Carta aberta a Jesualdo

Caro Professor,
Todos queremos um FC Porto mais forte, e ainda que a maioria da
imprensa não pense da mesma forma, os adeptos estão todos em
retumbante apoio a uma equipa forte que faça com que toda
aquela corja seja obrigada a engolir as palavras que profere.
O facto de estarmos a jogar menos bem, Professor, não nos demove!
Muito embora as exibições não estejam a atingir o nível que queremos,
acreditamos que com pequenas alterações pontuais, depressa vamos
recuperar a nossa condição de líderes naturais e mal acabe a
intempestiva onda de lesões, vamos regressar ao ponto onde a massa
associativa quer estar: em primeiro. Só lhe peço uma pequena
nuance na equipa para logo, uma simples alteração que provocará um
orgasmo colectivo na plateia, e que se torna simples ao ler esta carta.
Cumprimentos,
O gajo da Porta19
PS: Caso não entendam qual é a nuance que deveria ser implementada, por favor leiam a carta na vertical, ao estilo da carta de Schwarzenegger à California State Legislature.

1 comentário

Deixar uma resposta