Curto rescaldo do II Encontro da Bluegosfera

Foi um bom dia. Longe do Dragão, é verdade, mas ainda assim foi um bom dia. Um dia em que conseguimos juntar mais umas dezenas de portistas que abdicaram de um sábado soalheiro onde podiam (até na própria cidade onde o evento se realizou) ter dado um saltinho até qualquer um dos bares perto das praias de Espinho e ficado a tarde a apanhar sol nas ventas, cerveja nas goelas e uma suave brisa nas têmporas. Continuamos a ser poucos para os portistas que tanto se queixam e tão pouco fazem para multiplicar a intensidade dessas mesmas queixas em fóruns exactamente como este, que a partir de uma certa massa crítica podem começar a fazer uma verdadeira diferença e a fazer com que o nosso clube possa crescer ainda mais e com uma ligação melhor e mais cimentada com os seus próprios adeptos.

Os painéis foram interessantes, com excelentes apresentações feitas por portistas com gosto de dizer que o são. As opiniões eram diversas, defendidas com garra e com argumentação bem vincada e bem alinhada por nove bons exemplos que a bluegosfera está viva e dinâmica. E é em eventos destes que podemos continuar a trabalhar para que o FC Porto seja cada vez maior e melhor, com o contributo dos seus adeptos. Sem glórias pessoais, demandas pelo networking social ou buscas incessantes pela demonização de ideias diferentes e pelo debate puro e bem disposto. Todos os intervenientes estiveram à altura, deram-me muito que pensar e alimentaram-me montanhas de ideias para escrever. Gostei de rever a malta que já no I Encontro tinham marcado presença, mostrando que a iniciativa tem pernas para continuar a andar e bem. E a comunidade vai-se formando assim, com membros de blogs consagrados (Nelson Carvalho, Nuno Nunes, João Crespo, Rodrigo Martins, Ricardo Costa, José Lima ou Fernando Costa) juntamente com elementos de blogs mais recentes (Catarina Pereira, Miguel Souto), todos com espírito crítico, a interagir com o público enquanto recebiam comentários aos seus próprios textos, às suas ideias e opiniões. Um muito obrigado a todos eles.

E deixo também um pedido de desculpas às pessoas que estiveram presentes e aos que tentaram estar lá de uma forma virtual. As dificuldades técnicas que tivemos fizeram com que a promessa de emitir o Encontro pela web não fosse um objectivo plenamente conseguido. E a frustração aumentava enquanto víamos perguntas a aparecer e o tempo a passar e percebíamos que seríamos incapazes de colocar as questões todas e de usar o tempo da melhor maneira. Somos amadores, não haja dúvidas acerca disso, mas fico lixado quando não consigo cumprir o que prometo. E esta falha em nada se reflecte na Biblioteca Municipal de Espinho nem nos membros da organização, que foram os mesmos gajos porreiros e sempre empenhados em fazer do evento um sucesso. São tudo lições para o futuro, para que estejamos todos mais preparados para ponderarmos melhor os imponderáveis que possam surgir.

Só para terminar, uma palavra para os outros organizadores. Sem as ideias do José Correia, o dinamismo do BlueBoy, o esforço do Nuno e o altruísmo do Pedro Blue, nada disto seria possível. Obrigado, malta, é um gosto trabalhar convosco. E acaba aqui a lamechice, vá lá, cada um para seu canto. E vamos falando, como sempre, quando não pessoalmente pelo menos através deste mundo estupendo que é a Bluegosfera.

14 comentários

  1. Parabéns pela excelente organização feita com muito trabalho paixão e portismo. Graças a isso pude estar presente virtualmente e desde o estrangeiro dar o meu (muito pequeno) contributo ao(s) debate(s).
    Pena não ter aparecido ninguém a representar o FCP de forma oficial se não me engano…
    Um muito obrigado e saudações portistas!

  2. Jorge
    Pela minha parte sou eu que devo agradecer. Foi um enorme prazer participar no Encontro.
    Se houvesse um painel “O QUE É UM VERDADEIRO PORTISTA?”, por certo vocês seriam o exemplo.
    Grande abraço para a organização e todos os participantes.

  3. foi tudo muito bom.
    e não estou a exagerar, sequer a “engraxar”.
    estiveram os que quiseram marcar presença, pelo que é normal que a realidade não tenha correspondido às expectativas criadas. pode ser que no terceiro… :D

    o meu único lamento vai para o gajo que escolheu um pólo de cor verde para marcar presença num encontro portista. uma visita ao oculista, é o que eu lhe recomendo :D

    abr@ço
    Miguel | Tomo II

  4. Abraços a todos os organizadores e intervenientes.

    Dos momentos em que pude acompanhar apreciei especialmente a intervenção do José Lima porque (1) foi das poucas que consegui acompanhar na totalidade e (2) porque explicou com simplicidade um tema bastante complexo com o qual os adeptos leigos como eu por vezes têm dificuldade em compreender.

    Para o ano cá estarei de novo do meu lado do ecrã do computador a enviar perguntas mais ou menos pertinentes para a discussão.

    Bem hajam!

  5. Que dia bem passado! Realizou-se hoje em @Espinho o II Encontro da Bluegosfera. Foi com enorme prazer que participamos neste debate/convivo.

    Em primeiro ligar, gostaríamos de parabenizar a organização (totalmente amadora) que conseguiu agilizar um evento magnifico – com transmissão livestream. É esta carolice que nos faz ficar mais perto da perfeição.

    Quem é que, num sabado solheiro, trocaria o dia de praia com amigos e família por um dia de tertúlia sobre o nosso magico Porto? Ora bem, ainda existe quem o faça – e falamos de dragões de todas as faixas etárias (jovens, casados, pais, avós). E que reconfortante é, verificar que os valores, história, passado, presente e futuro do nosso clube estão bem presentes nas prioridades e preocupações de todos nós.

    Deste evento sai uma certeza reforçada: enquanto houver adeptos como estes – que respiram Porto por todo o lado – o nosso clube está destinado a ser…para sempre…o número 1!

    Em nome dos GDI, o nosso muito obrigado!

    Nota: lamentamos a ausência de um representante oficial do FCP e do Porto Canal…

Deixar uma resposta