Quaresma em discussão (permanente e interessante) no Lateral Esquerdo

29 de Março – Nunca perceberás, Ricardo…
30 de Março – Lá continua Quaresma…
1 de Abril – Ele é de facto capaz de fazer o que fazem os melhores do mundo
4 de Abril – O mito do maior talento em Portugal

Aprecio a grande maioria das análises e partilho de algumas da opiniões, mas dá-me sempre a sensação que o pessoal do Lateral Esquerdo seriam os melhores treinadores teóricos do Mundo mas provavelmente não conseguiriam fazer uma gestão de recursos humanos adequada ao futebol actual, muito menos ao novo-riquismo tuga. Ainda assim, caros leitores, sob o ponto de vista puramente técnico, partilham da opinião sobre o Quaresma?

28 comentários

  1. Por acaso também li o último material colocado em tal blog , analisando em vídeo algumas jogadas do Quaresma com o Sevilha. Não tinha ficado com a impressão que tivesse feito um jogo com tantas falhas como as evidenciadas na referida análise que, apesar de pertinente, não esconde um ódiozinho de estimação ao Quaresma.

    O Quaresma trouxe incerteza ao nosso último terço, uma lacuna enorme desde o início da época. O lateral contrário, para o bem e para o mal, nunca sabe o que é que vem dali. Ninguém sabe, nem o próprio. Acho que não se pode pedir a um jogador que arrisque e que crie desequilíbrios e depois acusá-lo de ser egoísta por o fazer.. Além disso, está muito mais trabalhador e equilibrado defensivamente. Quando as coisas lhe correm bem, carrega a equipa às costas e ganha-nos o jogo, ainda que os restantes companheiros estejam amorfos. Se as coisas lhe saem mal, é “só” uma assistência para golo que consegue fazer… Ainda assim, claro que pode e deve trabalhar e melhorar aspectos do seu jogo. E sim, acredito que aos 30 anos ainda vai a tempo de melhorar.

    Cumprimentos,

  2. Sim, os gajos do Lateral Esquerdo têm uma espécie de ódio de estimação pelo Quaresma. Mas eu concordo com o que eles dizem. É a verdade indiscutível. Já dizia antes de ele vir para o Porto que achava que ele não ia ser a solução para nada. Muita gente estava esquecida de que da última vez que o Quaresma esteve no Porto era tantas vezes assobiado. E agora já está a começar a ser o mesmo. Pode enganar alguns com uns golos ou jogadas bonitas, mas no geral a produtividade dele é péssima. Basta ver os números do ataque do Porto antes e depois de Quaresma.

    O que me preocupa mais no meio do que se tem passado com o Porto são as péssimas contratações que o Porto tem feito. Gosto muito dele mas, quase 20 milhões por Danilo? Gosto de um Porto que desencantava Bosingwas e Paulos Ferreiras por meia dúzia de tostões. Tudo bem que não pode ser sempre assim, mas passar disto para gastar tantos milhões num lateral? E depois, numa época em que se faz 70 milhões com Moutinho e James, e ainda se está a tentar colmatar a saída de Hulk, vai-se buscar o Licá, o Josué e o Ricardo? Enfim… Pode ser que (é provavel que) para o ano isto mude, mas continuo a achar que é uma época perdida do Porto por culpa própria. E não deixo de perguntar o que se passa com esta péssima gestão de dinheiro, compra e vendas de jogadores. Há os que dizem “enquanto o Porto continuar a vencer não estou preocupado com quem mete dinheiro ao bolso”, mas eu penso ” se o Porto é bom assim, podia ser muito melhor”.

  3. De forma nenhuma!
    Quaresma resolve e trabalha para a equipa, vai atrás, vai ao meio campo, cruza com o objectivo do ponta de lança metê-la lá dentro.
    Cola a bola ao pé, é individualista e tenta muito remate? Sim, mas sem isso não teríamos os golos magníficos que arranca!
    Fiquei com dúvidas quanto à sua forma física quando o vi regressar e estou maravilhado: como pode um tipo com 30 anos depois de uma longa lesão e estando em campeonatos menos vistosos regressar com tamanha disponibilidade física, técnica e mental?
    Tenho pena que o Lucho, segundo se diz, por incompatibilidade com PF, não esteja com Quaresma nesta altura…

  4. Completamente em desacordo com a quantidade de barbaridades que ali se diz… Quaresma é Quaresma e o estilo de jogo é aquele.

    É um jogador técnicamente brilhante, que está muito mais ciente do que é o apoio defensivo do ala ao lateral e que cumpre essa tarefa com desgas-te.

    Sim, Quaresma também é indivudualista e perde muitas bolas que poderia fazer jogadas de toque simples, mas toque simples para quê? Para a bola ir parar ao Helton ou Fabiano?

    Depois, a equipa, que eu saiba, tem duas alas e mais 9 jogadores de campo, portanto o que Quaresma oferece é exactamente o certo para a podição que se encontra, e é insegurança para os adversários.

    Se Quaresma, num jogo, fizer um remate com frande possibilidade de Golo e 2 assistencias mortais e perder no entratanto 15 bolas em fintas, estão-me a dizer que ele não fez o seu trabalho nesse jogo?

    Que eu saiba o futebol faz-se de golos e quem marcar mais 1 que o seu adversário ganha.

    A única coisa que é necessário é que se entenda Quaresma, e que o treinador entenda tácticamente Quaresma e como há-de lidar com a perda de bola.

    Depois vem com aquela da estatística… portanto ali a culpa AFINAL não é de PF… a culpa é TODA do Quaresma! Fantástico! O pessoal do Lateral Esquerdo já para treinador!

  5. Se eu escolher um alvo, digamos o cr7, conseguirei, com calma e a capacidade de argumentação certa, fazer o mesmíssimo trabalhinho que estes supostos especialistas fazem com o Quaresma. É fácil desmascara-los, basta lê-los. Quem jogaria no lugar do Quaresma? Qualquer juvenil do FCP, responde o lateral esquerdo! I rest my case…

  6. Eles não têm ódio nenhum. Pelo contrário, eles estão a fazer uma análise isenta e muitos portistas é que estão com “óculos azuis” a toldar-lhes a visão.
    Quaresma não é jogador de futebol e contra o Sevilha isso ficou evidente. Mas para os portistas só ficará evidente quando para o ano voltarmos a ficar a 20 pontos do 1º lugar.
    Quem vir aquele vídeo e tiver opinião diferente ou é fanático ou é cego, desculpem mas são as duas únicas hipóteses.

    E quanto aos teóricos, alguns dos autores do LE são treinadores de clubes muito, mas muito importantes do nosso futebol. São das camadas jovens mas sabem muitíssimo e chegaram lá à custa do que sabem e não de cunhas. Têm 30 e poucos anos e já chegaram a esse patamar sem terem sido jogadores famosos ou sem terem empresários a ajudá-los.

    1. E’ preciso muito fanatismo para fazer esse comentario. O Quaresma e’ o responsavel de estarmos em terceiro no campeonato? Estariamos melhor sem ele? Ele nao foi campeao 3 dos 4 anos em que tinha estado no Porto? Eu sei que a concorrencia era mediocre, mas este Porto tambem o e’ e e’ muito bonito pensar-se em jogo colectivo quando todos os jogadores sao optimos, quando nao sao a musica e’ outra.

      Acredito que os gajos do Lateral Esquerdo sejam gente sabedora, mas isso nao invalida o comentario do Jorge. Lidar com miudos ou com jogadores que nao sao estrelas e’ muito diferente de lidar com egos inchados e jogadores que nao jogam da forma formatada.

      Por regra, tenho pouca paciencia para o discurso tecnico-tactico-intelectualoide de quem complica e esta agarrado a normas vigentes. Ha outras forma de chegar ao sucesso. Que vejam tambem as arbitragens dos jogos em que o Quaresma ja estava no Porto, os erros cometidos por outros jogadores, erros na organizacao da equipa, etc. O Quaresma e’ optimo algumas vezes e pessimo varias vezes. Ha outros que quase nunca sao optimos (ou decisivos), mas tambem nao sao pessimos. Com isso, nao arriscam, nao criam. Ele cria e num campeonato pouco exigente e com colegas que nao sao estrelas como os do Chelsea ou Inter, parece-me normal que ele tenha margem para desequilibrar, coisa que poucos dos outros conseguem.

  7. Claro odio, como odiavam o Hulk. Para os religiosos de Guardiola é inconcebivel haver outro tipo de jogadores que nao aqueles que procuram sempre a melhor soluçao colectiva. Tudo o que foge do padrao, é rejeitado.

    Se eu ate concordo que o Quaresma pelas falhas que tem, nunca poderá vingar num grande Europeu, no nivel do nosso campeonato, obviamente que é uma mais-valia.

    Imaginem todos esses lances do Quaresma. Ok, ele tem 20 vezes a bola na linha. Das 20, toma uma maioria de más decisoes colectivas. Ainda assim, cria, digamos em media, directamente umas 3 oportunidades de golo e um golo por jogo, com a sua qualidade individual.

    Mas quem é que garante a estes rapazes que dessas 20 ocasioes, se ele procurasse directamente soluçoes interiores, teriamos 3 oportunidades de golo dai decorrentes ou um golo? (falo so, qdo a bola esta no ultimo terço). Tudo isso é muito relativo. Sim, nao o poderiamos acusar de má decisao, mas a bola andaria ali pelo centro(com todos a tomarem lindas decisoes)até ser interceptada, ou até acabar com um passe para fora ou com uma deficiente recepçao, sem que ninguem pudesse ser acusado de ter tomado uma má decisão, na grande maioria dessas 20 posses de bola! Nao tivemos o exemplo disso, antes da chegada do cigano?

    Agora imaginem Quaresma num clube de topo europeu. Aí, penso que será justo dizer, que das 20 vezes, se ele decidisse maioritariamente uma soluçao colectiva, haveria maior probabilidade de se criarem mais oportunidades, com a maior valia dos companheiros.

    Habituámo-nos a ver futebol de uma maneira demasiado formatada. Quem foge do padrão é condenado. Exemplo: se alguem decide ter bola mais de 5 a 10 segundos no pé, ouve-se um burburinho, quando isso nao faz tanta diferença assim. Se o mesmo jogador, tocar a bola para o lado e receber de novo no mesmo local, com o adversario posicionado exatamente como estava, ja tudo parece natural. Resumindo: há mil e um caminhos para o sucesso. Os rapazes do LE, o Entredez e mais uns quantos, são acerrimos fanaticos de Guardiola. Nada mais natural que Quaresma seja atacado, porque representa tudo aquilo que eles condenam. Significa isso que o resto do pessoal nao pesca nada, nem treinadores, nem jogadores, nem comentadores que continuam a ver Quaresma como um jogador com qualidades e defeitos, mas que pode acrescentrar algo ao FCP? Nao, obviamente que nao…

  8. Isto é tao cansativo…

    Agora é o Quaresma, antes era o Fonseca, o próximo sei lá quem vai ser. Este é o ano de dissecar ao seu extremo a equipa do Porto. Mais um post, aliás ao todo o Lateral Esquerdo já escreveu quase uma Biblía, sobre o Quaresma. Nao o querem, nem pintado no Porto, na Selecao, na imprensa em qualquer lado em que o tenham de o ver.

    Quaresma e o que sempre foi, talvez um pouco mais maduro, a experiencia tem que lhe valer de algo digo eu. Vai decidindo alguns jogos e, mais que isso, trouxe um querer ao plantel que nao existia desde o principio da época. Agora porem-se a criar avaliacoes técnico-intelectualoides do Quaresma no pior Porto dos últimos 10 anos é um exercicio despromovido de qualquer sentido. Como se pode avaliar o desempenho de um jogador num contexto global quando o contexto em que este se encontra actualmente é terrível?

    E sim vamos branquear a situacao colocando estatisticas de que o Porto perdeu mais jogos desde que o Quaresma chegou do que antes. Aparte da intervencao divina dos árbitros em pelo menos 2 destes jogos, quantos destes jogos é que o Porto perdeu por accao directa de Quaresma.

    É mais do mesmo, dantes era o Moutinho que só fazia passes laterais e para trás, etc, etc, etc. Se o Lateral Esquerdo tem ou nao uma teima com o Quaresma nao sei, talvez roubou-lhes a bicicleta talvez lhes tenha roubado 3 pontos, agora nao dou importancia a quem trata os factos através de uma visao distorcida.

  9. Concordo com as críticas que são feitas quanto à sua visão de jogo. Ele podia e devia de vez em quando fazer um passe quando o colega está em melhor posição. Há jogadas que enervam qualquer treinador, quanto mais o adepto.

    No entanto não concordo com a crítica do, só acerta porque tenta e tenta e tenta.

    Recordo que um dos melhores jogadores, se não mesmo o melhor, que passou pelo nosso campeonato nos últimos anos, de seu nome Hulk, fartava-se de perder bolas. Era sempre, SEMPRE, SEMPRE, SEMPRE o jogador com mais perdas de bola, seja no campeonato português, seja nas competições europeias. No entanto não deixava de ser um jogador absolutamente decisivo e letal no ataque, com as suas arrancadas e remates bomba.

    Recordo-me de mesmo depois de já ter dado muito ao FC Porto, ser assobiado por não dar uma para caixa. Por o jogo passar quase todo por ele e ele falhar uma, duas, dez, vinte vezes. E lembro-me de vários jogos onde ele foi assobiado e no final do jogo fez um ou dois jogos, dando a vitória à equipa.

    É certo que o Hulk evoluiu muito, passou a jogar mais para a equipa. Mas isso não significa que tenha parado de tentar. O futebol é feito de tentativas. Nenhum extremo tem 100%, nem 50%, se calhar nem 20% de eficácia. A diferença é que aprendeu a procurar os colegas. Não deixou de fazer arrancadas, simplesmente aprendeu que no final desta pode procurar um colega para fazer o golo. Não parou de tentar de rematar de longe, aprendeu a saber quando e como fazê-lo de forma mais eficaz.

    Por isso, sim, o Quaresma precisa de melhorar a sua visão de jogo, mas não lhe peçam para parar de tentar. É como pedir a um ponta-de-lança para não rematar.

    1. Correcção:
      E lembro-me de vários jogos onde ele foi assobiado e no final do jogo fez um ou dois GOLOS, dando a vitória à equipa.

  10. Quaresma é na execução, muito superior aos que o rodeiam no FCP. Isto faz toda a diferença, no que toca a avaliaçoes sobre ele. Todos nós sabemos que numa empresa, para alcançar o sucesso, a partilha é muito importante, a divisao de tarefas é essencial. Mas agora, pensem numa empresa onde a inovação é fundamental e que há lá um funcionario com um QI de 160 e com grande criatividade, rodeado de gajos com QI de 100(normal). O chefe decide delegar neste funcionario a maioria das tarefas criativas e que exijam grande capacidade mental. Ele até é um gajo que gosta de assumir as responsabilidades, mas com poucas “social skills”. Os conflitos poderão acontecer. No entanto os resultados, serão sempre melhores, com este funcionario a assumir! Tiras esse funcionario e um bando de mediocres em conjunto, serao sempre piores que um só genio no acto de criar!

    Se fosse uma empresa de carregar moveis ou de demolição pouco importaria, mas nao é. Exige-se tambem CRIAR.

    Agora colocas o mesmo funcionario numa empresa onde está rodeado de gajos com um QI semelhante ao dele, uma empresa que conseguiu aglutinar os melhores génios do planeta(o QI é so um exemplo, nao quero aqui discutir a validade desses testes…). Todos percebem que uma sessao de brainstorming se torna muito produtiva. Mas este génio nao entende e refuta qualquer actividade associativa. Tao dotado num campo, tao mentecapto noutro.

    O Quaresma é o génio solitário. Só funciona e só é util, se for muito superior aos que o rodeiam na mesma equipa. E num tempo de palavras bonitas e ideias de igualdade, custa perceber que ainda há gente muito mais dotada que merece tratamento diferente. Se bem enquadrados, acrescentam mais valia. Em Portugal, isso ja funcionou com Quaresma primeiro, com Hulk depois. Mas alguem duvida que o nosso Porto seria menos forte, de 2006-2012, sem a presença destes dois? Ah sim, os tonhós do lateral esquerdo…

    Por outro lado, numa empresa Real Madrid, Barcelona, City, Chelsea, etc, Quaresma pouco acrescentaria, como tentei explicar com o meu exemplo. É por isso que nunca poderia ter sucesso ao lado de iguais…

  11. mas olhem que um deles já trabalhou com o Villas Boas e já foi campeão nacional… n são apenas teóricos como a malta diz

  12. mas olhem que um deles já trabalhou com o Villas Boas e já foi campeão nacional… é malta que está ou esteve no terreno

  13. Só 2 pontos sobre isto, para pensarmos:

    a) Se o ponto forte é a jogada individual, por que é que ele deveria jogar doutro modo? Para ser banal?

    b) Nós temos o Quaresma. Outros não.

  14. Bem, não sei quem é “o” lateral-esquerdo, mas é um caceteiro de primeira, na linha do Maxi Pereira…
    É natural que algumas coisas que lá estão escritas, sejam verdade, e também gostava que o Quaresma no momento das decisões, soubesse fazer melhor.
    Por outro lado ele é o nosso elemento criativo, que desiquilibra e cria espaços e oportunidades. Longe de o querer fora da equipa, ele chegou num momento delicado e tem demonstrado empenho e portismo
    Quantas vezes o Hulk falhou? O James? O Varela? O Cebola?
    Penso que ele fica para o próximo ano e será um dos capitães

  15. O melhor comentário:

    “Nós temos o Quaresma.Outros não.”
    Simples como jogava o Baresi.

    Tem jogos que valem por um único cruzamento de letra que vai direitinho à cabeça do Mangala!…

  16. 14 jogos uma derrota sem Quaresma.
    10 jogos, 5 derrotas com.

    Ele é melhor jogador que o companheiro que fazia a posição,mas a equipa está pior.
    Será que Jackson quando está na área sabe o que Quaresma vai fazer com a bola?
    Não me parece.
    E não, ele não vai aprender aos 30 anos.

  17. Os números de derrotas e vitórias com ou sem não significam nada. Que eu saiba um jogador não é o único factor, entre muitos, a contribuir para isso. Nem vou entrar por aí. O Jackson está muito mais em jogo desde que o Quaresma chegou. Não é o mesmo zombie que andava em campo. E se achas que um jogador aos 30 anos não aprende, não mereces usar o nick que usas, símbolo de um clube que é totalmente antagónico à tua linha de pensamento.

    Cumprimentos,

    1. “E se achas que um jogador aos 30 anos não aprende, não mereces usar o nick que usas, símbolo de um clube que é totalmente antagónico à tua linha de pensamento.”

      que estupenda frase!

      @Baresi: esta fez-me rir, pá, foi muito bem apanhada ;)

  18. “De forma nenhuma!
    Quaresma resolve e trabalha para a equipa, vai atrás, vai ao meio campo, cruza com o objectivo do ponta de lança metê-la lá dentro.
    Cola a bola ao pé, é individualista e tenta muito remate? Sim, mas sem isso não teríamos os golos magníficos que arranca!” — Lois

    I quote. É exatamente isto que penso.

  19. Podem tentar proteger o rapaz, mas é indismetivel que nos jogos em que o adversario nao é um Napoles ou um Sevilla, o jogo do Porto emperra com o Quaresma.

    Ontem foi por demais evidente. Primeira parte sem Quaresma com um jogo fluido e objectivo: 3-0
    Segunda parte, depois de Quaresma entrar nunca mais houve fio de jogo. Apenas bola no Quaresma e ele que inventasse qualquer coisa, resultado da segunda parte: 0-1

    Tirem as vossas conclusões que eu já tirei as minhas.

Responder a VSilva Cancelar resposta