Os sósias dos Bs

Regresso à equipa B. Enquanto via o jogo no Domingo contra o Tondela, passavam-me pela cabeça diversos pensamentos. Será que o perú ainda está em condições para comer ao almoço? Quanto é que paguei para lavar o carro ontem de manhã? A que horas é que tenho de sair de casa para estar na Feira do Mirtilo a tempo de assistir ao seminário: “Míldio: o inimigo silencioso” ? Mas de todas estas, havia uma que me atravessava o córtex com mais insistência: “Quem é que este gajo me faz lembrar?”. E isto aconteceu com vários jogadores, por isso decidi juntar uma pequena lista daqueles que serão putativos dopplegangers dos nossos jogadores da B. Limito a selecção aos nossos antigos jogadores, para que o termo de comparação seja mais prático. Aqui vai:

Jogador da B Doppleganger ex-FCP Razões, absurdas ou não
Dellatorre Derlei Rápido, remate pronto, muito móvel e disposto a recuar no terreno para ajudar os colegas.
Fábio Martins Tarik Brincalhão, quase sempre a mesma finta, faz uma jogada brilhante e desaparece do jogo no minuto seguinte.
Tiago Ferreira Ricardo Carvalho É inteligente com a bola, não inventa lances impossíveis e é prático no corte mas consegue sair com a bola controlada. Perdoem-me a heresia, mas se o David Luiz alguma vez tivesse lutado pelas forças do bem, também podia ser parecido.
Stefanovic Kralj O jogo aéreo está ao nível do nosso ex-gigante sérvio. Espero que a miopia não seja idêntica. Espero estar muito enganado. MUITO enganado.
Victor Luiz Benítez Fraco no 1v1, excessivamente duro nas entradas ao adversário e com fraco posicionamento na cobertura da zona central
Mikel Peixe com a técnica do Vinha Rapaz…as intercepções são boas…mas tens de te focar na bola. SÓ na bola. E passa uma hora por dia a chutar bolas para uma parede. Vais ver que o teu controlo do esférico melhora.
Sérgio Oliveira Bino à velocidade de Bolatti Lento demais, com poucos passes de ruptura e uma incapacidade tremenda de vencer no 1v1 com adversários que pesem mais de 30 kg.

Se alguém se lembrar de mais algum, força.

Curtos B&Bs dos Bs

Ainda a recuperar dos iminentes sinais do Armagedão que foram lançados em Londres quando as Spice Girls entraram em palco e a acordar depois do espectáculo cromaticamente entediante (ou será entediantemente cromático?) que encerrou uma Olimpíada no outro extremo do aborrecimento da cerimónia de encerramento, deixo algumas palavras sobre o jogo dos Bs hoje de manhã em Tondela. Não foi mau. Também não foi bom. Nota-se uma ingenuidade imensa na abordagem a muitos lances, alguns nervos em demasia, pouca qualidade no passe curto (será esta a imagem de marca que se está a tentar criar no FC Porto? ter jogadores que desde cedo desaprendem a passar uma bola em condições?), incapacidade de gerir o jogo com confiança e autoridade e a noção que ainda há muito trabalho pela frente. Não creio que vá conseguir ver todos os jogos, por isso não haverá B&Bs depois de cada partida dos Bs. Os B&Bs, ironicamente, ficam para os As. Ainda assim quero tentar ver mais vezes os miúdos (e o Zé António) a jogar e vou dar um salto ao Jorge Sampaio para assistir a uma ou outra partida ao vivo, horário permita. Baías e Baronis, rapidinhos para não enjoar nem fazer juízos antecipados da juventude:

 

(+) Dellatorre, Sebá e Tiago Ferreira O ponta-de-lança pela mobilidade e pelos dois golos. Remate pronto, boa movimentação na área e fora dela. O extremo porque parece ter um ritmo diferente dos outros (com a bola, entenda-se) e sabe usar bem o corpo. O defesa porque se nota que é bom e que sabe o que faz. É bom e só pode ficar melhor.

 

(-) Victor Luiz, Sergio Oliveira e Stefanovic com os pés e pelo ar O defesa é fraco, coloca-se mal na cobertura ao centro, perde lances fáceis e parece não proteger a bola em posse. O médio porque sinceramente não estou a vê-lo a evoluir ao nível de poder integrar o plantel principal mas espero estar enganado. Stefanovic porque apesar de mostrar bons reflexos na baliza, assusta quando sai dos postes para interceptar cruzamentos e o jogo com os pés é medíocre. Ou então estava só nervoso, pode ser isso.