É com estes que vamos atacar o título!

1 – Helton
4 – Maicon
5 – Álvaro Pereira
6 – Fredy Guarin
7 – Fernando Belluschi
8 – João Moutinho
10 – Cristian Rodríguez
11 – Kleber
12 – Hulk
13 – Fucile
14 – Rolando
15 – Emídio Rafael
17 – Varela
18 – Walter
19 – James Rodríguez
20 – Djalma
21 – Cristian Sapunaru
22 – Eliaquim Mangala
23 – Souza
24 – Beto
25 – Fernando
26 – Alex Sandro
27 – Juan Manuel Iturbe
30 – Nicolás Otamendi
31 – Rafael Bracalli
35 – Steven Defour
41 – Kadu

 

Algumas considerações sobre o final do mercado de Verão:

  • Não entrou nenhum avançado. Honestamente pensei que ainda fôssemos buscar alguém para a frente de ataque porque Kleber ainda não me dá a confiança que gostava de ter mas parece que a aposta está em estabilizar o rapaz e apontar-lhe os holofotes. Pode também significar que o esquema do FC Porto se vai versatilizar para um jogo com dois avançados mais móveis…ou então Walter pode ter mais uma oportunidade de mostrar serviço, caso Kleber não render o que é preciso. Fico sem saber a que se deveu a não-aquisição de um avançado. Terá sido:
    • opção do treinador?
    • falta de opções válidas que dêem garantias de qualidade?
    • hiper-inflação dos preços dos passes?
  • Álvaro fica. Ainda bem, porque gosto de o ver jogar e porque é uma posição para a qual costuma ser complicado arranjar malta em condições. Espero que esteja no FC Porto com a cabeça no sítio.
  • Fernando fica. Não terá grande margem de manobra com os adeptos porque ninguém gosta de ver um jogador a dizer que gostava de sair para depois acabar por ficar sem ter mudado de opinião. Se voltar a jogar ao nível do que fez antes de se lesionar e deixar Guarín entrar na equipa, fico satisfeito. Caso contrário, a aposta em Souza tem de ser rápida e forte, ou optar por outras alternativas.
  • Cristián Rodríguez fica. Aqui é uma pequena surpresa. Contava que fosse vendido ou emprestado especialmente pela quantidade de jogadores que temos para aquela posição. É um rapaz esforçado, pode ser que consiga subir o nível do ano passado.
  • Beto fica. What?! Lá se vai o Europeu, não é, rapaz?
  • Houve uma quantidade absurda de negócios em que perdemos algum dinheiro. Jogadores como Rui Pedro, Yero, Diogo Viana, Orlando Sá ou Rabiola foram apostas perdidas e acabam por sair do clube quase sem terem oportunidade de mostrar serviço no plantel principal. Na sequência do post que já fiz sobre isto (aqui), só me custa ver que os escalões de formação estão a servir para formar jogadores para outros clubes sem que o FC Porto tire grandes benefícios financeiros dessas transacções. Repare-se que a maioria dos jogadores que saíram do plantel foram a custo zero e o contraste com o negócio de Falcao, para dar um exemplo, é gritante. Por outro lado, muito talento a ser emprestado para dentro e fora do país, com perspectivas de regresso para alguns. Creio que o conjunto de jogadores que pertencem aos nossos quadros apresenta um equilíbrio melhor de qualidade do que tinha antes, resta saber se alguma vez será aproveitada.
  • Recuso-me a falar sobre empresários. O lodo pelo qual arrastam os seus clientes em nome do vil metal é enojante e mascaram-se por trás de um perfil digno e frontal que esconde os cifrões que têm nos olhos. Sempre que leio uma declaração do empresário nunca sei o que é que o jogador está mesmo a pensar, por isso até estou disposto a ouvir os rapazes a falar, passar à frente todos os clichés e tentar perceber se de facto é isso que eles sentem/querem. Caso contrário não quero saber.
  • Continua a parvoíce de não surgirem notícias no site oficial. Addy, Diogo Viana (que descobri hoje por mero acaso), Rui Pedro, Orlando Sá, Kieszek…onde estão? Li pelos jornais, porque no site, nicles. Não me resigno, vou continuar a protestar.
  • A especulação da imprensa é extraordinária e podem ver os efeitos finais na página do Mercado de Verão 2011 que está ali em cima do lado direito. Ao todo foram falados (pelo menos) 65 jogadores para o FC Porto, em jornais, blogues ou outras fontes de informação online/radiofónica/televisiva, e ao todo foram contratados…9, com atenuantes evidentes como o facto de Iturbe, Kelvin, Djalma e Kleber já serem nomes comuns aos Portistas desde Março ou Abril. Nesta janela de transferências a imprensa portuguesa então parecia em permanente estado pré-orgásmico sempre que atirava com mais um nome para cima da mesa, tal era a vontade que fosse disputado com o Benfica ou até o Sporting. Não é por acaso que surgem nessa lista nomes como Witsel, Onyewu, Guardado, Ansaldi, Salvio, Funes Mori, Bendtner, Pavlyuchenko, Coates ou Lukaku. O belga (este último) ainda por cima com o barro a ser atirado à parede com a força de um molotoff velho, porque era impossível POR LEI que o rapaz viesse para cá. Jornalistas, pfff. Que fique por isso a lição para quem arranca cabelos com as especulações: até aparecerem confirmações oficiais, ou no caso do FC Porto, como parece usar o site como loja online em vez de veículo de notícias para os seus sócios, até verem os rapazes a treinar…não levantem cabelo.

19 comentários

  1. Ha duas situações que nao consigo perceber :

    1- A nao contratação de um avançado
    Gosto de um 442 bem dinâmico, mas ja seria mexer na estrutura core habitual da equipa, dando assim a ideia que a tal ideia de continuidade, foi mais uma ruptura ou o que foi possivel.Agora é esperar..e ver..se não há nenhuma lesão por parte do Hulk ou do Kleber. Não compreendo..e não fiquei muito entusiasmada..Acho que neste campo, o nosso rival de vermelho está melhor que nós. ( ou pelo menos com mais soluções viaveis ); espero nao seja este pormenor que faça a diferença no fim.

    2- A contratação mais cara deste defeso só ingressar no Porto em Janeiro.

  2. Boa noite Jorge,

    Apenas existe um caso que não dá para perceber. “Cristián Rodríguez? Aquele rapaz que jogou frente ao Barcelona e mostrou ser capaz de lutar por um lugar. Não foi vendido, não foi emprestado, continua no plantel mas… pelo que sei não está inscrito. À última da hora, os azuis e brancos ainda escreveram dois para a Liga mas … dois miúdos. Afinal, onde andas Cristián? ”

    É assim que eu me expresso no meu texto. No site oficial aparece como atleta dos dragões mas também já veio dizer que não contava para o Porto. Não sei como ficamos! Agradava-me (mesmo muito) vê-lo ficar na equipa principal por isso a minha dúvida sobre o uruguaio. Vou ficar à espera de alguma confirmação.

    Cumprimentos,
    Nuno Oliveira

  3. Pingback: Anónimo
  4. Algumas considerações :

    1/ Partilho da opinião do Nuno onde estás Christian

    2/ Continuo a achar que o VP vê o James mais como nº 10 que como extremo dai que me parece que vamos ver varias vezes o FCP em 4X4X2 com o Kleber ou Iturbe e o Hulk no 2 da frente

    3/ A minha grande preocupação é a liga dos campeoes… com as novas regras so podemos inscrever 21 jogadores dos 27 que estão aqui… sendo que 4 têm de ser portugueses (Beto, Rolando, Moutinho, Djalma e Varela).
    Ou seja vamos ter que deixar nomes importantes de fora… se me parece que o Rafa e o Christian estão nesse lote bem como o Kadu quem serão os outros 3??? Vamos de certeza ter jogadores desmotivados devido a este facto…

  5. Ontem tentei seguir o seu conselho de ficar à parte, mas infelizmente parece que todos os calendários da casa ganhavam vida quando passava por eles: – 31 de Agosto!!!
    Esta dependência da net e das notícias é coisa de tolos, mas já não consigo ser de outra forma, de facto, confesso. – Para quê tanta expectativa? … Sinceramente não sei. Afinal nesta questão estamos mesmo completamente de fora; só sabemos o resultado final, mas nada nada sobre os pormenores… No final do dia, apenas uma certeza, já é uma grande coisa haver cláusulas!

    Quanto aos jogadores que temos, há que os pôr a jogar como equipe. Há que lhes dar aquela condição física que lhes permita voar e potenciar as suas qualidades.

    Vamos confiar.
    Parece que o pior da equipe neste momento somos nós…desconfiados…

  6. Hoje quando vinha para o trabalho vinha a pensar no mesmo… para onde foram alguns dos nossos jogadores que andavam por aí?

    E a pensar também como nunca houve oportunidade do Rui Pedro jogar na equipa principal quando nas camadas jovens marcava golos que até metia nojo.

    Já agora, alguém me sabe dizer para onde foi o Addy?

  7. Também me parece curto só ter dois “goleadores”. Ainda para mais sendo um pouco experiente na equipa e a sofrer fortemente de ansiedade e o outro que, apesar de um bom rácio tempo/golos, parece estar destinado a se ver sempre envolto em problemas extra profissão.

    E também tenho pena que C Rodriguez não tenha sido vendido pois significa alta despesa continua/pouca rentabilidade desportiva e que resultará numa perda de ganhos desportivos e financeiros. Bem, não se pode ganhar sempre nem se acerta sempre.

    Quanto a Beto, a parte do Europeu perdido acho que também já era certo. Se broncobento já deu a entender quem joga com ele e quem não joga, está visto que Beto não teria oportunidade de ser jogador da selecção no próximo europeu nem que jogasse numa equipa razoavelmente boa e sempre a titular. E o pior é que o escolhido de broncobento é um frangueiro que eu não queria sequer a jogar na minha equipa de bairro.

    Agora é esperar que corra tudo bem e que os reforços sejam realmente isso mesmo… reforços.

    Ah, o Palito parece-me que, pelas primeiras declarações depois de abortado o negócio, está com a cabeça no sitio e percebeu que tem de continuar a mostrar serviço mas se por acaso ele começar a respingar está tramado pois não só tem substituto à altura como está num clube onde é menino para ser “encostado” até perceber que tem mais a perder que a ganhar com o fazer birrinhas. Que o diga o bruno alves, mais ou menos ostracizado pelos adeptos que lhe teciam loas e enviado para a enregelada e longínqua Rússia.

  8. caríssimas(os),

    é tempo de apoiar o nosso plantel, com (ou sem) as limitações que possui (ou não).
    confiemos em quem dirige os destinos do nosso clube há mais de vinte e nove anos – que não são propriamente vinte e nove dias (ou meses) – e que (acredito) já previu tudo o que por aqui vamos desabafando.

    por último: a partir de hoje, todos os jogadores que fazem parte do plantel principal são os meus “heróis”.
    obviamente que, para mim e por motivos diversos, há uns que sê-lo-ão mais do que outros…

    no fundamental: somos Porto, car@go!

    «este é o nosso destino»: «a vencer desde 1893»!

    saudações desportivas mas sempre pentacampeãs! ;)

    Miguel | Tomo II

  9. Interessante verificar que se critica tanto o Benfica por alinhar sem portugueses, tendo 8 no plantel e verificamos que o Porto alinha com 3 a titulares, mas tem apenas 4 portugueses no plantel… são as vantagens de o Benfica ter uma imprensa favorável, como vocês tanto se queixam… mas que na realidade, só disfarça os problemas dos outros…
    Já agora, o clube que diz ter a “melhor formação do mundo” tem 7 portugueses no plantel…

    Pessoalmente tanto me faz, porque quando olho para os jogadores portugueses da actualidade, com excepção de uns 5 ou 6 que jogam fora de Portugal + o Moutinho, são todos medianos e ajudam a explicar esta razia de portugueses.

    1. é algo que me preocupa mas não propriamente pelo número de portugueses mas sim pelas novas regras da UEFA. os clubes estão a tentar evitar o problema a comprar cada vez mais cedo e a trazerem estrangeiros para os escalões de formação, o que ainda agrava mais o problema para as Selecções. não sou fundamentalista para dizer que é preciso manter um número mínimo de portugueses porque sinceramente não me preocupa. basta olhar para equipas estrangeiras de topo e verificar que poucas têm maiorias de jogadores nacionais no plantel.
      quanto à imprensa…é como sempre disse: quem tem mais exposição arrisca-se mais. o Benfica do início da era Vieira pretendia ser a espinha dorsal da nossa Selecção. o Porto nunca fez essa promessa. o Sporting está a ser vítima de uma política de abuso dos jogadores da formação, e o filão inevitavelmente esgotou-se. pensa positivo, pode ser que sigam para o Seixal!!! ;)

      um abraço,
      Jorge

  10. Boa noite,

    O mercado fechou, muitos de nós estávamos à espera da contratação de um avançado para o lugar de Falcao. Mas a vir tinha de ser um de qualidade, que de caras entrasse no onze.

    Apesar de Pinto da Costa dizer que não precisava de substituto para o R9, o clube talvez tenha mesmo procurado mais uma solução de ataque, mas possivelmente as alternativas qualidade/preço não seriam as desejáveis.

    Falcao saiu numa altura em que mercado estava a “mexer”.
    Nessa fase haviam mais opções de escolha, mas talvez pelo atraso do pagamento de Falcao e Ruben, não terá havido capacidade financeira para comprar Damião … sim porque os outros não passaram de especulações.
    Love já havia sido abordado, ainda Falcao estava no Porto.

    O clube também tinha uma situação complicada para gerir, pois além de termos demasiados extra-comunitários e termos obrigatoriamente de colocar Walter para outro extra-comunitário entrar, sabe-se que Walter que na pré-época tinha pleno apoio do mister, está a viver um drama. A sua filha nasceu prematura, chegou a correr perigo de vida, e o atleta tem andado num vai e vem hospital – treino. Para piorar Walter teve uma pequena lesão.

    Ora, sabemos como o nosso clube trata os atletas. Pinto da Costa nunca iria mandar o rapaz embora sem estabilidade.
    O mesmo acontece com Rafa que estando a recuperar de uma lesão gravíssima que se calhar o irá impedir de voltar a ser o que era, também acabou por ficar.

    Ruben foi apanhado quando Pinto da Costa puxou o tapete a Jorge Mendes, que assim deixou de ter qualquer atleta por si representado no nosso clube. Falcao mudou muito desde a renovação até às polémicas declarações.Cheira-me que houve dedo de Jorge Mendes.
    Na selecção nacional, se não se põem a pau, ele vai minar aquilo. Ricardo Carvalho, um profissional exemplar não ia abandonar a selecção só porque ia ficar no banco um jogo. Esta é uma história incompleta.

    De positivo deste fecho de mercado, temos o facto de Guarin e Alvaro permanecerem, e penso que vão ser empenhados e sérios na defesa da camisola.
    Também de positivo temos o facto de nos termos livrado de muitos “monos”, jogadores que jamais se afirmariam no clube.

    Tive pena pelo empréstimo de Castro e Sérgio Oliveira, bem como como me entristece só ver 4 portugueses (Rafa incluído) no plantel.

    Positiva também a inscrição do jovem goleador francês, Thibaut Vion, que havia sido contratado em Junho.

    Vamos ter confiança no nosso mister, e contamos com os que cá estão, que terão o apoio da nação portista.

    Somos Porto!

    Abraço

    Paulo

  11. A construção/investimento no plantel ja me está a dar azia! A lista para a champion é clara quanto a falhas.
    1. Pagamos quase 10 milhoes por um jogador que não vai jogar.
    2. O plantel so tem 2 pontas lanças puros. Todavia para champion so um é inscrito.
    ; como motivar o outro para o campeonato? E se o segundo por lesão ou opção entra na equipa com golos e boas exibições e depois não podemos utiliza lo na liga do pilim. O escolhido ainda não convenceu com golos não tem experiencia nesta competição e precisa isso sim de aprendizagem não de ser atirado as feras…enfim
    3. Onde vai encaixar nesta lista o danilo? Vamos ter de vender alguem em Janeiro para o efeito?
    4. O Beto em vez do Bracalli não abria mais uma vaga?
    5. Arrastamos indefinições até a ultima hora do mercado de transferencia o que so nos prejudicou. Não soubemos arrumar a casa a tempo e horas.
    6. O Iturbe ainda é verde e até entendo ficar de fora. Mas para um novo messi não deve ser nada animador.
    7.Por fim a lista tem apenas 21 porque não temos mais jogadores em condições de inscrição pois a formação nada representa é preferivel investir fortunas em jovens que depois não podemos inscrever..é pena!
    um abraço

  12. Boas caros Sócios :)

    Penso que atacar 4 frentes com 2 avançados , e ambos com cuidados redobrados , sendo que Kléber tem um caso na liga e Walter tem a filha em risco de vida , o que não deve ajudar em nada à auto-estima e confiança.

    Pagamos 23 M€ para tramar o Benfica comprando 2 brasileiros (Sandro e Danilo) e para trazer um portento Europeu para o lugar do Radamel Falcao não querem saber …
    Álvaro se queria sair , meu menino , sai à vontade , espero que não te arrependas ;)

    Quanto a surpresa para a época aposto em: CRISTIÁN RODRÍGUEZ !

    Saudações portistas :)

  13. “Teófilo Gutierrez será jogador do FC Porto em Janeiro. Ainda não existem confirmações oficiais mas o colombiano lá vai admitindo o seu futuro. Teo Gutierrez, que está nos EUA com a selecção colombiana, vai mais longe e recomenda o seu ex-companheiro, Carlos Bacca, para o substituir no Racing Avelaneda.
    O FC Porto tentou o avançado colombiano até ao fecho do mercado, mas o clube argentino não cedeu, abrindo somente a porta da saída em Dezembro, altura em que reforçará o FC Porto.”

    Caro amigo se poder ajudar ao crescimento tens ai uma notícia em cima que vi sobre um possível reforço do FC Porto em Janeiro .

    Cumprimentos.

Deixar uma resposta