Dragão escondido – Nº13 (RESPOSTA)

A resposta está abaixo:

Depois de várias edições desta rubrica maravilhosamente nostálgica, dei uma à borla. Abri as pernas, pronto, e permiti que a malta atirasse facilmente num alvo que mais parecia uma parede da Casa da Música. Mário Jardel, aquele gajo que foi o melhor ponta-de-lança que tinha visto a jogar ao vivo até aparecer Radamel Falcao (e talvez mantenha o que disse), que cheirava o sítio onde a bola ia cair e adivinhava as falhas dos defesas…o gajo que marcou uma “rabona” ao Juventude de Évora porque seis golos não chegavam…o tipo que marcou um puto dum míssil ao Farense que ainda hoje me lembro daquele tiraço (e vocês também se podem lembrar ali em baixo)…entre tantos, tantos outros. Era um génio, uma razão para ir ver jogos ao vivo e um dos melhores avançados que passou por Portugal. O jogo onde esta fotografia foi tirada disputou-se na temporada 1997/98 e acabou com uma vitória do Bem contra o Mal. Ou seja, ganhámos por 3-2, com Jardel a ficar em branco (oh inclemência! oh martírio!) e os golos a serem apontados por Sérgio Conceição, Paulinho Santos e Zahovic, com Martelinho e Timofte a marcarem para os não-lavados.


Entre as tentativas falhadas que o povo fez para acertar no nome do rapazola:

  • Artur – Entrou a substituir o grande Chippo aos 18 minutos e seria uma boa hipótese tendo em conta a posição, mas era outro brasileiro. Mais lento, mais calmo. Diferente, pronto.;
  • Domingos – O facto de estar a ser puxado por um defesa subia a probabilidade de ser um avançado, só que a forma do corpo devia ter apontado as hipóteses na direcção certa…ou seja, na brasileira, até porque o Mingos não fazia parte do plantel do FC Porto nessa temporada e andava pelas Canárias a jogar pelo Tenerife;
  • Edmilson – Em 1997/98, os longos cabelos loiros da “menina” estavam ao serviço do clube dos Viscondes;
  • Kostadinov – Tal como Domingos, faria sentido pela pose dos intervenientes, mas o búlgaro já não estava no FC Porto há três épocas…;
  • Paulinho Santos – Esteve em campo e até marcou um dos golos (de penalty). Mas…eu sei que se lembram que Pedro Emanuel não era gajo para agarrar e deixar o gajo passar incólume, mas também tenho a certeza que o nosso actual treinador adjunto não deixava que o actual treinador da Académica o agarrasse tempo suficiente para lhe tirarem uma fotografia…sem lhe assentar um uppercut nos dentes. E muito bem.;
  • Peixe – Não esteve em campo neste jogo apesar de fazer parte do plantel;
  • Sérgio Conceição – Esteve presente no jogo e abriu o marcador aos 31 minutos, mas a estatura física não era em nada parecida com a de Mário Jardel…;

O primeiro a apostar correctamente foi novamente o Dragão de Coimbra, às 8h04, que passou a ser o primeiro adivinhador a acertar duas vezes consecutivas na mouche! Kudos!

Deixar uma resposta