Das duas, uma.

Benfica pediu 2500 bilhetes para o Dragão.

Das duas uma:

  • Compram os bilhetes e não aparecem ao jogo, mostrando assim (inteligentemente) a sua indignação para com os gambuzinos que povoam as suas mentes;
  • Vão até ao Dragão e assistem à partida, mostrando que o gosto pela bola é mais importante que os distópicos apelos dos dirigentes;

De qualquer das maneiras é bom para nós. Então andam as claques um ano inteiro a ensaiar o “SLBSLBSLBSLBSLBFDPSLBFDPSLB!!!” para depois não dizerem nada no único jogo em que faz remotamente sentido cantar essa parvoíce. Era um desperdício.

PS: Eu bem tento não falar mal do Benfica mas continuam-me a dar razão para me contradizer. Porra.

2 comentários

  1. Ponto prévio: 1º comentário, pese já ser um leitor assíduo do blog. Por isso, um parabéns pelo formato e conteúdo, que se revela uma lufada de ar fresco na blogosfera portista, onde qualquer crítica ao universo azul e branco soa como uma traição. Gosto, sinceramente, da forma como o quotidiano dos Dragões é aqui discutido.

    Quanto ao resto, a 3 semanas do FCP-SLB continuam os fait-divers. Curiosamente, os habituais "fazedores" de opinião pública mantêm um silêncio intrigante quanto aos constantes remoques benfiquistas, deitando achas para uma fogueira que eles próprios atearam.

    Nem sequer me detenho nos comportamentos ridículos, ou no discurso bafiento de quem se acha um regenador do futebol tuga. Gostava, sinceramente, que do lado de cá a resposta fosse dada com elevação, em vez de descermos ao nível deles.

  2. obrigado, Paulo, é reconfortante saber que o pessoal gosta do que aqui lê, espero continuar a merecer a tua confiança :)

    quanto ao resto…enfim, as incoerências habituais…

Deixar uma resposta