Ouve lá ó Mister – Portimonense

Camarada Sérgio,

Ontem no Cavani abordamos a tua possível abordagem a este jogo e os três chegámos à conclusão que não podemos ficar a brincar às taças. É preciso entrar com força, acabar com o jogo cedo e só depois descansar. A malta precisa de ritmo e estas paragens para jogos de selecções não trazem nada de bom, afastam os jogadores do contacto diário contigo e das piçadas que lhes vais dando nos treinos e isso não pode ser, até porque eu sei que tu gostas de ter a malta perto de ti e louvo isso. Pensa positivo, ao menos não houve mais lesões, certo? Não, não é certo, porque o Herrera veio tocado. Valente merda, heim? E olha que sou eu a dizer isto, eu que queria que o Herrera fosse embora no fim da época passada e no início desta!

Enfim, os tempos mudam e vamos todos esperar que a equipa regresse à competição em grande. Não mudes muito no onze e prepara-os para o que vai ser um ciclo tremendo de jogos. Vamos a isso, rapaz!

Sou quem sabes,
Jorge

Ouve lá ó Mister – Belenenses

Camarada Sérgio,

Longe vão os tempos em que o Belenenses me trazia alegrias, com a tradição da visita ao Pepe a fazer-se lá em baixo e a ser depois devolvida a cortesia com o próprio Belenenses a entrar em campo segurando a nossa bandeira. Não vi isso a acontecer no ano passado e fiquei lixado porque era uma daquelas cordas que me prendia a tempos idos, quando esta merda era mais simples, mais pura e bem mais decente. Hoje em dia só espero que estes gajos venham cá para jogar futebol e não para serem fantoches dos vizinhos lá de baixo, estes que abrem mais as pernas ao mestre que uma putéfia com sete pachachas.

Assim sendo, espero um jogo tramado. Ainda por cima com todas as condicionantes que temos, vai ser tramado. Imagino que seja nossa culpa o facto de termos aceite o calendário e as agendas televisivas e não me pareceu nada inocente termos optado por forçar o amarelo ao Danilo para limpar hoje, mas as lesões do Marega e o cansaço que aposto está a morder os músculos das pernas de meia equipa depois do jogo de quarta-feira são factores importantes. Agora pensa bem, porque vais ter duas semanas de paragem e a malta (alguma, pelo menos) pode descansar aí, mas não podemos arriscar perder pontos agora. Nem pensar nisso! Como disse no Cavani de ontem (se não ouviste, ainda vais bem a tempo de o apanhar aqui), apostava no Galeno a titular e não mudava muita coisa. Maxi a titular, AA e Herrera no meio, Brahimi e Hernâni nas alas. Acima de tudo é para jogar, ganhar e só depois descansar!

Sou quem sabes,
Jorge

Ouve lá ó Mister – RB Leipzig

Camarada Sérgio,

Há quem diga que este é o jogo do tudo ou nada. Também há quem diga que o Otávio ainda vai ser um homem fundamental na conquista do torneio internacional de engomadoria radical de Vilar de Andorinho mas eu tenho dúvidas tanto de uma como de outra afirmação, porque isto não decide nada. Em primeiro lugar porque não decide posições finais no grupo porque ainda ficam a faltar dois jogos para acabar esta fase. Depois, porque raramente aparecem jogos de tudo ou nada a uma quarta-feira em Novembro, muito menos num feriado. Por isso vamos lá libertar um bocado esta pressão que todos colocam em cima dos nossos ombros, especialmente depois de ontem termos perdido mais cinco pontos para os coeficientes europeus da malta e ficamos abaixo de…abaixo de todos, ao que parece.

A verdade é que vai ser um jogo bem tramado contra um grupo de moços que jogam muito bem à bola e que podem bem vir a ser os segundos adversários mais complicados que vamos enfrentar este ano, pelo menos até apanharmos o Manchester City nos oitavos. Estou convicto que vais escolher o melhor onze e que esse onze vai ter não um, não dois, mas três médios! Sim, Sérgio! Eu estou contigo, pá! Eu acho mesmo que vai ser desta que vais colocar o Óliver a jogar e o puto vai destrocar futebol como só ele sabe, rasgando defesas e rodopiando até ao infinito com a arte que tem e a capacidade de ver o jogo como poucos. É isso, nao é, Sérgio? Sérgio? Ah. Ok, então. Seja quem for que ponhas em campo, é para ganhar. O resto, isso dos nomes e tal, só interessa para um gajo mandar umas postas no café…

Sou quem sabes,
Jorge

Ouve lá ó Mister – Boavista

Camarada Sérgio,

Escrevo-te com as beiças mais caídas que o Mário Soares nos últimos anos, rapaz. Depois de uma semana em que andei a tentar pontapear uma gripe com a mesma facilidade com que o Galeno controla uma bola pela relva, acabo de tomar o terceiro comprimido do antibiótico a que tive de recorrer para mandar esta merda desta bactéria abaixo e ainda deve ter sobrado alguma coisa para o vírus, que se foi abatendo com um ou outro camião de benuron e brufen e coisas do género. E não estou em condições de ir ao Bessa e desfazer-me todo, arriscando ainda por cima contagiar metade do povo à minha volta.

É então com muita tristeza que te digo: não vou ao estádio do clube da rotunda.

Sendo assim, como não terás a tremenda vantagem de me teres ali à tua esquerda na bancada do topo norte, peço-te que dirijas todas as tuas energias e as energias dos teus moços para ganharmos o jogo. É essencial continuarmos a vencer e é especialmente essencial ganhares isto. Sabes tão bem como eu o tipo de derby que cá temos e o gozo que dá bater naquela malta, por isso ajuda a criar a aura de campeão que todos esperamos conseguir vislumbrar num futuro próximo e triunfa perante o mal de xadrez. Se não o fizeres por ti, que seja por mim, que estou doentinho! Viril e pujante à homem…mas doentinho.

Sou quem sabes,
Jorge

Ouve lá ó Mister – Leixões

Camarada Sérgio,

Buenos dias, compadre! Estamos todos bem dispostos e prontos para arrancar mais uma competição (já é a quarta que entramos este ano e espero não entrar em mais nenhuma!) nesta época que queremos que acabe em grande, pelo menos ao nível a que começámos. E para isso não há que desistir antecipadamente de qualquer uma dessas taças e ligas e coisas, porque já sabes que aqui se entra sempre para ganhar. Se conseguirmos agilizar as opções para dar jeito a todos e ires levando a proverbial auguinha ao moínho, so be it, desenrasca-te da melhor maneira que conseguires e limpa o que puderes. Mas nunca desistir antes de jogar! Jamé!

Se fosse a ti, dava uns minutinhos a três gajos que podem ser muito importantes. O Reyes, porque o Felipe aproxima-se da suspensão e precisamos de um substituto com ritmo; Óliver porque…man, porque é um gajo com um talento enorme e precisamos disso na equipa; e Galeno, para conseguirmos uma alternativa enquanto o Soares recupera da enésima lesão. A sério, um gajo tão grande que se parte tantas vezes seguidas, pá, vê lá isso! Vamos para cima deles! Leixões é sempre um clube a abater, quanto mais não seja pelo amor que nos tem. É rebentá-los já hoje!

Sou quem sabes,
Jorge