A retórica não ajuda nada

“Fomos ineficazes no último terço e também houve mérito do Belenenses na forma como se defendeu. De realçar a entrega e a forma com os jogadores do Porto se entregaram e como pensaram o jogo num campo difícil para circular a bola.
(…)
Tivemos bons momentos de futebol, mas não conseguimos ser incisivos. O Belenenses acabou por conseguir marcar num lance que era evitável.
(…)
O contexto era dificil, nem sempre foi fácil circular a bola à largura do campo. O relvado não é desculpa, mas dificultou.
(…)
Pressionados? É como diz o Fernando, a equipa do FC Porto está sempre pressionada. Continuamos em primeiro lugar, mas claro que o resultado não era o que queríamos.
(…)
Zenit? O jogo poderá ser decisivo ou não, mas queremos encará-lo com ambição.”

Depois de um jogo daqueles, se fosse eu em frente às câmaras da SportTV, teria dito qualquer coisa como:

“Não jogamos um corno. Um corno, amigo, sabe o que é um corno? Foi o que jogámos. Continuo a não perceber o que é que andam a pôr no powerade do Varela ou lá a puta da mixórdia que ele bebe ao intervalo, porque o moço parece que arrasta uma bola daquelas dos presos atrás dele. E não percebo como é que o Nico falha tantos passes, como é que o Alex Sandro não pode com uma gata bébé pela cauda e porque caralho é que o Lucho faz tantas tabelinhas se os colegas não conseguem dominar a bola de primeira. Isso é outra coisa, também não sei porque é que o Licá controla bolas que vem pelo ar como um míssil e depois a cinco metros atrapalha-se como um virgem a meter um preservativo. Foi uma merda, foi o que foi. Uma valente merda, e vamos agora à Rússia ver se damos cabo do Hulk e dos outros óves todos e ai do cabrão que não corra como se o rendimento mínimo dependesse disso. Esperem para ver que eu vou só pedir ao Paulinho que traga as bolas e vamos ter treino no Dragão amanhã às sete da manhã!”

O que me está a chatear mesmo lá no fundo, para lá das inadaptações tácticas ou da quantidade épica de falhas no passe e na construção de jogo, é a retórica.

15 comentários

  1. Não é retórica, é defesa. Paulo Fonseca sabe que é óbvio para toda a gente que o seu primado não está a resultar. Que a actual versão do FCP é um frangalho, está patente em cada jogo. E se no caso de Josué e Licá tudo se pode justificar com falta de qualidade, ou inexperiência, já as borradas de outros como Otamendi, Lucho, e Mangala põem o treinador em cheque.

    Esta atitude, de achar que basta negar a realidade gritante com lata, já se viu em certo agricultor, que se equivocou na carreira e veio cá parar, de seu nome Octávio. E até a equipa tinha prestações semelhantes à actual, veja-se lá….

  2. Não fomos eficazes no último terço do terreno??? E nos outros dois terços??? Se fosse só isso ficava 0-1. É casoo para dizer que o “quarto” terço do terreno foi o pior (Paulo Fonseca, ou de quem for a culpa).

  3. Boas Jorge,pela primeira vez esta epoca assisti a um jogo completo do porto,e so nao foi uma perda total de tempo,pela entrega de os belnenses,MAS TAMBEM UMA ESCOLA DE TANTOS ANOS DE MAU FUTEBOL DA NISTO vao 8anos quase de chutos e caneladas mais pontapes,ainda bem que so vejo um jogo de( ano em ano)

  4. Jorge,

    Este gajo não é treinador para o Porto… Não sabe mexer na equipa… estive no estádio não havia uma unica alma portista dizer bem do Varela, ainda assim fez 90 minutos em campo…
    Depois este artista mexe muito tarde na equipa… e sempre nas mesmas alturas! aos 60 (15m da segunda parte) e depois muito tarde no jogo, 85?!? Só faz o que vem nos livros… para o Porto não chega..
    Nem vou falar da falta de fio de jogo que a equipa tem… enfim..
    Espero vir a enganar-me, mas infelizmente não tenho essa esperança…

    Abraço

  5. 100% de acordo Jorge

    Para além de toda a questão técnico-táctica que poderiamos estar aqui a analisar, se pelo menos ouvesse uma retórica decente, poderia ser que os jogadores acordassem para a vida… assim… só se começarmos o jogo a jogar com 10 sempre… arranja-se?

  6. Sabem o que me assusta mais? Essa retórica é a mesma do Prof. Jesualdo e do VP. lembram-se da derrota no Chipre em que o VP diz na flash que tínhamos jogado à Porto? Arrepia não?

  7. Não vi o jogo de sábado , logo não dei nem posso dar o meu bitaite mas ao ler os comentários aqui e noutros locais da bluegosfera penso que devo dar a minha opinião e quase toda ela vai em sentido contrário aos dos outros comentadores.

    1º – Penso sinceramente que temos um bom plantel , bem melhor em qualidade e quantidade que na época passada.

    2º – Quem era o James Rodriguez , o Tarik , o Palito o Guarin quando cá chegaram , ou até mesmo o Hulk vindo de uma divisão SECUNDA´RIA da LIGA JAPONESA e que teve dificuldades para se impor com Vilas Boas e só com VP explodiu, isto serve para lembrar aos dectratores de Josué , Licá e demais que esses jogadores estão a crescer e se forem bem guiados como me parece por PF poderão render muito mais no futuro tanto desportivamente como eventualmente financeiramente.

    Do 2º ao 3º ponto que é a planificação de um ciclo de evolução que está a ser feito e apesar disso estamos em 1º na liga e podemos ainda passar a 2ª fase da champions e os ciclos demoram tempo a dar frutos.

    4º – Alguns falam em jogadores maduros e eu pergunto há dinheiro para eles , haverá motivação desses jogadores para jogarem numa liga pequena e sem visibilidade internacional ou pensam que podem comprar o Ozil ou o Ribery .

    5º – Há que dar tempo ao tempo e perceber que não podemos ganhar todos os jogos sendo que a maioria (se não todas nos últimos anos) das não vitórias será sempre por nossa culpa e enquanto for assim eu não me chateio muito pois mostra que poderemos sempre fazer mais e melhor e não ficarmos com complexo de inferioridade perante ninguém.

    6º – Haverá certamente criticas a fazer pois ninguém é perfeito mas deviam fazer-se pela positiva e quando tal não for possível passarão sempre por incentivar quem poderá substituir alguém em baixo de forma de física ou mental e não denegrir gratuitamente seja quem fôr.

    7º- Como já li noutro blog assiste-se a uma certa benfiquisação (seja lá o que isso fôr) do Adepto Portista e isso está mal , MUITO MAL , os adeptos da agremiação de Carnide é que são os típicos oscilómetros , ora são os maiores ou rasgam os cartões de sócio (agora atiram com o comando ao gato !!!!!!!!!!!!!!!!!!) , Nós não , a nossa cultura de trabalho , de empenho e sacrifício não se compadece com estados de alma , eu ainda sou do tempo em ganhávamos campeonatos a jogar uma época inteira com um ponta de lança (ou sem ponta de lança) e a ganhar muitos jogos por 1-0.

    8º – O ano transacto a “malta” por esta altura já estava outra vez a fazer a folha ao VP e havia muito mais motivos de queixa ou no 1º ano dele em que havia MUITOS Mais e a SAD ( O nosso Presidente) na sua sabedoria contratou um Jogador e um Treinador Adjunto e fomos campeões.

    9º – Se estar em primeiro , ter a melhor defesa e melhor ataque não é suficiente para dar crédito em quem está a começar : equipe técnica e jogadores então francamente não sei o que será necessário.

    10º – Para não personalizar devo dizer em abono da verdade que o sector que mais me irrita neste momento é a defesa pois ainda não sinto confiança nas laterais (deve ser do dinheiro que lá foi empatado) e nos centrais pois falta ali um patrão que na minha opinião até está no banco mas é como digo temos de ser razoáveis e sobretudo mais objectivos (dentro do possível) nas análises que fazemos.

    1. Com todo o respeito, parei no paragrafo em que faz uma analogia entre o Hulk e o Lica e o Josue. Ate me saltaram os olhos! E o Hulk nao teve dificuldade nenhuma com o Villas-Boas, fez uma epoca excelente. Foi ao banco algumas vezes com o Jesualdo quando chegou ao Porto, dois anos antes do Villas-Boas.

      William, veja os jogos do Porto, sobretudo contra equipas merdosas, porque na Champions a motivacao esta nos pincaros e por isso esbate-se as carencias. Este plantel e’ dificiente nos extremos, exactamente por isso deviamos adoptar permanentetemente um esquema que so usasse um ou nenhum (4-4-2 losango). Mas concordo que tambem nao e’ tao mau como pintam. O problema maior e’ o treinador, ou a falta dele, que so tem conseguido fazer o futebol da equipa piorar, ficar cada vez mais amorfo, desorganizado, perdido em equivocos e numa imensidao de espaco entre jogadores que deviam actuar em bloco. E sim, ainda estamos na luta na Champions e em primeiro no campeonato. Parece-me e’ que, pela primeira vez na historia, ficaremos fora da luta pelos oitavos ja na quarta jornada da fase de grupos e que o actual primeiro lugar na Liga sera apenas temporario. Oxala esteja enganado!

Deixar uma resposta