Baías e Baronis – Moreirense 3 vs 1 FC Porto

Hesito. As opções são: fazer uma crónica com (tentativa de) humor; escolher a via do “rant” e desbravar caminho até ao primeiro jogo amigável do próximo ano; ignorar o que se passou hoje em Moreira de Cónegos. Vou optar pela terceira com recheio da segunda e cobertura da primeira. É que só assim é que consigo manter a sanidade. Vamos a notas:

(+) O golo de Maxi. Fizeste de propósito, seu demente? TU FIZESTE AQUILO DE PROPÓSITO?! Ou estavas só a tentar dominar a bola à Bergkamp e saiu-te a sorte grande quando o cabrão do ex-russo viu a bola a passar por cima dele? Carago, pá, agora vou ter de me lembrar deste jogo por causa da imbecilidade de golo que tu marcaste! Não se faz, Maxi, que vergonha, pá!

(+) Herrera. Foi dos poucos que na primeira parte parecia interessado em fazer qualquer coisa que não fosse olhar para o relógio e esperar que a Custódia tivesse colocado os calções da moda na mala para a fuga imediata para férias. E até tentou, com meia dúzia de arranques e um ou outro remate. Menos mal.

(-) NES. Há ali um lance em que Danilo falha um golo depois de um lance de bola parada mesmo em cima da linha da pequena área. A bola vai por cima e imediatamente a realização muda para Nuno, no banco do FC Porto…e aposto que numa tarde em que tivessem distribuído morfina pelo banco, não haveria tanta calma nos olhos e na atitude do nosso treinador. Um ar derrotado, depois de apresentar um onze só porque tinha de o fazer, sem vontade de incentivar alguns dos jovens do clube, sejam eles jogadores menos utilizados do plantel sénior ou alguns até da equipa B, que jogava quase à mesma hora mas que aposto um tomate que muitos dos rapazes dariam esse mesmo tomate para poderem jogar um bocadinho no escalão superior. Mas não, Nuno mostrou apenas mais um onze típico de alguém que nem pareceu muito interessado em jogar, quanto mais ganhar. E isso não é “ser Porto”. É só ser. E não chega.

(-) Felipe. Ui. Alguém está já com a cabecinha nas férias, não está, meu amor? Alguém está a sonhar com um jarralhão de mojitos e uma ou oito mulheres polinésias a abanar o cagueiro com uma saia de palha que mostra aquele ínfimo nível de nalguedo que deixa o povo a salivar…não está? Só pode, porque a quantidade de parvoíces que t fizeste hoje levou-me a pensar que o Stepanov ainda por cá andava e tinha acabado de deixar crescer uma barba simpática. Vai de férias, Felipe. Volta, oh por favor volta, mas por agora vai dar as tuas voltas e depois falamos. Sim, porque tens de pagar por teres, no fundo, oferecido ao Moreirense a permanência na Liga sem ser esse o plano. I think.


Fim de época. Fim de ciclo?

10 comentários

  1. Boa noite Jorge,

    uma pergunta e uma curiosidade ;)

    Parece-me consensual no adeptos Portistas que o NES não deveria continuar. Seria aceitável para vós contratarem um treinador Português com alguma experiência mas em clubes “inferiores” (por exemplo: Marco Silva ou Paulo Sousa)?

    (Eu, como Benfiquista, gostaria que o NES continuasse por não me parece que consiga dar um salto qualitativo. Quanto ao Marco Silva ou Paulo Sousa, acho que seriam duas boas soluções… não sei é se teriam crédito para arrancarem com calma… )

    Em relação à curiosidade, porque é que quase todos os Portistas desejavam a descida do Tondela? Houve algum episódio estranho ou é alguma rivalidade histórica que desconheço?

    Abraço,
    Miguel Pironet

    1. só queríamos um treinador decente. alguém que liderasse, que soubesse o que o clube representa e não tivesse problema em colocar os interesses do clube à frente dos pessoais. acima de tudo, que tivesse tomates. quando ao Tondela…é um clube historicamente associado ao Benfica e tem laços bem fortes (presidente, treinadores recentes, laços entre direcções…) e seria do nosso interesse despachá-lo para bem longe. não conseguimos, hélas :)

      abraço,
      Jorge

      1. Obrigado pelo esclarecimento em relação ao Tondela.

        Entretanto desde que publiquei o meu comentário o NES já se foi e o Marco Silva foi confirmado no Watford.

        Entretanto estou pela primeira vez (com calma) no Porto e hoje tive a oportunidade de visitar o Estádio do Dragão (do lado de fora mas espreitando pelo gradeamento) com os meus putos.
        “mantém os teus amigos perto e os seus inimigos ainda mais perto” ;)

        Abraço

        1. deixa-me então alguma estranheza que se o tondela é mesmo tão pró-SLB como dizem o Porto tenha emprestado ao tondela este ano o David Bruno e o Pité.

  2. Já que ninguém comenta :)

    Estava a ver no tasco a 1ª parte e decidi ir dar banho à cria mais cedo, era mais produtivo que ver aquele FCP.

    Espero que seja fim de ciclo. Embora já se saiba que quem vai “levar com as culpas” vai ser o NES não posso deixar de dizer que é algo superior ao treinador e portanto quando digo fim de ciclo refiro-me a muito mais. É preciso uma limpeza de fundo… que honestamente não vai acontecer.

    Sobre este ano: Liga dos campeões até foi ok, campeonato até foi ok ( até à penúltima jornada… não nos podemos esquecer disso ). O problema é que nenhum portista que se preze aceita o “OK”. Mais que “OK”, “muito bem”, é o “contra tudo e contra todos” que tem de voltar… e isso não vejo como sem uma limpeza séria. Que o porto foi prejudicado não é novidade, sempre foi, só que antes já se sabia de ante-mão que temos de fazer o dobro que os outros e isto parece que se perdeu.

    Agora vão ser uns meses de novelas de vendas e compras, sai e entra, the usual stuff. Esperemos pela pré-época.

    Abraço, até já :)

  3. Ainda nao tinha tido oportunidade de comentar.

    Nao vi o jogo, assumo que me esqueci completamente da hora e (com a normal diferenca horária) quando dei por ela já estava 2-0. Pensei, por momentos, que o NES decidiu dar uma motivacao á malta jovem e tinha entrado em campo com todos aqueles que nao tiveram grandes oportunidades durante a época….big mistake.

    Nada, nem o Layún para poder se despedir; nem o Teixeira (que também já vai de vela); nada. Foi só o Sá (que esta semana tanta gente vi escrever que já está pronto para ser titular) e os outros 10 sao praticamente titulares indiscutiveis, ou foram em algum momento desta temporada. Também decidiu regressar ao 4-3-3 mesmo depois de tantas provas dadas que nao funciona com esta equipa. Que peido (desculpa a expressao) de jogo. Feio, mal-cheiroso e sem consistencia.

    Vamos, entao, para mais uma danca das cadeiras. Tanto o NES demonstrou que nao tem grande vontade de gerir esta equipa assim como a equipa demonstrou que nao tem grande vontade de levar o NES a um bom caminho. Concordo com o comentário do O_bastardo em relacao a que a limpeza tinha que ser geral (comecando com o presidente) mas nao espero milagres. Por outro lado, nao vejo ninguém óbvio para ser treinador e estou verdadeiramente farto de experiencias mas pronto, nos próximos dias vamos ouvir falar muito de Marco Silva e Paulo Sousa, por exemplo. Nao queria nem um nem o outro.

    Nao tenho nada de animador a dizer, sou sincero. Foi uma época má, nao ganhamos nada, terminamos a época com pior defesa e ataque que o benfica (nem isso safamos) e com mais uma resma de jogadores desmotivados e sem “ganas” de fazer melhor.

    Venha 2017/2018, espero que no ano do meu regresso a Portugal o Porto possa, também, regressar aos títulos.

    Saudacoes portistas

  4. Ninguém comenta porque toda a gente já esta farta de comentar o mesmo há 4 anos. A solução e arranjar melhores jogadores que os outros, sempre foi, agora se há condições para isso nao sei. Se nao podemos gastar mais, temos de comprar inteligentemente como compravamos ha dez anos atrás. Os chimpanzés ganharam porque sempre tivemos boas equipas comparadas com os adversários. O benfas aguenta-se porque o ataque resolve os problemas, coisa que nos nao temos tido, um ataque em condições!!

Deixar uma resposta