E o exemplar do "Noites Europeias" vai para…

Ricardo Moreira, que acertou nas três respostas com a perfeição de um livre do Gica Hagi, de um passe do Zidane ou de um remate do Van Basten. Sim, ainda estou em modo “europeu” e estarei pelo menos até amanhã, embrulhado num lirismo que é tão bom e tão ausente do nosso dia-a-dia. As respostas certas eram, para os mais distraídos:

Primeira:
Qual é a equipa fora dos Big-4 (Itália, Alemanha, Espanha, Inglaterra), actualmente a disputar uma prova europeia, contra quem o FC Porto tem 100% de derrotas e zero golos marcados em todos os quatro jogos a contar para as competições europeias disputados em casa dessa mesma equipa?
Resposta: RSC Anderlecht, uma das nossas bêtes noires europeias. Eis o nosso estupendo palmarés contra eles:

Segunda:
Quem foi o jogador a quem José Mourinho “roubou” a bola numa famosa eliminatória europeia disputada no Porto?
Resposta: Lucas Castromán, no eterno FC Porto vs Lázio de 2003, que terminou com a nossa vitória por quatro bolas a uma. Para se recordarem:


Mourinho_Castroman by stoitxkov

Terceira:
Em que infame posição foi Aloísio obrigado a jogar em Nou Camp por Sir Bobby Robson?
Resposta: Lateral esquerdo. Esta era evidente e só falhou quem não viu o jogo, aposto, porque quem viu tem de se lembrar de ver Stoichkov a passar com uma velocidade doida pelo desgraçado do Aloísio, incapaz de se adaptar à posição. Robson tinha as suas manias e errou algumas vezes, como todos, mas esta foi talvez das piores decisões que podia ter tomado enquanto esteve no Porto.

Obrigado pela participação, malta. Ao vencedor, parabéns pelas respostas e pela sorte de teres sido aleatoriamente seleccionado entre largas dezenas de respostas acertadas. Estou certo que vais gostar do livro!

2 comentários

  1. Ah, carago…falhei a última…só consegui apanhar um resumo manhoso do jogo na net. Nem conseguia distinguir bem os jogadores….e como me pareceu ver o Aloísio a trinco, se calhar numa derivação para o meio de quem ele estava a marcar, pimba, arrisquei….MAAAAAL!Azar…amanhã estamos juntos!FORÇA PORTO!

    Cumprimentos,

  2. Em 2000 marcamos um golo ao Anderlecht que o árbitro anulou, mal. Ficávamos a ganhar 1-0. Além disso, nessa jogada o nosso avançado, Maric, lesionou-se para o resto da época.
    Como se não bastasse, na 2ª mão, com o resultado em 0-0, nos minutos finais, o Hugo Almeida entra isolado na área, é ceifado por trás (com a bola já adiantada) e o árbitro não marca penalty.

Deixar uma resposta