Campeões!


Já não sou um seguidor das modalidades do meu clube como já fui no passado. Ia ver jogos de Basquetebol ao Rosa Mota e Andebol ao Pavilhão Américo de Sá quanto era mais novo e até gostava, mas o futebol sempre foi o preferido. Ontem, no entanto, dei comigo a vibrar com a vitória do FC Porto no Andebol. Parabéns, Resende!

Link:

Álvaro Pereira? Qual, o do SLB?


Isto de acordar com estas notícias é dose. Está um gajo ainda cheio de sono e ouve logo na SIC Notícias: “O FC Porto contrata Álvaro Pereira, defesa esquerdo uruguaio que vinha a ser negociado para o Benfica” (cito de cabeça). Saio de casa, chego ao trabalho e confirmo a notícia no site d’O Jogo, apesar de o site oficial não fazer qualquer menção. Pelos valores que vejo (2 milhões por metade do passe), não me parece extraordinariamente caro, mas isto pode significar uma de três coisas: Benítez sai (aleluia, PdC seja louvado); Cissokho sai; O Uruguai é a nossa nova Argentina. Se a primeira não me tira o sono, aliás diria que me atira mais descansado para as terras de Morfeu, a segunda já me chateia um bocadinho, mas talvez a terceira seja a melhor hipótese.

Se a posição de defesa-esquerdo não abunda com grande qualidade em qualquer lado neste planeta da bola, a contratação de um novo quando o que cá está dá algumas garantias pode significar uma boa aposta para o futuro. Como sempre faço quando contratamos um moço novo, dou-lhe tempo…
Link:

Uma questão central


Acabada de confirmar a contratação de Maicon, o FC Porto tem actualmente no seu plantel a bonita soma de sete defesas centrais:

  • Bruno Alves, talvez o melhor central português do momento e um dos melhores centrais do mundo em termos físicos e em jogo aéreo;
  • Rolando, titularíssimo ao lado de Bruno Alves, em crescendo e maturação;
  • Pedro Emanuel, capitão de equipa e jogador mais antigo do plantel;
  • Milan Stepanov, a (pouco credível) alternativa de leste;
  • Nuno André Coelho, o jovem que regressa à base vindo de uma excelente temporada no Estrela da Amadora;
  • Bernardo Tengarrinha, mais um jovem que esteve no Estrela, fazendo uma temporada não muito vistosa;
  • Maicon, com 20 anos, com uma boa época no Nacional da Madeira e que chega por 1,1 milhões de Euros que compram metade do seu passe.
A estes poder-se-iam juntar mais alguns que temos emprestados, casos de Steven Vitória no Olhanense ou Bura ou João Paulo mas creio que não terão hipóteses de fazer parte do plantel 2009/10, por isso não faz muito sentido analisar esses casos remotos.
O que acontece neste momento? É preciso fazer algum dinheiro. Bruno Alves está na rampa para ser vendido, desejo admitido pelo próprio e que não censuro. Stepanov quer jogar e aqui não vai ter chances, Pedro Emanuel está a ficar com anos a mais para jogar a sério, e por isso a questão prende-se: teremos uma pequena revolução no sector? Saindo Bruno Alves e Stepanov, previsivelmente, ficaremos com cinco homens para 4 posições. Quem sai, quem fica? As próximas semanas o dirão…
PS: Ah, e as comparações de Maicon com Pepe já enjoam. OK, o rapaz é novo. Veio da Madeira, sim. É brasileiro, tá bem. Rapa o cabelo, pronto. É defesa central, concordo. Mas para além disso, vêem mais alguma parecença? Bem me parecia.
Link:

Baías e Baronis – FCP vs Paços

Ora vamos lá olhar para o jogo de ontem com olhos de astigmático…

BAÍAS
(+) A festa foi divertida, colorida e não houve confusões. É o que dá ter um clube grande e outro menos grande a disputar um troféu num dia de calor.
(+) O domínio do jogo pelo FC Porto foi evidente e não merece contestação. O golo chegou na altura certa e quase fazia lembrar o Barcelona vs Man Utd de semana passada.
(+) Ver Lisandro a jogar cansa. Foi o melhor em campo não só pelo golo marcado mas também pelo esforço habitual. Um dos melhores dragões de sempre em termos de espírito lutador e competitividade.
(+) Nuno mereceu o prémio e o troféu. Já faz quase parte da mobília e não me importo nada de o ver a terminar a carreira de azul e branco.
BARONIS
(-) Algum cansaço patente num ou noutro jogador (Fernando e Meireles, por exemplo), que é natural e expectável nesta altura da época
(-) Fucile não pode continuar a jogar como um louco a subir no terreno deixando espaço a mais na rectaguarda. O extremo (ou interior) direito terão de cobrir a zona. É triste quando é Lucho que a tal é obrigado mas infelizmente o talento por vezes tem de dar lugar a alguma rigidez táctica.
(-) Vem aí as férias e só temos bola daqui a um mês. Não é bonito, quero futebol. Do bom, não é o que o Queiroz vai pôr em campo no sábado.

Link:

E vão 14…


Simples, prático, eficaz. Sem grandes problemas, lá fomos buscar mais um caneco. Amanhã segue o penúltimo Baías e Baronis do ano, já que o último será a um nível diferente, mais uma questão de análise individual do plantel. Força Porto!

Link: