Dragão escondido – Nº32 (RESPOSTA)

O senhor na foto abaixo é, portanto…

dragao_escondido_32_who

…fácil de adivinhar, não? Rui Gil Soares de Barros, uma figura histórica do FC Porto que ultrapassou várias vezes na sua estatura moral o equivalente físico que nunca teria. E é também uma das mostras mais evidentes que um jogador de futebol não precisa de ser alto e forte, com ombros largos e capacidade física para saltar com torres adversárias e marcar golos de cabeça na área…porque o pequeno grande Rui Barros fê-lo por várias vezes do alto dos seus 159 centímetros!!! Um dos emigrantes de luxo do nosso futebol, saindo do FC Porto depois de uma única temporada em que venceu tudo que havia para vencer e seguiu para Turim onde passou duas boas temporadas antes de seguir para França onde esteve três épocas no Mónaco e outra no Marselha, antes de regressar ao FC Porto, onde terminou a carreira em 1999/2000, aos 35 anos. Lutador como poucos, foi uma das imagens de marca do clube durante a segunda metade dos anos 90 e um exemplo para todos que pensam: “nah, não vale a pena saltar para ganhar a bola”. Neste jogo luta contra um jogador do Tirsense, na 31ª jornada do Campeonato Nacional de 1995/1996. Outros tempos, sem dúvida.

Os palpites errados, numa das edições com mais tiros ao lado:

  • André - Tinha abandonado o FC Porto (e o futebol) no final da temporada anterior.
  • Bandeirinha - O eterno suplente esteve fora dos convocados num dos últimos jogos da última época que iria fazer pelo FC Porto.
  • Bino - Na penúltima temporada em que fez parte activa do plantel do FC Porto (esta e a próxima), foi mesmo titular neste jogo. Seria uma excelente hipótese!
  • Domingos - Foi o melhor marcador da equipa (e do campeonato) com 25 golos, mas não esteve presente neste jogo.
  • Drulovic - Titularíssimo na equipa principal, foi poupado para este jogo por motivos que francamente não me consigo recordar. Vamos assumir que com a meia-final da Taça quatro dias depois deste jogo, terá ficado a descansar…
  • Edmilson - Outro titular absoluto da equipa durante a época, jogou de início também neste jogo como em muitos outros.
  • Folha - Quase totalista no campeonato, teve papel activo nesta partida marcando o terceiro golo da equipa.
  • Jaime Magalhães - O grande médio direito tinha saído no final da época passada para o Leça, onde viria a terminar a sua carreira.
  • João Manuel Pinto - Não era habitual titular (Aloísio e Jorge Costa ocupavam posições de respeito…) mas foi-o neste jogo, onde até acabou por marcar o primeiro golo do FC Porto na partida.
  • João Pinto - O eterno capitão foi titular na partida contra o Tirsense, naquela que foi a sua penúltima temporada no FC Porto e quando já tinha perdido o estatuto de titular para Secretário.
  • Jorge Couto - Com apenas 17 jogos durante a temporada, foi suplente utilizado nesta partida, entrando aos 76 minutos para render…aham…Rui Barros.
  • Kostadinov - Tinha saído dois anos antes para o Deportivo da Coruña e nesta altura andava por terras bávaras com a camisola do Bayern München.
  • Lipcsei - Muito utilizado por Robson no início da época, foi perdendo lugar na equipa e deixou sequer de ser convocado a partir da 27ª jornada.
  • Paulinho Santos - Entrou para o lugar do lesionado Rui Jorge aos 24 minutos e levou um amarelo aos 59. Titularíssimo durante a época, também ficou no banco neste jogo para descansar…supõe-se…
  • Rui Filipe - Considerando que Rui Filipe tinha falecido em 1994…é que nem acho uma piada de mau gosto, apenas desconhecimento das datas…
  • Rui Jorge - Tendo em conta que tinha sido o dragão escondido da edição anterior…era pouco provável que fosse agora novamente, não acham!?
  • Timofte - Por esta altura, na época 1995/1996, andava pelo outro lado da cidade, no clube que tem nome de rotunda.
  • Wetl - A única temporada que o austríaco passou em Portugal (e fora do seu país, já agora) foi a seguinte, 1996/1997…

O vencedor foi o Adão, com um palpite 100% correcto às 9h25 da manhã! Parabéns, primeiro homem!

Dragão escondido – Nº32

Esta cara da Idade da Pedra, pertencente a Barney Rubble dos Flintstones, está a esconder que jogador portista?

A caixa de comentários aguarda os vossos palpites. Ou o Twitter. Ou via Facebook. Ou por pombo-correio com uma fita azul. Da forma que acharem mais adequada!

Dragão escondido – Nº31 (RESPOSTA)

Ora então vamos lá ver quem era o moço:

dragao_escondido_31_who

Rui Jorge Sousa Dias Macedo Oliveira, o actual seleccionador nacional dos sub-21 (20? 23? Who knows anymore…), foi titularíssimo como lateral-esquerdo na equipa do FC Porto durante várias temporadas, até que a contratação de Fernando Mendes veio trazer maior segurança, alguma loucura e uma extensa experiência ao flanco canhoto da defesa portista, pelo que Rui Jorge, à procura de um novo desafio (e, constou na época, “empurrado” por António Oliveira para fora do clube), acabou por sair para o Sporting, onde foi suficientemente feliz, sagrando-se campeão nacional por duas vezes, que somou aos cinco títulos nacionais conquistados no FC Porto. Era um lateral ofensivo, rijo a defender e com bons cruzamentos, aparecendo muitas vezes em zona de remate. Na memória fica um golaço marcado ao Werder Bremen em jogo para aquele épico jogo num não-menos-épico da Liga dos Campeões em 1993/1994, com um estupendo remate de primeira a fazer o 2-0 numa altura em que Tomislav Ivic ainda liderava o FC Porto. Para se lembrarem desse grande momento de Rui Jorge que se transformou num daquelas imagens icónicas do FC Porto dos anos 90 (onde a luz ia abaixo nas Antas…e eu que bem me lembro de lá estar em plena Superior Sul nesta mesma noite…):

A fotografia diz respeito a um jogo da época 1995/1996, a última de Sir Bobby Robson no banco. Entre as demasiadas tentativas ao lado (às vezes, amigos, Occam’s razor funciona na perfeição…)

  • André - O “velhinho” tinha abandonado o futebol no final da temporada anterior…
  • Domingos - Fazia parte do plantel e era titular absoluto. Era uma boa hipótese.
  • Drulovic - Quase igual ao que foi escrito em cima, com a agravante de ser esquerdino e como tal mais adaptável à imagem. Mas não era ele, como podem ver.
  • Fernando Mendes - Chegou ao FC Porto apenas em 1997/98.
  • Folha - Mais um esquerdino, estranhamente MAIS ALTO (1 cm, que conta como os outros) que Rui Jorge. O gesto do cruzamento “à distância” também lhe dava boas hipóteses para ser o dragão escondido de hoje…mas não era ele.
  • Jaime Magalhães - Campeão europeu em Viena, tinha saído do clube no final da época 1994/95, depois de QUINZE temporadas ao nosso serviço.
  • Jorge Couto - Participou apenas em 17 jogos naquela que foi a última temporada ao serviço do clube, decidindo juntar-se ao…blergh…Boavista.
  • Rui Barros - Muitas vezes titular, este não enganava pela altura…11 centímetros de diferença ainda se notam bem…
  • Secretário - Titular, na maioria das vezes como médio-direito, com João Pinto a jogar nas suas costas. Saudades, amigos, muitas saudades…
  • Vlk - Fez parte do plantel entre 1990/91 e 1992/93, por esta altura já tinha regressado ao FC Vitkovice, de onde saiu para ingressar no FC Porto.
  • Wetl - A única época que passou no FC Porto (e a única passada fora da Áustria), foi em 1996/1997, pelo que neste ano jogava ainda no Sturm Graz.

Pela primeira vez, creio, houve dois vencedores, porque tanto o Pedro Miguel Ribeiro aqui no blog, com uma resposta certeira às 9h13 da manhã, como o Nuno Moreira (https://twitter.com/nunofcmoreira) acertaram no Rui…com as reservas de darem hipóteses alternativas. O primeiro a acertar sem propôr outras hipóteses foi mesmo um anónimo, às 14h03…mas não conta por ser anónimo. Raios! Ganham os primeiros! Vá, sinto-me natalício!

Dragão escondido – Nº31

Ah, Popeye, quantas vezes me tentaste convencer a comer os “verdes”…e só tinhas sucesso quando o Sporting aparecia nas Antas. Já não era mau. E hoje, meu caro marinheiro ligeiramente homo-erótico, que jogador estás a esconder?

Força na caixa de comentários! E não vale andar a procurar a imagem na internet, todos o podem fazer e tira a pica à brincadeira toda…torna-se fácil demais, não acham? Batota não entra!

Dragão escondido – Nº30 (RESPOSTA)

A resposta está abaixo:

FC PORTO / FARENSE

Jorge Manuel Almeida Gomes de Andrade, actualmente comentador ocasional nas cada vez menos frequentes emissões de futebol da RTP (felizmente…pelas emissões, não tanto pelo Jorge), este meu caríssimo homónimo foi titular absoluto do FC Porto no virar do século (84 jogos em dois anos), numa equipa que infelizmente sofreu o desgaste pós-penta e acabou por se desfazer numa amálgama de jogadores soltos e pouca claridivência nas contratações até à chegada de Mourinho em Janeiro de 2002. Abandonou o futebol em 2008/2009 depois de várias lesões complicadas, mas foi uma figura querida dos adeptos e mostrou-o no recente jogo de despedida de Deco, no Dragão, onde se mostrou com uma forma física esférica de excelente nível. Parecia lento no arranque mas a passada larga era uma imagem de marca e a capacidade de intercepção em carrinho fazia dele um jogador que falhava pouco e transmitia segurança à defesa, então com nomes como Ibarra, Rubens Júnior ou Ricardo Silva. Mérito, muito mérito. Saiu do clube com “apenas” uma Taça de Portugal e uma Supertaça, nunca tendo sido campeão.

Esta fotografia diz respeito a um FC Porto vs Farense, a contar para a Liga 2001/2002, onde Deco marcou o primeiro golo e foi elevado em homenagem pelo nosso central. Entre as tentativas falhadas:

  • Clayton - Esteve presente no jogo e marcou o segundo golo da equipa. Talvez Jorge Andrade o tenha pegado ao colo, mas não tenho essa foto…
  • Costinha - Titularíssimo desde que chegou ao clube, também esteve neste jogo…mas a dimensão das coxas deveria ser indicativa do erro na tentativa de adivinhação…
  • Derlei - Só chegou ao clube na temporada seguinte, vindo do Leiria
  • Paredes - Fazia parte do plantel mas não esteve neste jogo, onde o meio-campo foi composto por Costinha, Söderstrom e Deco. Not bad.
  • Pena - Titular nesta partida e na altura melhor marcador da Liga em título, não marcou e por isso não foi erguido por Jorge Andrade. Toma, Renivaldo.

O vencedor teria sido o primeiro a apostar, caso não fosse anónimo, o que o exclui da grande corrida para a vitória! Assim sendo, @N3l1nh0, pelas 8h23, foi o primeiro com o tiro certeiro válido! Excelente, caro tuitadeiro!