A escupidela

foto retirada de record.xl.pt

Uma miúda que conheci há uns anos atravessava uma fase complicada numa daquelas inexplicáveis relações de longo prazo que começou na adolescência e se prolongou durante mais algum tempo. A dada altura, numa de muitas discussões com o namorado, ouviu o seguinte:

“Acho que às vezes só andamos juntos para eu te dar boleia pró cinema!”

Ela, explodindo, raspou a traqueia e arremessou uma bela cuspidela na fronha do rapaz, dizendo: “Metes-me nojo!”. O moço lá foi embora, furioso.

Foi a este nível que Josué esteve no passado jogo contra o Arouca. Não consta que tenha mantido uma relação com Luís Dias, o que faz com que a atitude seja ainda mais ridícula e o castigo merecido. Fica de fora contra o Sporting (a não ser que cumpra o castigo no jogo da taça ou na B, se tal for possível) e é bem feito para ver se aprende a deixar de ser um puto rebelde nas piores alturas.

PS: Qualquer semelhança com outros casos parecidos (como este ou este) são fantásticas coincidências. Ou não.

 

15 comentários

  1. Ó Jorge tens a certeza que o Josué cuspiu? Vês algum cuspe a sair-lhe da boca? Não vês, mas cavalgas a onda, Josué cuspiu, fica-te bem, agrada a alguma clientela.
    Mas olha que o castigo, de 1 jogo, não é pela cuspidela, como não conseguiam provar que tenha cuspido, castigaram-no por comportamento incorrecto, o que é curioso, no mínimo.

    Abraço

    1. só não tenho a certeza a nível sub-atómico, caríssimo, mas que vi o gesto em directo, lá isso vi. e acredito que o tenha feito. lá se o castigo é meritório à luz da lei é outra coisa, especialmente se considerarmos o caso do Enzo no ano passado. mas esse argumento comigo não colhe, até porque me faz lembrar as infelizes palavras do NGP aqui há uns anos quando defendeu o Paulinho depois da cotovelada que deu no JVP. “mostrem-me as imagens!”. e mostraram. e lixaram-nos. e ele nunca mais cometeu um erro desses, felizmente.

      acima de tudo, interessa-me formar um homem para o futuro. e na linha que o Josué tem andado, o Vila Pouca concorda comigo que chegado o jogo contra o Benfica arriscamos a ter este rapaz na rua ao fim de cinco minutos. pode ser que isto sirva para o acalmar.

      um abraço,
      Jorge

  2. Primeiro, Pinto da Costa não defendeu o Paulinho coisíssima nenhuma, quem defendeu o Paulinho e disse mostrem-me as imagens, foi o A.Oliveira, porque tinha a palavra do Paulinho como não tinha cuspido e depois se sentiu traído e pediu desculpas. Segundo, o Josué não cuspiu coisa nenhuma, ameaçou custir, mas não cuspiu. É óbvio que tem de evitar certos comportamentos, tem de perceber que no F.C.Porto qualquer coisa toma logo grandes proporções e no clube, técnicos e dirigentes, já lho devem ter dito, mas dizer que cuspiu, quando não cuspiu, não faz sentido.
    Não é por acaso que a Comissão de Instrução e Inquérito da Liga, enviou o processo para o CD da FPF sem pedir castigo.

    Abraço

    1. talvez a memória me traia, mas fiquei com a ideia que tinha sido Pinto da Costa e não Oliveira. se tal foi o caso, lamento a minha desmemoriação :) seja como for, é um exemplo. e sim, o Josué perde por ser jogador do FCP e qq coisa aparenta logo ser um sinal do fim do mundo, mas a verdade é que tem de aprender a viver com isso. tendo ou não cuspido.

      já perceberam que estamos a discutir saliva há duas semanas, certo?…

  3. O Josué é daqueles jogadores que fica de peito feito quando passa a jogar num clube grande, algo do género:

    “Eu é que sou mesmo bom! Jogo no clube X!!”

    E depois tem destas atitudes, cuspir em jogadores (ou ameaçar cuspir), arranjar sururus e provocar adeptos contrários em festejos de golos quando devia era festejar com os adeptos da casa.

      1. Eu gosto da raça, mas não gosto da sobranceria. E a sobranceria pode deixar-nos em apuros quando ele for expulso e deixar a equipa sem menos um jogador.

        Dou-lhe um exemplo, João Pereira. Jogador com raça e com a sobranceria que eu falo. Foi expulso contra o Benfica logo aos 5 minutos.

  4. Boas

    “Não consta que tenha mantido uma relação com Luís Dias”.

    Foram companheiros no Penafiel em 2009/10 :)

    Cuspindo ou não o puto tem que atinar. Já são demasiados amarelos e faltas cometidas. Já esteve perto, por mais que uma vez, da expulsão.

    Abraços

  5. Não consigo dizer se houve a tal propalada cuspidela, mas tenho lido que não. Mas… Neste caso já tanto faz que o Josué tenha ou não cuspido, porque o que se vê e sente é que o regime aí está a prejudicar o F C Porto, ou por outra a regressar para atacar ferozmente o F C Porto como é costume, tal os casos de Virgílio e Paulinho Santos, que só aconteceram contra o F C Porto e este agora, contrariamente ao que o outro do Benfica praticou há cerca de meio ano… e ainda não teve nem terá castigo. Para não falar no caso do Jasus, que como diz Pinto da Costa, deve ser analisado para ter uma resposta durante as férias…

    A P

  6. Quando escrevi sobre o caso Josué, disse isto:
    «Josué é irreverente, rebelde, tem o seu feitiozinho e se cuspiu merece ser castigado, deve aprender a lição.»
    Estamos todos de acordo, Josué tem de perceber que no F.C.Porto tudo é visto à lupa, extrapolado – veja-se adiferença entre o caso Josué e Enzo Pérez – e portanto, tem de ter cuidado. Agora, se não cuspiu e as imagens não mostram, ao contrário do que aconteceu com Insúa e Enzo, que cuspiu, não vamos dizer que cuspiu.

    Abraço e para mim este assunto está encerrado

Deixar uma resposta