Baías e Baronis – FC Porto 6 vs 1 Paços de Ferreira

foto retirada de Sapo Desporto

Upa. Um festival de futebol ofensivo, com excelentes trocas de bola em progressão, constante foco na baliza adversária, um jogo vertical sem ser demasiado directo e controlado sem ser enfadonho. Grande noite no Dragão, com avançados eficazes, médios construtivos e trabalhadores, laterais agressivos e ofensivos e defesas rijos e práticos. Uma excelente forma de regressar às vitórias! Notas abaixo:

(+) “Vamo-nos vingar no próximo”. O FC Porto mostrou sempre a necessidade de se redimir da derrota de Leipzig perante o público e fê-lo de uma forma quase perfeita, com os jogadores a levarem pancada dos lenhadores de amarelo do início ao fim do jogo (vi mais puxões que numa linha de teste para elásticos) mas a levantarem-se para continuarem a lutar.  Vi uma equipa unida ao contrário do que muita gente quer fazer acreditar. Vi um central a dominar, assentar e marcar; vi dois extremos cheios de vontade e espírito de luta; vi um médio que parecia renovado e a mostrar-se pronto para regressar à melhor forma; vi um lateral moderno, ofensivo e lutador; e vi Marega, que fez mais dois golos e teve um estádio inteiro a pedir o hat-trick, que não conseguiu por pouco. É uma equipa que vive um bom momento interno e que se mantiver este nível de vontade e garra, arruma com o campeonato com todo o mérito. Lá fora…é outra conversa, que não interessa para nada hoje.

(+) Ricardo Pereira. Se é este o Ricardo que nos prometeram quando chegou depois de dois anos em França, aceito! Impecável no arranque da partida com um golo, continuou a subir pelo flanco como uma gazela, a voar baixinho e rápido, aparecendo a combinar com extrema eficácia e delicadeza com Corona, cruzando com critério e assistindo Marega e Felipe de uma maneira tão elegante, tão prática, uma espécie do que Layún fez…há duas épocas atrás. Foi o melhor jogo que fez este ano.

(+) Corona. Que diferença que é ter duas opções para conseguirmos jogar em qualquer uma das alas sem ter de cansar Brahimi em demasia! Corona esteve muito bem hoje, mostrando sentido prático, vontade de jogar e capacidade de entrosamento com Ricardo e Marega, fazendo deste improvável flanco direito da equipa uma máquina que rebentou com um esfíncter pacense atrás do outro. Que continue assim!

(+) Brahimi. Fez o que quis do lateral do Paços, que ainda deve estar a tentar perceber como é que não levou pelo menos sete cartões amarelos, tantas foram as vezes que Brahimi lhe desfez os rins e voltou para mais. Rompeu como quis, entendeu-se bem com todos os colegas, soltou a bola quando foi preciso e agarrou-se a ela nas alturas certas. Só faltou um golo.

(-) Perdas de bola pelo centro. O golo do Paços, apesar de ser balázio de fora da área, foi quase uma repetição do segundo golo que o Leipzig nos enfiou a meio da semana e nasce de mais uma perda de bola no centro do terreno quando a equipa está a subir para a construção do ataque. E se eu fosse treinador do FC Porto e visse os meus rapazes a repetirem os mesmos erros em jogos consecutivos começava a ficar preocupado ou pelo menos pensaria que talvez fosse preciso repensar a forma de saída de bola a partir do meio-campo. A somar ao facto do Herrera ter de dar pelo menos uma volta ao Estádio por fora com o Marega às costas, pela parvoíce de tentar fazer um passe lateral quando pressionado, expondo a defesa ao possível remate de um gajo que só não faz lembrar mais o Hulk porque não usa o 12 nas costas.


Um regresso em grande ao campeonato, com a oitava vitória em nove jogos. Nada mau, rapazes.

10 comentários

  1. Nunca pensei que um dia o Marega teria uma “standing ovation” no Dragão. Mas tenho de concordar… neste momento é Marega + 10.

    E meter 40 mil num jogo às 20:30 no Dragão é um sinal que a malta gosta do que vê. No ano passado várias vezes aleijei o maxilar de tanto bocejar. Este ano a ordem é atacar a baliza de todas as formas possíveis.

    Apenas continuo a não gostar de Casillas no banco… mas enfim, o mister é que sabe.

  2. Preferia estar enganado e quem dera que sim, mas continuo a não ter confiança no José Sá. No golo é mal batido, mas não é por isso, é pelo que transmite. Sinceramente gostava até mais de ver o Diogo Costa na baliza, pois esse sim deve ter futuroo. Mas quanto ao Sá, como digo aqui entre nós, quem dera que me engane. E não entendo o motivo da mudança na baliza. Talvez até por ter sofrido um dos maiores desgostos por algo do género, há muitos anos, quendo em 1968/69, estando o FC Porto com tudo para ganhar o campeonato, acabou por ser perdido derivado ao tal caso que além da suspensão de 3 jogadores efetivos, Américo, Custódio Pinto e Eduardo Gomes (mais1 pouco utiulizado, Alberto), especialmente pela mudança na baliza, se deixou ir por água abaixo tudo o que antes de bom se fizera. Isto simplesmente em divagação, mas com receio que possa ter repetição, pois agora o resultado com o Paços ajudou, mas quando houver um jogo menos conseguido tudo virá acima.

  3. pois…. o golo sofrido foi igual a varios ja sofridos e houve mais alguns erros pelo mesmo local, um marega cortou in extremis e outro foi anulado entretanto. Faltam nos 3 medios a serio , intensos, fortes e tecnicos qb, temos um na equipa B , o luizao, agora e arranjar mais 2, se aparecer alguem a dar 30 milhoes pelo danilko nao hesitem. Foi bom mas continua a ser um erro o casillas estar no banco ate porque o publico esta com ele e SC percebeu isso, nao passou de alguma bufaria do treinador de gredes que so treinou ate agora cepos. O jogo ficou resolvido cedo como tinha de ser para nao se tornar complicado. Pena o brahimi nao passar a bola mas isso ja nao vai mudar. Continuamos a ganhar devido a força fisica dos nossos avançados e desta vez de ricardo que e muito bom a atacar. Dois jogADORES PARECEM ME QUE NAO TEM OS PARAFUSOS TODOS BEM APERTADOS, SA E HERRERA.

  4. Grande jogo! E para já grande campeonato que estamos a fazer! Se continuarmos com esta garra somos campeões! SC está a subir de patamar muitos jogadores. Estão a crescer individualmente, fazem o colectivo crescer também e logicamente a equipa fica mais forte. Podem-me dizer que os alemães na terça-feira jogaram bem e foram os melhores e até aí tudo bem… mas também digo que frente a esta versão do FCP não tinham tido a vida “facilitada” como tiveram.

    O único aspecto em que discordo veementemente do nosso treinador, é a baliza! Tirar o casillas para meter o Sá! Para mim não lembra o diabo. Hoje, a mesma história da Alemanha – remate à baliza e golo. Mais uma vez podia ter feito mais. Esta era daquelas que o Casillas ia buscar.

    José Sá por aquilo que tem mostrado na selecção de sub-21 e nos poucos jogos que faz pelo Porto não tem o que é preciso para ser titular. Tem boas defesas mas também comete erros e não são poucos. 2 jogos e pelo menos 2 erros a que se seguiram golos. Podem dizer-me o que quiserem, mas na terça o jogo começou a ser perdido em Sá. Quando defrontarmos equipas que nos comecem a dar mais trabalho junto à nossa área vamos estar sempre de coração nas mãos! Isso é certinho.

    Quando se tem alguém como Casillas no plantel com tudo o que isso representa, não é para ficar no banco.
    Casillas a suplente é burrice e sinceramente fico envergonhado por ser o nosso clube, nesta altura, a fazer-lhe isso.

  5. Às vezes fico com a sensação que os Portistas têm um desejo quase masoquista de complicar o simples e criar ou catalisar polémicas. Uma espécie de não resistir em mexer no botão vermelho e grande no meio da nave que diz “Não carregar!”. Como ontem alguém dizia (SC, creio) os adeptos do Porto são *mesmo* muito exigentes. Às vezes eu acho que se esticam…, pelo menos pelo que vou lendo.

    O golo do Paços parece-me muito difícil de defender. Muita força, muito bem colocado. Já vi o Casillas não defender outros aparentemente mais fáceis. Temos um naquela baliza um muito semelhante (2º do Besiktas). Dizer que o Casillas defendia aquela é pura demagogia e alimentar esse desejo.

    Pessoalmente também preferia ver lá o Casillas, quer para não *melindrar* os adeptos quer porque gosto muito do Casillas, mas, pensem bem: a equipa não ganhou ainda nada mas joga hoje globalmente (e falo pelo conjunto de todos os jogos que fizemos esta época) muito mais do que nos últimos 4 anos. É entusiasmaste, empolgante e ambiciosa. Ver um Porto a ganhar 4-1, 5-1, 6-1 e jogar como se estivesse 0-0 é fantástico. E isto é, em grande parte, da responsabilidade do Sérgio Conceição. Ler por aí portistas dizer que ele está perdido, sem noção e que está a implodir o clube…a sério?!

    Dêem-lhe algum crédito, por favor! Acho que ele já mereceu algum. Casillas é um gigante que, pessoalmente, admiro muito, mas FC Porto primeiro sff.

  6. algumas coisas nao consigo ver com bons olhos (mas estou a gostar da maneira de jogar do PORTO)esta historia do casillas esta mal contada,o nao saber aproveitar a liga dos campeoes para impingir o nosso eterno equipamento,o apostar num herrera que e um autentico travao de mao,joga parado e as voltas,o nao dizerem ao brahimi para respeitar a desmarcaçao do alex,coitado do rapaz farta-se de subir e raramente o colega lhe poe la a bola,e custa assim tanto nas conferencias de imprensa nao responder a algo que nao tenha a haver com o jogo que se vai disputar,para que dar balas aos nossos inimigos.cumps. helder oliveira

  7. Se me permitem quando vi o Sa nos U-21 pela primeira vez disse a mim mesmo – quero este gajo no Porto, e continuo feliz por te-lo. Experiencia e confianca nao sao dados adquiridos, ganham-se com a participacao e a presenca. O Iker com os anos que tem de carreira mandou patos tremendos no Porto. E mais a mais comeco a sentir que e um trouble-maker, e isso deixa-me infeliz com ele. O Iker nao tem a minha confianca, apenas vence no aspecto de que a bagagem quen tem permite por aquela defesa em ordem, algo que ao Sa levara anos e anos a atingir como estatuto. Agora, vejamos so mais uma coisa: o Marega, sempre disse que o queria no Porto, defendi-o ate a exaustao. Foi-se escarrado, voltou glorificado… pode ser que o Sa ao ter a mesma oportunidade venha a mostrar que e o nosso futuro na baliza. Finalmente, o golo que sofreu nao foi culpa dele, e culpa do tunel de acesso que a defesa abriu para um remate frontal a menos de 10 metros do avancado. Ja estiveram numa baliza em que a frente de nos GR so ha o gajo que vai rematar e um angulo aberto enormissimo? A baliza ganha proporcoes dantescas.

  8. Voltei a ver o lance do golo do Pacos, e nao e para estar a defender o Sa de quem gosto e muito, e que sinto precisar de uma oportunidade para se mostrar… Quatro gajos a frente do Sa, tres nossos e o gajo deles que fez o golo, e nenhum dos nossos jogadores ataca o gajo com a bola. Ficam os tres a recuar dando cada vez mais espaco para o tipo preparar o remate e depois encurtam nao so o campo de visao ao Sa, mas pelas vias de acesso que criam abrem um angulo enormissimo ao jogador que remata. A bola vai ao canto, e se o Sa tivesse defendido (pena que nao defendeu) continuariam ainda assim a clamar pelo Iker. Gosto da estabilidade que o Iker da a defesa, mas se e arruaceiro e se acha maior que a instituicao nao faz ca falta nenhuma, ganhe-se ou perca-se o campeonato. A unica maxima aceitavel no futebol e que nao pode haver nenhum agente futebolistico (jogadores, presidente, treinadores, adeptos, maiores que a instituicao em si). Nunca!

  9. Epá tá tudo óptimo menos meter as culpas do golo no Herrera…
    Há dois erros na jogada, nenhum dos dois feito por ele:
    – o 1º foi o passe do Aboubakar, que deixou a bola em terra de ninguém e o obrigou a disputar uma bola solta. Tentou, perdeu num ressalto, acontece aos melhores todos.
    – o segundo foi da linha defensiva, que controlou o espaço para a baliza mas deu demasiado ao Whelton. Há a atenuante de que estavam quase em igualdade numérica, alguém atacando o portador abria-se espaço para um dos Pacenses receber a bola isolado na cara do Sá.

    Erro do Aboubakar, transição defensiva difícil, execução óptima do Whelton. Shit happens.

    1. é um bocadinho por aí…mas se o Herrera não tem tentado mandar a bola para o lado em vez de atrasar, shit would most definitely not happen :)

Deixar uma resposta