A Culpa é do Cavani – Jornada 9 – Protomaregodependência

Depois de um fim de semana bem simpático cá no burgo, os Cavanis decidem hoje abordar o tema preferido dos compradores de equipamento chaimítico: Moussa Marega. Análise aos sistemas tácticos de Sérgio, com um pequeno salpico de pessimismo Vassálico e optimismo Sílvico, temperado com a incerteza Bertocchínica. E outros adjectivos parolos ao barulho.

Todos os episódios anteriores estão no site e no feed RSS, pelo que como de costume amandem as vossas postas para cavani@porta19.com!

Link para a página principal do podcast: A Culpa é do Cavani

Link para o sétimo episódio: Jornada 9 – Protomaregodependência

Link para feed em leitores de podcasts: http://aculpaedocavani.porta19.com/feed/mp3/

3 comentários

  1. Foi um Cavani tenrinho hoje, Jorge. Acho que ja se andam a alongar com um nao-tema, o Marega. Pa, o homem e um futebolista esforcado apesar de nao ser um virtuoso. Esmiucam, esmiucam, mas e o que e.

    A verdadeira natureza das coisas parece-me que e assim: Numa equipa com 11 jogadores titulates esforcados temos batalha do inicio ao fim. Numa equipa com 10 jogadores banais e 1 virtuoso, o jogo pode ser resolvido ate no ultimo segundo de jogo se ele quiser.

    O Marega e batalhador. Marcou porque rematou para o sitio certo sem complicar depois de uma bola estupidamente perdida por ele proprio.

    Quando o vir fintar tres gajos em progressao com dribles estonteantes e sem agulo enfiar a bola no canto mais inacessivel, aceito que fez a sublimacao e passou a Super Guerreiro, como o Son Goku ou la como o bicho se chamava.

  2. Dificil fazer a digestão do Marega. Era um tijolo, que veio só pelas comissões para esses monstros da SAD.
    Está aí, joga por mérito a titular e tem ajudado o Porto a conquistar bons resultados.
    O Bueno do fino recorte técnico, o fabuloso Adrian que tinha vindo de borla numa engenharia financeira só ao alcance da inteligência de alguns, o Tozé que era um fenómeno, o Chicão patrão do meio campo…andam por aí, mas esses é que eram craques.

    1. huh…onde é que me viste a falar de algum desses como génios da bola? se foi aqui, mea culpa, mas duvido. talvez o Chico Ramos, que não é um patrão mas é um gajo com talento que pode afirmar-se e noutra posição que o Marega. estás a comparar coisas incomparáveis.

      cumps,
      Jorge

Deixar uma resposta