Ouve lá ó Mister – Braga


Amigo Vítor,

Vai ser um jogo fodido. Tu sabes disso, eu sei disso, toda a gente sabe que vai ser um jogo fodido. O Braga pode ter perdido o jogo com o Cluj e até pode ter sido enrolado como massa de pizza e atirado para um forno de lenha de Alvalade…e antes de te rires, pensa que perderam lá o jogo, onde tantos outros clubezecos foram sacar pontos. Mas estes cabrõezinhos, para lá do Benfica, são os únicos que me metem algum medo neste campeonato. Não muito, mas o suficiente para ter um cuidado extra quando lá vamos jogar, e continuo a afirmar que este é um dos jogos mais difíceis do ano. Por isso vamos lá ter cuidado com estes rapazes e passar à acção quando fôr preciso.

Há dois ou três pontos que acho que tens de salvaguardar para podermos ganhar o jogo e já sabes que podes ouvir o que te digo ou não. Mas aconselho que o faças porque eu até sei o que digo, ou pelo menos é o que as vozes na minha cabeça me dizem, sempre com aquele ar angelical que parecem jovens belgas a cantar em coros de igreja todos vestidos de branco. Ou desfiles da Victoria’s Secret com as putas das asinhas cheias de pena. Pena não tinha eu delas, cambada de galdérias. Estávamos a falar de quê? Ah, sim, o Braga. Dois ou três pontos. Três, vá, para ficar redondo e poderes fazer aquela subida de tom no “dois”. Ora então vamos a isso.

Primeiro: O titular do lado esquerdo da defesa deve continuar a ser o Mangala. O Mangalho. O Mangalhão. E para além de lhe chamares isso, deves mandá-lo dar uma ou duas charutadas no Alan logo no início do jogo para o Predator saber quem é que manda nesta merda. Mangalha-o.

Segundo: Do meio-campo para a frente, sou sincero contigo e por muito que goste do Defour, por mim entrava o Fernando. É um jogo em que vamos precisar de mais força no meio-campo e com cretinos como o Custódio e o Ruben Amorim (para lá do Ruben Micael, que se levar dois encostos vai parar ao Sameiro), o Moutinho vai precisar de ter as costas quentes e o Lucho de ter uma sombra ali perto. Quero o Polvo em campo.

Terceiro: Convence os jogadores que o jogo vai ser difícil, que não se deixem iludir pelo “mau trajecto recente” ou pelas piadas do anormal do cabelo louro lá de baixo e passem a acreditar na sorte. Porque a sorte, como disseste, constrói-se com suor e trabalho. E é isso que tens de lhes espetar nas cabecinhas.

Ganha, Vitor. Make me happy, dude.

Sou quem sabes,
Jorge

1 comentário

  1. Bom dia,

    Hoje na Pedreira vamos ter um jogo complicado.

    O adversário é de qualidade, tem excelentes executantes, e trata-se portanto do primeiro grande desafio na Liga.

    O adversário vem de uma derrota europeia pesada, e de uma humilhação por não ter conseguido o apuramento num grupo acessível.

    O FC Porto por sua vez é uma equipa confiante, que joga com alegria e que vai querer manter a fasquia de qualidade dos últimos desafios.

    Temos de ser concentrados e pro activos, não esperar que o golo surja.

    Temos de lutar pelos 3 pontos com arreganho.
    Somos favoritos e estou convicto de que se mantivermos a mesma atitude venceremos.

    O árbitro foi o da pior espécie. É um dos mais criticados árbitros do nosso campeonato, que é capaz do bom e do péssimo.
    Desejamos-lhe que faça uma boa arbitragem e que privilegie o espectáculo, pois ambas as equipas tem qualidade para o proporcionar.

    Espera-se o apoio da massa adepta do FC Porto para nos empurrar para mais uma vitória.

    Abraço e bom domingo.

    Paulo

Deixar uma resposta