Comparando os onzes

Está a chegar o grande clássico. É daqueles jogos que fazem crescer água na boca a qualquer um dos lados e este ano ganha uma importância acrescida tal tem vindo a ser a cavalgada quase-sempre-vitoriosa dos vermelhos na nossa Liga.
Muito se tem falado sobre a qualidade das duas equipas, com alguma tendência para salientar a presença da mesma no Benfica e a ausência no FC Porto por parte da imprensa, tão dedicados que são na demanda do ex-império ao qual apregoam não querer voltar. Enfim, o costume.
Mas a blogosfera (ou melhor, a bluegosfera) dá-me a hipótese de replicar, especialmente quando se fala destes jogos pelos quais toda a gente anseia mais do que bilhetes para concertos dos U2. Lembrei-me de fazer uma pequena comparação entre as duas equipas que, com algum grau de probabilidade, entrarão em campo. Vamos a isso:
  • Helton vs Quim : IGUAIS
O brasileiro é elástico na baliza, dá confiança à defesa, é mais alto e joga mais subido que o luso. Quim tem experiência que chegue e é capaz de defesas impossíveis, ainda que fique a perder no 1 para 1. Estão equiparados.
  • Fucile vs Maxi Pereira : FUCILE
Sem discussão. Fucile é melhor jogador, mais inteligente e está em melhor forma. A somar a isso tem melhor aspecto que o Maxi, o sósia do emplastro.
  • Álvaro Pereira vs David Luiz : IGUAIS
Álvaro é mais agressivo, pecando apenas na eficácia dos cruzamentos, mas tem mais experiência que Shaffer para este tipo de jogos. No entanto, se jogar David Luíz à esquerda e Sidney no meio, David Luíz equiparar-se-ia a Álvaro, apesar de ser um jogador totalmente diferente, com Álvaro a fazer mais jogo pelo flanco e David Luíz a descair sempre para o meio.
  • Bruno Alves vs Luisão : IGUAIS
Luisão acaba de recuperar de uma apendicite, ao passo que Bruno Alves está a fazer uma excelente época. Luisão é, no entanto, dos melhores centrais do Benfica no século XXI, o que pode não ser muito, mas há-de valer alguma coisa. Para eles, pelo menos.
  • Rolando vs Sidney : IGUAIS
Por muito que me custe, a versão brasileira do Sideshow Bob é melhor que o nosso Rolando. Tem garra, empenha-se ao máximo em todos os lances e ainda por cima é beneficiado pelos deuses que raramente vêem faltas feitas pelo menino. Rolando não está a fazer uma boa época e perde em todos os sectores para o benfiquista. No entanto, ressalva-se a possibilidade de Jesus fazer descair o brasileiro para a lateral-esquerda e optar por Sidney, que estará sensivelmente em pé de igualdade com Rolando, talvez um pouco menos experiente mas mais agressivo a atacar a bola e na marcação.
  • Fernando vs Javi Garcia : IGUAIS
Ambos são excelentes na zona que ocupam, ainda que com tarefas diferentes. Fernando destrói ao passo que Javi ajuda mais a construir.
  • Raul Meireles vs Carlos Martins : RAUL MEIRELES
A comparação original seria com Ramires e estava indeciso tendo em conta a boa temporada que o brasileiro vinha a efectuar. Quando coloco Meireles frente a Carlos Martins não tenho dúvidas, o mega-tatuado fica a ganhar.
  • Belluschi vs Aimar : AIMAR
Triste mas verdadeiro. Aimar é mais experiente, mais prático (a cair) e mais entrosado na equipa. É a mais-valia que nós gostávamos que Belluschi fosse, mas que ainda não é.
  • Rodríguez vs César Peixoto : RODRÍGUEZ
Mais uma troca que fui obrigado a fazer graças à parvoíce do Dí Maria contra o Olhanense. O argentino ganharia ao uruguaio, é mais rápido e está em melhor forma. Já César Peixoto perde aos pontos, já que habitualmente é pouco mais que inócuo nos jogos em que participa, ao passo que Rodríguez luta mais, produz o mesmo e é mais adaptável tacticamente.
  • Varela vs Saviola : IGUAIS
São dois jogadores diferentes mas que podem decidir um jogo sem ninguém contar. Varela numa arrancada, Saviola numa desmarcação. Varela está num excelente momento de forma e Saviola também, por motivos diferentes mas com o mesmo nível de contributo para a equipa. Serão talvez os elementos mais influentes no jogo de Domingo.
  • Falcao vs Cardozo : CARDOZO
Cardozo tem 40% dos golos da sua equipa, Falcao tem mais de 30%. São os dois máximos goleadores e têm estado bem, cada um com o seu estilo diferente. Ambos são valiosos mas fundamentalmente quando são bem municiados pelos outros colegas, o que nem sempre acontece, como se sabe. Cardozo, no entanto, tem sido mais constante e mais marcador graças à capacidade criadora do Benfica do início da temporada e é um perigo para o adversário, somando golos em jogo corrido, livres perigosos e grandes penalidades. Cardozo leva alguma vantagem.
As equipas estão desiquilibradas, na minha opinião. Apesar de alguma paridade em termos de valores, estes colocam-se em pontos opostos do campo, espelhando aquela que foi a realidade de muitos anos do FC Porto e do Benfica. Nós temos melhor defesa, eles têm melhor ataque. O meio campo está mais ou menos equilibrado, mas mais uma vez nota-se uma certa vantagem do Benfica em termos de nomes ofensivos, ao passo que o FC Porto domina na retranca. O Benfica perdeu duas das peças mais valiosas este passado fim-de-semana (e devia ter ficado sem David Luíz, mas isso são outras conversas) e o ataque estará um pouco mais fragilizado mas não menos perigoso.
Talvez discordem da minha avaliação. Podem dizer que está demasiado optimista, tendenciosa ou simplesmente absurda. É para isso que servem os comentários a posts. Venham de lá as vossas opiniões!

4 comentários

  1. ó Cchini, parou-te o cérebro, foi!?! Varela e Saviola iguais?!? LOL, não consigo parar de rir LOL LOL LOL LOL!!!
    Fernando vs Javi iguais?!? Só se for no espaço, onde não há gravidade! Mais um LOL!!!
    Fucile vs Maxi?!? O seleccionador do Uruguai descorda sempre da tua opinião, excepto quando o Maxi tá lesionado. De resto, valeu pelo humor meu amigo. Que seja um grande jogo, leal (o que desconfio), honesto (o que desconfio novamente) e que vença o melhor, o que para não variar, desconfio!
    Abraço Sutteriano!!

  2. Discordo em algumas avaliações e mais estas:
    1º: Bruno Alves = Luisão? Isso não é aritmética de engenheiro, carago! Ok, temos de dar ao Luisão o mérito de ter sido o 1º em Portugal a conquistar para o seu clube um campeonato por arrombamento, mas o golo do Bruno Alves ao Atlético… diz tudo! Nem uma girafa conseguia marcar um golo tão bem arqueado.
    2º: A (não) avaliação ao Angelito (?) Di Maria: é mais um daqueles jogadores que consegue fazer golos lindos à Académica, mas dou-te 24h para me dizeres um jogo grande em que ele tenha feito um grande jogo…

  3. @Anónimo: há opiniões para tudo, rapaz…eu considero que o Fernando e o Javi estão em pé de igualdade tendo em conta a capacidade defensiva do nosso e a organizativa do vosso, e quanto ao Fucile…bem, se o Queiroz não convocasse o Ronaldo também discordaria dele, né? ;) Acima de tudo, como tu dizes, que seja um bom jogo, e que ganhe o melhor…e que o melhor seja o FCP!!!

    @Zé: hombre, o Dí Maria constava da análise original mas como não pode jogar deixou de entrar para as contas. mas o rapaz tem talento, só precisa de aprender (como o Hulk) a jogar em equipa…já em termos da comparação entre o Bruno e o Luisão, foi fundamentalmente uma análise da influência que cada um deles tem na estrutura defensiva da equipa.

    ainda bem que há discordância, quer dizer que a malta leu e se indignou :)

Deixar uma resposta