Baías e Baronis – FCP vs Leixões

Ah…que saudades de ver o meu clube a jogar!!! Até a feijões dá gosto ver o azul e branco (ainda que com o equipamento do ano transacto) em campo! Enfim, um jogo de pré-época bem disputado com ritmo acima do esperado para esta altura. Vamos às notas!

BAÍAS
(+) Belluschi não é Lucho nem será. Já li noutros blogs que faz lembrar Roger e foi exactamente isso que me fez lembrar em campo (palavra!), mas com menos brincadeira e mais esforço. Gostei do primeiro esboço, ainda que fisicamente esteja pouco amadurecido.
(+) O ritmo de jogo na primeira meia-hora foi bastante elevado, com boas transições e a estratégia bem delimitada.
(+) Fernando está bem e recomenda-se. Joga simples e faz jogar, como no ano passado. A continuar assim temos nº6 para o futuro.
(+) Hulk é o ponto fulcral da estratégia de Jesualdo, nota-se perfeitamente a forma como a equipa joga. O rapaz continua a ser fisicamente imponente e quando as coisas lhe correm bem é imparável. Muito bem na assistência para Belluschi no primeiro golo.
(+) Mariano continua muito esforçado, é um exemplo que outros jogadores do plantel deveriam seguir. A bola nem sempre rola para onde quer e presumo que insista em jogar com sapatilhas de futsal porque passa a vida a escorregar, mas não desiste e recupera muitas bolas atrás da linha de meio-campo. Útil.
BARONIS
(-) Guarín é estranho. Perde demasiadas bolas por displicências infantis e depois faz passes magistrais a rasgar a defesa toda. É demasiado inconstante e não devia estar neste plantel.
(-) Benítez. Mesmo vendendo Cissokho ao Lyon (a acreditar nas histórias) não pode ser 2ª opção. Mesmo. Continua agressivo a mais quando não é preciso e sempre que apanha um gajo pela frente há duas escolhas: ou ceifa as pernas ou cai na finta. Não servia e continua a não servir.
(-) Nuno André Coelho estava muito nervoso e não pode ser levada a sério a experiência como lateral-direito. Pode vir a ser um bom jogador (lembro-me que o Ricardo Carvalho marcou um auto-golo no primeiro jogo nas Antas…) mas precisa de calma e paciência.
(-) O penalty é ridículo. Tomás Costa podia ter evitado lançar-se como Sapunaru sobre Postiga em Alvalade, mas não há falta.
(-) 1ª parte do Leixões. Se uma equipa num jogo de pré-época começa logo a defender como forma de treino…o que é que isso diz quanto à disposição para a época que vai começar?!

2 comentários

  1. o carvalho nao marcou um autogolo. O jogo foi contra o Salgueiros (salvo erro) e o Carvalho intercepta mal uma bola deixando o jogador do salgueiros sozinho em frente à baliza. OS adeptos gritaram o nome dele e ajudaram bastante nessa altura.

  2. fica a correcção que agradeço! e eu estava lá por isso a falha ainda é maior! deve ser da idade, peço desculpa pelo lapso :(

Deixar uma resposta