Baías e Baronis – Setúbal 0 vs 5 FC Porto

foto retirada do zerozero

Acredito que o Setúbal seja uma das piores, senão mesmo a pior equipa da Liga. Mas também acredito que os rapazes estivessem mais ou menos cansados depois de jogar na quarta-feira e que jogar com estas condições climatéricas é o equivalente a tentar subir os Clérigos com o Walter às costas. Ou seja, o jogo podia ter sido complicado se não houvesse sentido prático, vontade de limpar isto rapidamente e pouca disposição para brincadeiras. Houve a primeira em boa dose, a segunda também e até deu tempo para alguma parvoíce a meio-campo. Ah, e o Marega picou a bola por cima do guarda-redes a vinte metros da baliza. No biggie. Notas abaixo:

(+) Aboubakar. Três golos (mais uma vez, não é um hat-trick quando não são consecutivos, malta…eu sei que soa bem, mas não está certo) e mais uma assistência, numa exibição cheia de força, inteligência posicional e eficácia, mostrando que está em grande nos últimos tempos e a equipa só tem a ganhar com isso. .

(+) Marega. Lukaku fez um jogo horrível no derby de hoje contra o City, onde assistiu o adversário com dois golos. E Lukaku é uma espécie de anti-Marega a nível técnico, podendo ser quase gémeo dele a nível físico. Já Marega esteve em grande, com uma assistência depois de um trabalho onde enganou a defesa toda do Setúbal com duas simulações consecutivas (deliberadas, hã?!) e dois golos, o segundo dos quais a surgir depois de um passe lindo de Aboubakar e onde Marega picou a bola por cima do guarda-redes com uma tranquilidade quase olímpica. E eu continuo a não perceber como é que esta cisterna em formato maliano consegue jogar tanto parecendo que joga tão pouco…

(+) No bullshit. Sem brincadeiras, a equipa colocou a vitória acima de tudo e preocupou-se sempre em manter a posse de bola apenas até ao nível que era necessário para encontrar um bom espaço para onde a colocar, como presumo sejam as indicações do treinador. E até aí, maravilhoso, pela forma prática com que encarou o jogo, a facilidade com que criou situações de perigo e como aproveitou as oportunidades que teve.

(-) Video-árbitro. Expliquem-me como se eu tivesse três anos. O árbitro vê um lance. O árbitro tem dúvidas perante o que viu, o que é normal. Afinal os jogadores são uns fiteiros tremendos, a chuva era absurda e o vento mandava sequóias abaixo. Mas marca-se o lance. Marca-se? Ah, espera, o gajo do video ganiu nos auriculares. Afinal pode não ser. Abou, podes por ali a bola. É ou não? Keeper, prá baliza, anda lá, mexe esse rabinho rosa. Sim? Alô? Espera. Mas…eu n…não ent…espera. Costinha, atrás da linha. Aboubakar, és tu a marcar? Oh pra eu a rim…sim? Ah. Então é melh…eu v…pronto, espera, eu dou já aí um salto. E SE FOSSES LOGO VER A MERDA DO LANCE, NÃO SE POUPAVA ESTE TEMPO TODO!? É que parece de propósito para descredibilizarem esta treta…ah, ok…

(-) Brahimi. Olha, um jogo mau de Brahimi! Lento no arranque, incapaz de passar pelos adversários directos e com pouca desenvoltura com ou sem bola. Não pareceu adaptado ao jogo e não conseguiu entender-se muito bem com Alex Telles, ele que apareceu poucas vezes na frente no início do jogo pela pressão defensiva que sofria mas quando apareceu não conseguiu trocar as voltas à defesa como costuma fazer com o argelino, principalmente por culpa de Yacine que hoje não esteve em grande.

(-) André em vez de Óliver. Percebo a ideia do Sérgio, ou pelo menos acho que percebo. Tirar a bola do meio-campo, arrastar jogo para as alas, ficar sem bola para marcar rápido e prático, sem necessitar de ser bonito, criativo, esteticamente mais interessante. Percebo isso e já falei montes de vezes nisso em várias edições do A Culpa é do Cavani. Mas ao mesmo tempo que percebo, sempre que vejo André André a jogar em vez de Óliver, há um anjo que morre num universo paralelo. E tenho muita pena dos anjos, a sério que tenho, porque me parece que vão morrer muitos mais.


Boa recuperação mental depois de quatro pontos perdidos na Liga. Agora, dois jogos antes do Natal e depois uma semaninha de pausa. Para acabar o ano em grande e comecá-lo ainda melhor. Não é, rapazes? Vamos a isso.

7 comentários

  1. O Marega e um futebolista albatroz, ou seja, o albatroz e uma ave conhecida pela sua enormissima dificuldade em encetar o voo e em aterrar, tudo porque devido a sua desproporcionalidade envergadura-volume corporal, e de uma prisao de movimentos impressionante. Compensa durante o voo onde a sua envergadura lhe atribui uma facilidade e beleza enormes durante o planar. Tudo devidamento levado ate ao Maliano = Marega!

  2. “sempre que vejo André André a jogar em vez de Óliver, há um anjo que morre num universo paralelo” como te compreendo, bruv… como te compreendo! Mas sao sistemas. Ha que aceitar de uma vez por todas que a tactica futebolistica e uma coisa, e a beleza futebolistica outra completamente diference. Combinar os dois mundos da um Barcelona 2012 ou assim! Para ser tactico-competente tens que ter jogadores fisica e mentalmente preparados (Maregas e que tais), para ser-se tecnico-competente tens de ter jogadores tecnica e intelectualmente dotados (Bruynes, Silvas, Iniestas, etc). Guardiola com o nosso plantel nao fazia tiki-taka ou la o raio que chamam aquela seca de ver mil passes sem interrupcoes. As vezes prefiro o Marega todo descompensado das solas a picar bolas intencionalmente sobre o GR, e a fazer simulacoes… eu bem avisei que o gajo nao era mau, avisei mesmo.

  3. pois temos muita potencia na frente se vierem 2 medios a serio podemos eliminar o liverpool. o oliver acabou com SC, nao vale a pena pensar que jogara mais, eu nunca gostei de oliver que e bom com a bola mas nao remata, nao defende, e lento, mas realmente estar a queimar um jogador de 20M e algo que nao se percebe. Obvio que sairao em janeiro casillas, oliver, hernani nao estou a ver mais ninguem o que significa que podemos ficar com uma margem para pagar chorudos ordenados a 2 medios mesmo bons de bola.

  4. Epa, não acho que o André André tenha jogado mal. E Óliver – vamos lá aceitar isso de uma vez por todas – não é a peça correcta quando se quer segurar jogo e metê-lo no congelador.

Deixar uma resposta