Ouve lá ó Mister – Moreirense

Camarada Sérgio,

Here we go again! Isto de jogar quase de três em três dias durante umas semanas está a começar a pesar nas pernas dos jogadores e na mente dos adeptos e estamos a ficar mal habituados a isto. Especialmente se continuarmos a ganhar como temos vindo a fazer, porque as aspirações começam a concretizar-se em vontades que por sua vez resultam em possibilidades elevadas e depois ficamos todos à espera de ganhar coisas e..bem, isso já não estamos habituados por isso é mais complicado assumir uma proximidade intelectual com a vitória para um clube que anda afastado dela há anos. Todo este prélio para dizer: oupa lá ganhar uma coisa?

Hoje é um bom dia para continuares a preparar o gigantesco duelo azul/verde que aí vem nos próximos meses. Campeonato, Taça da Liga e potencialmente Taça de Portugal. Três competições em que vamos forçar o Sporting a abandonar. Não sei se nos podemos qualificar para outras finais mas tenho algum receio que possamos ser julgados em Genebra por violarmos os direitos humanos daquela malta. Mas é o que temos de fazer para sermos felizes e eu sei que hoje vais dar um bom passo para criar o setup certo para essa nossa felicidade a breve prazo, não é, Sérgio? Trata lá disso, fazes favor!

Sou quem sabes,
Jorge

2 comentários

  1. Caro JB, cá estou em mais um comentário ao seu/nosso “Ouve lá ó Mister”.
    Dificil seria dizer melhor. Eu não estou preocupado com os cansaços físicos. Estou é preocupado com os cansaços mentais (falta de discernimento). Qualquer merdinha irá pôr-nos jogadores importantes de fora e as restantes batalhas são como finais, ou seja, são para se ganhar. Para isso precisamos de todos com a cabeça bem no lugar. As trapaças e armadilhas rasteiras dos vermelhos de carnide, vulgo sacanas-sem-lei, vão ser muitas. Há que estar muito concentrados e atentos.
    1 abç e viva o FCPorto.
    Luís Oliveira

    1. é algo que me começa a chatear um bocado, essa condicionante mental que os rapazes parecem querer levar às costas sempre que entram em campo. não podemos jogar contra 14, caramba! as regras têm de ser as mesmas e eles têm de estar no relvado para fazerem o mesmo que os outros, sendo julgados da mesma forma. não é pedir muito, certo?…

      um abraço,
      Jorge

Deixar uma resposta