Baías e Baronis – Sporting 0 vs 0 FC Porto

foto retirada do zerozero

Fomos melhores. Fomos muito melhores e merecíamos ter saído de Alvalade com todos os pontos no nosso saco. Faltou um bom naco de eficácia na linha da frente porque a equipa criou oportunidades suficientes para vencer o jogo com alguma facilidade. Se somarmos a isso o facto do adversário ter sido o Sporting, actual segundo classificado, podemos estar satisfeitos com a exibição e resultado. Não eufóricos, mas satisfeitos. Sigam as notas:

(+) A primeira parte. Já não me lembrava de ver um FC Porto assim. Há vários anos que não via o FC Porto a entrar num estádio difícil contra um dos adversários mais fortes no campeonato, de uma forma tão rija, voluntariosa e audaz, com vontade de vencer e de mostrar que estamos aqui para ganhar. Este FC Porto, que vence as segundas bolas, que aperta e sufoca o adversário na frente, que anima e arma o jogo de uma forma tão limpa e solidária, com centrais práticos e laterais subidos, com médios valentes e lutadores, extremos rápidos e desequilibradores e avançados empenhados. O Sporting não apareceu na área do FC Porto em condições durante toda a primeira parte e não foi por não ter talento ou qualidade para isso, mas pela nossa forma compacta de jogar que incapacitou o adversário na sua própria casa, na casa de um candidato ao título. Que orgulho por te ter de volta, FC Porto!

(+) Brahimi. Saiu exausto depois de ter levado a equipa ao colo mais uma vez, pela tremenda forma como serpenteou durante todo o jogo, desfazendo os rins a Piccini várias vezes, arrastando a equipa pela relva com dribles curtos e práticos, rodando quando era preciso rodar e passando na altura certa…enquanto teve pernas. Faltou apenas activar o modo “boost” para o remate e não conseguiu marcar um golo que passou o jogo a procurar.

(+) Liderança. É só isto:

(-) Ineficácia. O grande problema do jogo foi este. Para lá da presença tremenda de Rui Patrício (que podia bem merecer um Baía no jogo de hoje), os avançados do FC Porto nem sempre tomaram as piores decisões possíveis quando estavam perto da área ou mesmo dentro dela mas o resultado foi negativo em quase todas as acções. Desde o contra-ataque perfeito conduzido por Herrera para acabar num remate para as nuvens aos remates ao lado ou à figura de Aboubakar, passando pela fraca colocação dos remates de Brahimi ou por outras jogadas bem criadas mas mal concluídas, tudo foram pequanos gestos que fizeram com que não se conseguisse enfiar uma bolinha lá dentro. E foi pena.

(-) A quebra física. Compreendo que Sérgio tenha tentado manter o onze o máximo de tempo possível em campo mas acabou por não conseguir manter em ritmo elevado do início ao fim. Também era complicado retirar dois ou três rapazes do relvado ao mesmo tempo, já que Brahimi e Marega estavam cansados mas Aboubakar e também Herrera já deitavam a língua fora da boquinha a pedir para descansar um bocado. Sérgio apostou que ambas as equipas estiveram cansadas e acabou por exigir o suficiente aos seus jogadores para se manterem em campo com a força que tinham, mas não ajudou a manter o jogo ao mesmo nível numa altura em que a entrada de um ou outro jogadores poderia abanar a equipa e fazer com que a estratégia deixasse de funcionar. No fundo foi uma estratégia de baixo risco num jogo de alto risco. Não o censuro.


Primeiros pontos perdidos mas nenhum perdido para os rivais directos. Uma boa jornada, meus amigos, e que a pausa não traga lesões!

15 comentários

  1. Comentei com montoes de mensagens enviadas para o teu twitter… gostei do jogo, jogamos muito consistentemente e cheios de garra e qualidade. Faltaram so duas coisas a meu ver: mais profundidade no nosso jogo (houve alturas ate aos 30 min que so queriamos rematar de fora da area), e qualidade na finalizacao. Nao concordo contigo nisto das substituicoes, nao na analise, mas no resultado pratico. Viu-se que o Sergio aos 65/70 min disse para si mesmo que o empate era optimo, e assim foi. Nao tirou o Marega pelo Soares como eu tanto queria porque o homem ja nao estava capaz desde os 65′. Eu tinha ido em busca do 0-1, o Sporting nao estava capaz de aguentar mais velcidade. De resto o Maritimo deu uma ajuda. O Jonas e um jogador que abomino como pessoa, nota-se que consegue ser as vezes desprezivel; mas a sua qualidade de jogo e inegavel, que grande golo fez ontem. Nao fosse esse feito e acredito que o Benfica tinha perdido a partida, jogou pouqinho.

    1. sim, já vi que estiveste twitter-crazy mas eu nem olho para o telemóvel durante o jogo, way too nervous :) e sim, já vi muita gente a menosprezar o remate mas foi um belo dum golaço :)

  2. Que saudades de ver o Porto entrar no campo de um dos nossos inimigos de estimação e fazê-los sofrer. Na primeira parte os gatinhos nem sabiam onde se haviam de meter, corriam feito baratas tontas, sem saber para onde. Apenas pecamos na finalização.
    Na minha opinião acho que o Sérgio devia ter metido o Oliver em vez do Otávio e o Soares um pouco mais cedo. Digo isto sem qualquer crítica ao nosso timoneiro. Grande Sérgio Conceição.
    Só de pensar que já o poderíamos ter, quando saiu o Lopetegui e ele só não veio por causa do Ant€ro. Ao ver este Porto só me vem uma palavra à cabeça, ORGULHO

  3. Bom dia,

    Que grande primeira parte!
    Que grande quebra anímica na segunda! Engraçado que no Zporting se notou menos quando tiveram menos um dia de descanso.

    Honestamente faltou alguém enfiar a merda da bola na baliza ( e tivemos N oportunidades para tal ) e há que dizer que o xôr arbitro foi um tinhoso. O único amarelo que me lembro é do william carvalho, já o restante meio-campo do Sporting saiu impune. Do FCP ? Tudo amarelado. Pequenas coisas que causam mossa!

  4. Boas,

    Não posso de aqui deixar o meu comentário verde e branco :) num blog que vou seguindo com prazer (é sempre bom ver como o “outro lado” pensa e vê)!

    Bom jogo do FCPorto em que o Sporting tem muita sorte em ir para o intervalo empatado. Na segunda parte conseguimos equilibrar o jogo e durante 15/20m ter algum ascendente.

    Sérgio Conceição a fazer bom trabalho (defensivamente impecáveis) mas há algo que me custa ao ver o FCPorto jogar…..Oliver no banco e Marega a fazer 90m! Tenho a certeza que jogando Oliver em vez do Marega ou Sérgio Oliveira e não estaria a apenas 2 pts.
    Mas compreendo…..mais ou menos, empate em casa de um adversário directo e ainda líder.

    Do lado do Sporting, 2 semanas para descansar, empate com adversário directo, mantendo a distância de 2 pts. Nada perdido pois ainda estamos em Outubro e falta muito.

    Prevejo (e espero :P ) que o FCPorto quebre com a quantidade de jogos que irá fazer (claramente que irão pelo menos aos oitavos da Champions) pois o plantel parece-me curto e o modo de jogar é desgastante a longo prazo (concentração defensiva, pressão constante) e que isso nos poderá ser benéfico.

    Quanto ao comentário d’o_bastardo, escreveu mal Sporting! Compreendo que o Z esteja perto do S mas deveria ter atenção a esses pormenores. Ou também gostaria que eu escrevesse “fcporco” e “clube da fruta”?

    Continuação de bom trabalho!
    CTC

    1. o Sérgio está a conseguir potenciar os jogadores ao nível que tens visto. Marega titular, Herrera titular…raios, até Layun titular sem mácula! por agora, tudo bem :)

      um abraço e obrigado pelo desportivismo!
      Jorge

    2. Ehehe não leve a mal, mas a dicção do jesus deixa muito a desejar. Como treinador gosto muito dele, mas a falar português… e já espanhol com o minuto 88 (não é que que eu fizesse melhor figura com o meu “portunhol”) :)

      P.S – A par do FCP, o Sporting é a equipa com melhor futebol a nível nacional.

  5. Homem de palavra.
    Durante grande parte do tempo joguei a pensar na nota que me ia dar. :)
    Depois rebentei, um homem não é de ferro.

    1. Estava tudo a correr pelo melhor, carregavas a equipa às costas (salvo seja). Quando saíste, diz a minha mulher: “pronto sai o Dalaizinho e acaba-se o FCPorto”. Felizmente não aconteceu de todo.
      Boa sorte para o encontro com os Camarões. Espero que não chegues lesionado nem que nenhum Slimani lesione o Abou. ;))
      1 abç e viva o FCPorto.

      1. شكرا Lafoi e parabéns por escolheres uma mulher que aprecia grandes jogadores de futebol. :))

        Estou a gostar tanto de jogarmos finalmente para a frente, que nem vou representar o meu país, poupando este frágil toutiço.

        Está descansado. Nem os cotovelos do Slimani fazem mossa na muralha que é o Abou. :))
        Abç e sempre F.C.Porto.

Deixar uma resposta