Sai um, entra outro…e sai mais um…

Depois da saída de Lucho e da chegada de Belluschi (a analisar amanhã), está concluído o negócio Lisandro:
A Futebol Clube do Porto – Futebol, SAD, nos termos do artigo 248º nº1 do Código
dos Valores Mobiliários, vem informar o mercado que chegou a um acordo de
princípio com o Olympique Lyonnais (Lyon) para a cedência, a título definitivo, dos
direitos de inscrição desportiva do jogador profissional de futebol Lisandro Lopez pelo
valor de 24 milhões de euros.

O montante global a receber por esta transferência poderá atingir os 28 milhões de
euros, dependendo da performance desportiva do clube que o atleta irá representar.

Mais se informa que a formalização final deste acordo está dependente da
celebração do contrato de trabalho do atleta com o Lyon, assim como da
conclusão dos exames clínicos a que se irá submeter, com o consentimento da
Futebol Clube do Porto – Futebol, SAD
A não ser que também tenha os dentes lixados, vai mesmo sair um dos melhores avançados dos últimos anos no futebol lusitano.
Boa sorte, rapaz! Que lhes dês tantas alegrias como nos deste a nós!

Baías e Baronis – Época 2008/09 – Rabiola


RABIOLA

Depois de uma época 2007/08 passada no estaleiro, acabou por ter poucas oportunidades para brilhar, jogando mais na Liga Intercalar do que na Sagres. Sempre que o vi a jogar pareceu-me bom, rápido e sempre com vontade de espetar a bola na parte de dentro das redes. Deverá ser emprestado para jogar com regularidade mas espero vê-lo de volta daqui a um ano.
VEREDICTO: BAÍA (até ver, só por ser campeão)

Baías e Baronis – Época 2008/09 – Ernesto Farías


ERNESTO FARÍAS

Apesar de ter bastantes detractores nas bancadas, que dizem que o tipo é lento, fraco e mau finalizador, os números mostram que tal não é verdade. 10 golos marcados em 20 jogos na Liga Sagres é um bom valor, especialmente na parte final da época, onde apareceu a marcar sempre que era colocado no onze inicial. Continuo a achar que precisamos de mais na zona ofensiva, mas a sua rentabilidade em frente à baliza convenceu-me que pode ficar pelo menos mais um ano no plantel. Afinal já tem 29 anos e se não é este ano que ele faz a diferença…não será nunca mais!!!
VEREDICTO: BAÍA

Baías e Baronis – Época 2008/09 – Tarik Sektioui


TARIK SEKTIOUI

Chamei-lhe o “bom mouro”, e nem era dos meus jogadores preferidos. É verdade que tinha só uma finta, que parecia desaparecer em campo durante grande parte do jogo, que estava sempre para lá do meio-campo e defendia pouco. Tudo isso é verdade, mas também é verdade que é um jogador com empenho, com garra, com boa técnica e que infelizmente teve lesões e Ramadões a mais para ser mais competitivo e para conseguir afirmar-se como titular depois de uma boa época 2007/08. Com a chegada do Cebola e o crescendo de forma de Mariano (ainda me custa dizer isto sem me rir), Tarik foi baixando na tabela de escolhas do treinador e raramente era seleccionado para os jogos. Escolhe sair do clube em fim de contrato, depois de mudar a ideia que os sócios tinham dele, um infeliz marroquino mono-finta para um viçoso muçulmano com música própria. Tarik Sektioui, lá lá lá lá lá de facto!
VEREDICTO: BAÍA