Baías e Baronis – Época 2008/09 – Cissokho


CISSOKHO

Ora cá estamos. O homem que faz salivar o Lyon, o Bayern, o Tottenham, o Bunyodkor e o FC QuintosDoCarago, chegou humilde ao clube em Janeiro como uma solução interna para um problema perene na defesa do Porto: o lateral-esquerdo. Desde Nuno Valente que não tínhamos alguém decente para o lugar, adaptando jogador atrás de jogador para a posição. Depois de meia-época jeitosa no Setúbal foi contratado por 300 mil euros e chegou, viu e ainda está a perceber como é que venceu. É novo, inexperiente e tacticamente pouco astuto. No entanto, revela capacidades físicas imponentes, faz a linha toda e é, acima de tudo, um puto simpático. Não o vejo neste momento como um indiscutível nas 34 equipas que se dizem interessadas, mas no Porto é de certeza. Especialmente porque o mais directo competidor ano passado se chamava Benítez e…bem, vocês viram-no a jogar. De qualquer forma, com a contratação de Álvaro Pereira para o mesmo lugar por um valor 15 vezes superior, será expectável que o uruguaio seja 15 vezes melhor? Duvido. Ainda assim, o francês tem uma margem de progressão imensa e deve ser mantido pelo menos mais um ano.
VEREDICTO: BAÍA

1 comentário

Deixar uma resposta