Ouve lá ó Mister – Dínamo Zagreb


Amigo Vítor,

Há duas coisas que estão aqui entre nós como o proverbial elefante no meio da sala. Uma é verde e grande; a outra ainda não sei o que é, mas sei que vais ser tu que me vais dizer, quer me telefones ou me mandes um e-mail, ou então se decidires mostrar-me em campo, também não te levo a mal. Se ainda não me estás a perceber, que compreendo porque estás com mais coisas na cabeça para estares a ligar ao que raio eu te estou aqui a ganir ao ouvido, quero falar sobre duas coisas: o Hulk e aquele-que-vai-substituir-o-Hulk. Espero que não tenhas ficado muito triste por ele ter saído, mas cheira-me que já devias estar de sobre-aviso. Ainda assim é uma perda grande, até porque lhe deves bem mais que um abraço ou um prato de tremoços com um chouriço assado em aguardente. Deves-lhe, em grande medida, o título de campeão nacional, e sabes disso. Foi em grande parte à custa dele que conseguiste no ano passado conquistar o campeonato, por isso fazes favor de o convidar para uma dourada escalada em tua casa ou no Pescador em Espinho que presumo seja perto da tua casa. Vá lá, ele merece. E agora, vamos ao segundo tema.

Este jogo, tendo em conta o facto de já não poderes escolher o Hulk como opção para o ataque, acaba por fazer subir mais um grau de importância ao nosso jogo de estreia na Champions’ League 2012/2013. Lembras-te no ano passado como é que correu esta porcaria? Lembras-te? Lembras-te do jogo em Donetsk? E do APOEL no Dragão? É que foi sempre o Hulk que nos salvou o coiro nos momentos difíceis, para não falar de vários jogos do campeonato, que agora não interessa para ninguém. Hoje dás o primeiro passo sem Hulk, como um menino a quem tiraram as rodinhas da bicicleta e lançaram a descer a estrada da Senhora da Graça. Não há lugar a hesitações, é altura de escolheres as peças que vais pôr no tabuleiro e avançar com o cavalo ou com os peões que te apetecer. Dou-te o benefício da dúvida como dei ao Fernandez depois de sair o Deco, ou ao Fernando Santos sem o Jardas. Vida de treinador é fodida, não é?

Força, Vitor. Re-estreia-te em grande!

Sou quem sabes,
Jorge

5 comentários

  1. a paciência é uma virtude e louvo a que tens para com o espinhense. Sim senhor!

    Logo mais o jogo tem todos os condimentos para nos poder correr bem, é imperioso entrar com velocidade e ambição, nada de meter sonos em dia no relvado!

    Alguém já podia ter tido a brilhante ideia de retirar o Tá das conferências de imprensa, o homem consegue ter qause sempre o efeito contrário do que se pretende…
    …Não chego ao ponto de sugerir o Rui Quinta, pois tenho medo do que podia sair, mas o Paulinho pode, deve e sabe falar. Muito e do que importa.

    Já era hora…

    * Já te inscreveste no Fantasy?
    Junta-te à liga da fábrica carago , olha o código : 674783-430468

    Boa sorte a quem joga no Fantasy e a todos nós que vamos matar a fome da bola, fixando as atenções nas tv´s que transmitirão a batalha de Zagreb, que esperamos ser uma coisa bonita de se ver.

    Abraço

  2. Bom dia,

    Hoje entramos na edição deste ano da champions, e todos esperámos uma importante vitória diante do Dínamo. Somos melhores e temos de ultrapassar as adversidades e vencer.
    Espero que tenham aprendido com os erros da época transacta.

    Há que ser sérios e procurar a vitória com raça e garra, pois assim sendo, com naturalidade venceremos.

    Abraço e boa semana

    Paulo

    pronunciadodragao.blogspot.pt

Deixar uma resposta