,depois virou fashion e moda fazer parte das mesmas,ate que chegaram os mitras dos bairros e ribeira tomando conta delas o roubando o povo que de elas se acercava com o intuito de apoiar a equipa. Quanto o facto de apoiar VAMOS LA ESTAR so que do tipo com olhos de VER,neste momento o porto esta jogando melhor se vai ser suficiente (TALVEZ) mas estou ciente que nao vai ser brilhante ,e sera mediucre o SUFICIENTE porque e isso que este porto e,tanto que nem merece o meu esforco de o por em maisculas,e se assim nao for parabens aos adversarios porque se calhar foram melhores que nos , e aproveitaram as oportunidades melhor .FELICIDADES e que hoje te divirtas,SEM NUNCA ESQUECER PALAVRAS DO poeta FUTEBOL E A COISA MAIS IMPORTANTE DA VIDA, DAS COISAS QUE NA REALIDADE NAO TEM IMPORTANCIA PARA NADA

Deixar uma resposta