Ainda há espaço para uma dupla de ataque?

Quando comecei a assistir a jogos do FC Porto ao vivo, com o meu cartão de sócio ainda fresquinho no inverno de 1991, lembro-me de ver a dupla de avançados que na altura jogava na frente: Kostadinov e Domingos. Eram dois atacantes que se complementavam, com o instinto do português a fazê-lo jogar mais perto da baliza a enquadrar-se na perfeição com o deambular nomádico do búlgaro a fazer arrastar os defesas e a criar espaços bem aproveitados pelo colega. Desde que D.Jardel, o Goleador, aterrou na Invicta, o sistema alterou-se pelas mãos de Oliveira e o esquema com dois avançados deu lugar ao tridente ofensivo, com dois extremos a alimentarem o único ponta-de-lança. Entretanto, apesar de muitas nuances tácticas que já vi apresentadas por treinadores do meu clube, desde os três defesas do Co até ao falso avançado-centro (Derlei) de Moutinho, passando pelos dois médios criativos (Deco e Zahovic) de Oliveira ou apenas um (Lucho) de Jesualdo, o único factor que se manteve constante foi a existência de um único homem de área na zona central. Jardel deu lugar a Pena, depois a McCarthy, Postiga, Derlei, Jankauskas, Fabiano, Adriano, Lisandro, Falcao e agora até ver será Kléber, por entre muitas tentativas falhadas, como Esnaider, Pizzi, Kaviedes, Romeu, Hugo Almeida, Sokota, Edgar ou Rentería, para não voltar aos tempos de Mogrovejo, Paulinho César ou…guess who…exactamente: Baroni.

Alguma vez voltaremos a ver regularmente uma dupla no ataque do FC Porto, numa altura em que a maioria das equipas por esse mundo fora parece querer privilegiar sistemas com um único avançado? Será que ainda há espaço para esse tipo de esquema táctico no futebol actual?

2 comentários

  1. (Derlei) de mourinho*
    há muito que penso que ha lugar para um 4 4 2 no FCP isto se esse 4 4 2 for efectivamente ofensivo não para dissimular um 4 2 3 1 … se temos jogadores para isso? eu acho que sim… vejamos o meio campo assim sem pensar muito … sousa( no vértice defensivo) moutinho guarin beluchi/james(no vertice ofensivo), no ataque temos hulk e varela/iturbe/cristian rodriguez .. sendo que não alinhava com kleber de inicio e se a situaçao assim o exigisse entrava para forçar ainda mais a defensiva adversaria…
    Mas este sistema pressupõe muita rotina quer na frente de ataque quer entre os medios/”ala”, com rotinas completamente diferentes das que existem actualmente, não creio que o Vítor irá mudar esta época… pelo que então necessitamos mais um PL…

Deixar uma resposta